Fóruns

  1. Debates

    1. Ateísmo

      Debates, questionamentos, definições e argumentos envolvendo ateísmo.

      11.598
      posts
    2. Ceticismo

      Sobre ceticismo e a postura crítica de questionamento.

      3.881
      posts
    3. Ciência

      Sobre ciência, suas descobertas, limitações, procedimentos, utilidade, história etc.

      4.704
      posts
    4. Filosofia

      Temas filosóficos como existencialismo, ceticismo, niilismo, pessimismo, racionalismo e diversas outras correntes ligadas a questões da existência humana.

      11.194
      posts
    5. Política

      Sobre política, laicismo, movimentos, ideologias.

      17.980
      posts
    6. Religião

      Sobre os sistemas de crença na existência de um ente supremo como causa, fim ou lei universal.

      8.350
      posts
  2. Área livre

    1. off-topic

      Para debate de temas quaisquer, desde que estejam fora do âmbito dos outros fóruns.

      23.303
      posts
    2. Humor

      Expressão irônica e engenhosamente elaborada da realidade.

      14.134
      posts
    3. Novatos

      apresentem-se, novatos.

      1.280
      posts
  3. Suporte/manutenção

    1. Ajuda

      Para esclarecimentos sobre o funcionamento e utilização do fórum, wiki e chat.

      1.348
      posts
    2. Administração

      Seção destinada a mensagens, anúncios e avisos importantes sobre a administração, configuração, regras e funcionamento do fórum.

      353
      posts
  4. Arquivo

    1. Arquivo

      Tópicos arquivados para referência.

      4.536
      posts
    2. Lixeira

      Corredor da morte dos tópicos incuráveis - apagados em 30 dias.

      981
      posts
  • Quem está no Chat

    Não há usuários atualmente na sala de bate-papo

  • Quem Está Online (lista completa)

  • Posts

    • Entendo, mas aqui no Brasil por exemplo, tem que começar com a historinha do gato que subiu no telhado, primeiro você tenta conscientizar, educar ou reeducar, com grandes chances de dar tudo errado, aí terá que impor e obrigar pagar para essas empresas, somente quando sentem no bolso, a conscientização aparece de forma obrigatória ...
    • É um começo. Mas, acredito que ainda há muito que descobrir e aperfeiçoar nessa indústria, tanto em processo quanto em modelo de negócio. Aí discordamos. Esse é exatamente o ponto que quis destacar. Se depender de conscientizar 7 bilhões de pessoas, sobre qualquer tema, não há futuro. As pessoas não agem por consciência, agem por conveniência. Precisamos de uma indústria de reciclagem que em que as pessoas se engajem porque é bom negócio. É aí que acredito estar a oportunidade. A propaganda pode e deve incluir a questão da consciência ambiental, salvar o planeta, etc e tal. Mas, na prática, tem de ser bom negócio. E eu duvido muito que esse negócio de separar lixo em casa vá longe. Não demora alguém acha algum processo de reciclagem que não dependa disso. Aí sim essa indústria começa andar de verdade.
    • Já há esse tipo de projeto colocado em prática no Japão, mas aí é uma questão cultural... ...mas, em algum momento terão que conscientizar com mais rigor e até ostensivamente se for o caso, pois vai colapsar...  
    • Filosofia é uma das muitas evidências de que vivemos no INFERNO!!!!!!! Inferno são os outros egos. 
    • Posso aceitar que exista eventos que consideremos importantes dentre milhões que ocorrem, mas não existe nada ai além da possibilidade de ocorrerem. Seria o mesmo que achar que um asteroide estaria destinado a terra somente por ter caído nela, algo absurdo de pensar, existem um número desconhecido de objetos no nosso sistema solar e eventualmente um irá cruzar nosso caminho. Assim como podemos traçar a rota dos asteroides, podemos traça a rota de eventos, que de aleatórios não tem nada, todos ocorrem seguindo as leis da física e química, tanto as que conhecemos, quanto a que desconhecemos. Até mesmo nosso padrão de pensamento obedece a química e se bem analisados pode-se antecipar quase qualquer padrão de comportamento. Estava vendo uma reportagem da disputa entre o OpenAi (de uma companhia de Elon Musk) e jogadores profissionais de dota 2, um jogo muito mais complexo que xadrez, aonde jogadores humanos levam em média 2 anos para atingirem o nível profissional de disputa, a I.A. levou 6 meses para aprender sozinha. Em certo momento ela começou a fazer as próprias estratégias, como agir de forma irracional deixando-se atingir mais vezes, mas isso porque ela percebeu que jogadores humanos quando vêem um inimigo em dificuldades agem de forma mais imprudente para tentar eliminar ele rápido e dai ela conseguia armar uma armadilha para vence-los. Demonstrando de forma categórica que somos também muito previsíveis. Esse é só um exemplo de que aquilo que chamamos de destino é somente as coisas acontecendo como tem que acontecer e humanos escolhendo alguns eventos para dar significado especial.
  • Tópicos