Fóruns

  1. Debates

    1. Ateísmo

      Debates, questionamentos, definições e argumentos envolvendo ateísmo.

      6.189
      posts
    2. Ceticismo

      Sobre ceticismo e a postura crítica de questionamento.

      1.148
      posts
    3. Ciência

      Sobre ciência, suas descobertas, limitações, procedimentos, utilidade, história etc.

      2.485
      posts
    4. Filosofia

      Temas filosóficos como existencialismo, ceticismo, niilismo, pessimismo, racionalismo e diversas outras correntes ligadas a questões da existência humana.

      3.867
      posts
    5. Política

      Sobre política, laicismo, movimentos, ideologias.

      9.207
      posts
    6. Religião

      Sobre os sistemas de crença na existência de um ente supremo como causa, fim ou lei universal.

      4.726
      posts
  2. Área livre

    1. off-topic

      Para debate de temas quaisquer, desde que estejam fora do âmbito dos outros fóruns.

      21.232
      posts
    2. Humor

      Expressão irônica e engenhosamente elaborada da realidade.

      13.610
      posts
    3. Novatos

      apresentem-se, novatos.

      1.126
      posts
  3. Suporte/manutenção

    1. Ajuda

      Para esclarecimentos sobre o funcionamento e utilização do fórum, wiki e chat.

      1.326
      posts
    2. Administração

      Seção destinada a mensagens, anúncios e avisos importantes sobre a administração, configuração, regras e funcionamento do fórum.

      327
      posts
  4. Arquivo

    1. Arquivo

      Tópicos arquivados para referência.

      4.459
      posts
    2. Lixeira

      Corredor da morte dos tópicos incuráveis - apagados em 30 dias.

      981
      posts
    Shoutbox
    Cadastre-se para poder usar o Shoutbox
  • Aniversariantes de Hoje

    1. Rommel (50 years old),
    2. Doni (55 years old),
    3. Neil (50 years old),
    4. Carson (34 years old),
    5. laura (16 years old)
  • Quem está no Chat

    Não há usuários atualmente na sala de bate-papo

  • Quem Está Online (lista completa)

  • Posts

    • O Deísmo
      Não tenho nada contra esses argumentos. Sou Panteísta (atualmente) e essa corrente filosófica provém do Deísmo.
    • Bandido bom é bandido morto?
      Obrigado, hehe, mas eu entendi o que o ele quis dizer, só não sei se isso é verdade ou não. Mesmo com senso empático, aliás, MUITO senso empático, porém também com senso cético, é possível chegar a conclusão que esse relato tanto pode ser totalmente verdadeiro como pode conter certa parcela de mentira. Você compreenderia alguém que está totalmente quebrado economicamente e que por isso resolve roubar de sua conta bancária certa quantia de dinheiro? Você compreenderia alguém  que está totalmente quebrado economicamente e que por isso resolve abordar você ou um de seus familiares com uma arma carregada para roubar seus bens? Você compreenderia alguém  que está totalmente quebrado economicamente e que por isso resolve te extorquir mediante ameaça de fazer mal a algum dos seus entes queridos? Supondo que compreenderia, isso não significa necessariamente que você entende que bandidos em situação econômica muito ruim não devem ser punidos conforme a lei, né? Se o fato de alguém estar quebrado economicamente fosse uma excludente de ilicitude, na prática, os furtos, assaltos, sequestros e latrocínios certamente aumentariam muitas vezes mais e qualquer ordem social ficaria mais difícil. Imagina se fosse levado em consideração todas possíveis causas que levam alguém a lesar outrem em seu patrimônio ou integridade física de seu corpo. Pobreza, menores oportunidades, traumas de infância, etc. A compreensão tão somente em relação a situação do bandido não seria problemática, seria até mesmo nobre, mas, excluir a ilicitude porque o sujeito teve uma má sorte na vida seria totalmente catastrófico do ponto de vista da ordem social. Se hoje muitos bandidos ficam bem pouco tempo na cadeia por causa de certos benefícios que a lei lhes oferece, imagina se a má sorte deles na vida (econômica, psicológica, etc) fosse levada em conta para livrá-los do enquadramento. Muito provavelmente o número de bandidos soltos lesando as pessoas em geral seria muito maior. Para evitar a bandidagem, a meu ver, é preciso muitas coisas, como: Leis penais mais duras para separar da sociedade o maior número de criminosos por muito mais tempo, beneficiando assim a sociedade, e coibindo os bandidos em geral na prática de seus crimes, já que uma vez sabendo que se pegos eles vão ficar bastante tempo trancafiados sem privilégios ao invés de trancafiados por pouquíssimo tempo com privilégios, pelo menos parte deles vai se sentir menos a vontade para lesar a sociedade. Além disso, o que leva mais tempo para conseguir resultados, mas também fundamental, é investir melhor na qualidade geral de vida, sobretudo garantindo mais educação. Na minha opinião, bandido bom é bandido julgado e condenado. Bandido ótimo é aquele que, julgado e condenado, fica bastante tempo longe da sociedade para não atrapalhá-la, quanto mais tempo quanto mais grave o crime. Quando um bandido morre, apesar de eu não sentir dó, não é o que eu realmente quero com relação a sua existência. O que eu realmente quero com relação a sua existência é que sua pessoa fique o mais longe possível do convívio com as pessoas honestas pelo máximo de tempo possível, obviamente variando o período conforme a gravidade do crime. Afinal, nem todos os crimes são igualmente graves. Por exemplo, um furto é menos grave que um latrocínio, não? Muitos entendem que sim, inclusive a esmagadora maioria (talvez 100%) dos códigos penais do mundo. A pena de morte se justificaria, grosso modo, quando o criminoso é extremamente nocivo e irrecuperável, de modo que o legislador entende que tal sujeito não pode nunca mais voltar para a sociedade e que ele não merece ter sua comida e demais despesas pagas pelo Estado, ou seja, pelos pagadores de impostos.
    • Bandido bom é bandido morto?
      Como vc conseguiu capturar esse pokimon, camarada?!! Parabéns!!! Obrigado, companheiro. Seguinte, eu tô te mandando o bessias junto com o papel pra gente ter ele, e só usa em caso de necessidade, que é o termo de posse, tá?!
    • Bandido bom é bandido morto?
      Ta certo mas se eu fosse avaliar as pessoas pelo que elas ainda poderão me fazer de mal numa hipotética situação futura não vai restar muita gente digna no planeta já que qualquer um pode, sob determinadas circunstâncias, ser malvado. Minhas afirmações partem do que EU posso garantir. Eu nunca fui incomodado pela polícia sem ser merecedor do incômodo. Muito mais a tal "justiça" togada e advogada me  causou prejuízos  que a polícia fardada ou não. Se eu radicalizo num extremo então outros - leia-se Calllegari - radicaliza no outro e cada um baseado em fatos a seus critérios.
    • Religiosos Proeminentes
      E você sabem quem preparou o terreno para que germinasse e surgisse algo assim? 1 Timóteo 4:3 Proibindo o casamento, e ordenando a abstinência dos alimentos que Deus criou para os fiéis, e para os que conhecem a verdade, a fim de usarem deles com ações de graças;  
  • Tópicos