Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Docke

Explicação

89 posts neste tópico

O nome do tópico já indica qual é o assunto a ser, por mim, tratado neste espaço, desta forma, procurarei dar a devida EXPLICAÇÃO (pois justificar seria impossível) para alguns comentários que ocorreram no mural deste Fórum, os quais tive conhecimento por meio de algumas MPs e alguns e-mails.

Pelo que pude deduzir, o Russell (a quem tenho enorme estima e muita admiração) forneceu algumas notícias sobre mim e o fez, entendo, com a melhor da boa vontade, sem maldade e sem intenções escusas, como é do caráter dele, uma vez que em conversas com ele, nunca pedi sigilo sobre esse assunto, portanto suas informações não me ofenderam, pelo contrário, pois sempre assumo as responsabilidades pelos meus atos.

Para que o assunto não fique confuso, necessário se faz trazer à luz alguns fatos.

Em meados do mês de junho tive a oportunidade de voltar a Portugal e desta vez conhecer a cidade de Porto (maravilhosa) e rever Lisboa (encantadora, como sempre) e outras, como sentir novamente o carinho com o qual o povo de Portugal trata os turistas e apreciar outra vez a fantástica culinária local com seus excelentes vinhos (a cerveja também é muito boa).

No hotel, em Lisboa, tive a grata experiência de conhecer Rui Pedro, uma pessoa com ampla cultura, versado em filosofia, história, muito bom conhecimento de física e ciência em geral, além da simpatia, simplicidade e bom humor. Uma pessoa que vale ter como companhia.

Em resumo, acabamos por ter muito contato, inclusive fazendo alguns passeios pela cidade e alguns tours pelos arredores de Lisboa (que eu já tinha contratado e em contato com a Celina, ela, mui gentil e competentemente consegui encaixar o Rui Pedro nos nossos passeios – recomendo a quem for para Portugal e quiser ser bem atendido, quase como um “personal tour” entre em contato com a Celina Tour, eu já utilizei por duas vezes e em ambas o atendimento e o carinho demonstrados foram excelentes--) ... Voltado ao assunto ... então tive oportunidade de longas conversas e muito aprendizagem com o Rui Paulo, e em várias ocasiões o assunto enveredou na religião, e numa dessas ocasiões fiquei sabendo que ele integrava a Igreja Assembleia de Deus o que aguçou minha curiosidade para conhecer melhor essa entidade.

Para não ficar muito grande esse primeiro post, deixo para mais tarde o relato de outros fatos, mas adianto que essas conversas com Rui Pedro me fizeram refletir bastante e rever muitos conceitos e entendimentos que eu tinha como corretos.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

...oportunidade de longas conversas e muito aprendizagem com o Rui Paulo, e em várias ocasiões o assunto enveredou na religião, e numa dessas ocasiões fiquei sabendo que ele integrava a Igreja Assembleia de Deus o que aguçou minha curiosidade para conhecer melhor essa entidade. <br style="font-family: Helvetica, arial, verdana, tahoma, sans-serif; font-size: 13px; outline: 0px; padding: 0px; margin: 0px; color: rgb(28, 40, 55); line-height: 19px; background-color: rgb(250, 251, 252);">Para não ficar muito grande esse primeiro post, deixo para mais tarde o relato de outros fatos, mas adianto que essas conversas com Rui Pedro me fizeram refletir bastante e rever muitos conceitos e entendimentos que eu tinha como corretos.

A coisa tá tão feia que andas até trocando o nome do cidadão! eheheheh ( O problema são dois: Vinho e Idade)

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ainda bem que ele resolveu explicar, eu já estava achando que vcs não confiavam em mim.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não é que não confiemos em você, comandante, é que não confiamos em qualquer associação entre você é o Docke! :lol:

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ele é tão velho que ao invés de ser São Pedro e São Paulo ele trocou para Rui Pedro e Rui Paulo.... :lol:

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O que será o que aconteceu entre eles hein....experiências homo afetivas, ou será que Gzuiz tocou o coração dele? :lol:

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O Russell tá parecendo o cara comediante daquela propaganda de carros que vai procurar emprego e o cara já começa a rir dele e depois tá com uma garota e ela começa rir dele. :lol:

Detalhe: não sei quem é o comediante, não sei o nome do carro da propaganda e também nem tenho certeza se contei a propaganda direito. :D

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para não ficar muito grande esse primeiro post, deixo para mais tarde o relato de outros fatos, mas adianto que essas conversas com Rui Pedro me fizeram refletir bastante e rever muitos conceitos e entendimentos que eu tinha como corretos.

Êpa!

É muito bom ver um tópico aberto pelo Docke novamente.

Mas... um ateu deste calibre aprender alguma coisa sobre religião com crente da Assembleia de Deus... Esses adoradores de Iavé, precisa ser ouvido.

Fui criado tendo como vizinho um pastor dessa Igreja. Ele sempre demonstrou afeto por mim,mesmo quando eu era um menino.

Ele foi sempre uma pessoa respeitadíssima na comunidade, mesmo entre os católicos. Cidadão impecável e de grande sabedoria de vida.

Conversávamos sobre a Bíblia de vez em quando. A maioria aqui pensa e diz frequentemente que o cristão não lê a Bíblia, sim, isso é verdade quanto aos católicos, mas não é verdade quanto aos protestantes. Na catolicismo a Bíblia perntence aos padres. Já os protrestantes trilham o caminho de Lutero quanto a isso.

Um dia, aí pelos quinze anos de idade, época em que comecei a ler a Bìblia pra valer, ele me convidou para ir à igreja dele. Disseram-me, que fui o único que ele convidou em toda a vida.

Pois bem, eu fui. E não gostei nenhum pouco. Com excessão da música e da educação muiscal praticada e incentivada entre eles. As mulheres, de véu, de um lado, do outro, os homens, geralmente vestidos a caráter.

Exatamente como diz na Bíblia, eles recebem o espírito santo, um ou outro, e então falam de forma inspirada. Mesmo uma pessoa comum, um pedreiro por exemplo, pode se manifestar de forma totalmente diferente do que ele é no cotidiano.

Mas eles vivem assim, guiados pelos espírito santo e a Bíblia.

Se marcar com eles alguma coisa e não comparecerem dirão depois que Deus não preparou. Asssim, seu contato com eles depende de uma inpiração, que acreditam que foi feita por Deus. Ao se relacionar com eles, você se relaciona com Deus, mesmo que indiretamente. O que, de certa forma, afeta o andamento natural das coisas e da sociedade.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em meados do mês de junho tive a oportunidade de voltar a Portugal e desta vez conhecer a cidade de Porto (maravilhosa) e rever Lisboa (encantadora, como sempre) e outras, como sentir novamente o carinho com o qual o povo de Portugal trata os turistas e apreciar outra vez a fantástica culinária local com seus excelentes vinhos (a cerveja também é muito boa).

Sem dúvidas Docke!

No hotel, em Lisboa, tive a grata experiência de conhecer Rui Pedro, uma pessoa com ampla cultura, versado em filosofia, história, muito bom conhecimento de física e ciência em geral, além da simpatia, simplicidade e bom humor. Uma pessoa que vale ter como companhia.

(...)Voltado ao assunto ... então tive oportunidade de longas conversas e muito aprendizagem com o Rui Paulo, e em várias ocasiões o assunto enveredou na religião, e numa dessas ocasiões fiquei sabendo que ele integrava a Igreja Assembleia de Deus o que aguçou minha curiosidade para conhecer melhor essa entidade.

(...) mas adianto que essas conversas com Rui Pedro me fizeram refletir bastante e rever muitos conceitos e entendimentos que eu tinha como corretos.

O que Portugal faz a uma pessoa :D

Desejo-lhe é que seja feliz, Docke, sendo ateu, católico, espírita, evangélico, islâmico ou budista.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas... um ateu deste calibre aprender alguma coisa sobre religião com crente da Assembleia de Deus... Esses adoradores de Iavé, precisa ser ouvido.

...Exatamente como diz na Bíblia, eles recebem o espírito santo, um ou outro, e então falam de forma inspirada. Mesmo uma pessoa comum, um pedreiro por exemplo, pode se manifestar de forma totalmente diferente do que ele é no cotidiano.

Pelo pouco que ele me contou, parece que a incrível conversão se deu por causa de algo desse tipo, uma manifestação interior que ele diz não ter explicação, uma ocorrência que segundo o próprio Docke, e assistida pelo tal Pedro Rui, só pode ser coisa de "Deus". Me parece que foi alguma "revelação" que se iniciou ainda em terras portuguesas. Não estou a par dos detalhes.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como assim? Conversão?

Já ouvi falar de conversão de carro à gasolina para alcool. Mas de CARA à alcool para água essa é nova.laugh.gif

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Docke,

Antes de iniciar o segundo capítulo da novela, por favor, esclareça...

QUAL É O NOME DO TUGA?

Rui Paulo, Paulo Rui, Rui Pedro ou Pedro Rui ? Do jeito como estão trocando o nome do cara, daqui a pouco algum engraçadinho pode querer começar a colocar apelidos...hehehe...

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

eheheheh, Problema do Docke chama-se PVC, aliás, meu também, de alguns aqui...eheheheh

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Turminha, antes de continuar com meu relato sobre os fatos e experiências que aconteceram em Portugal, devo agradecer pelas respostas, o humor daqui é fantástico e principalmente fazer uma correção que julgo muito importante, que é o nome desse meu amigo: ele se chama Rui Pedro!

Agradeço ao Renato por ter indicado o erro e confesso que não foi a primeira vez que cometi esse equívoco, o que me deixa muito chateado, pois detesto errar o nome das pessoas, parece-me falta de consideração, muito embora, eu não tenha esse mesmo sentimento quando erram o meu nome. Inclusive, algumas vezes, lá em Portugal, eu chamei o Rui Pedro de Rui Paulo e numa dessas vezes acabei por induzir o nosso guia a também a chamá-lo errado, mas ainda bem que o Rui não se importou, e ainda acabou fazendo algumas brincadeiras com o fato, e ai cada vez que eu o chamava não só por Rui e sim por Rui Pedro sempre vinha a brincadeira de alguém do grupo: “é Rui Paulo” e acho que isso acabou por me induzir ao erro novamente.

Então, combinamos o seguinte, se eu novamente chamá-lo por Rui Paulo, por favor leiam Rui Pedro, ok? Esclarecido isso, Ana? hehehehe

Kev, legal saber que você já os serviços da Celina Tour! Não sei se você chegou a conhecer pessoalmente a Celina, pois ela é uma pessoa sensacional, alegre, divertida, animada, e após alguns minutos junto a ela, parece que a gente a conhece há anos! Ela é formidável!

Depois conto mais algumas coisas dela e dos guias, inclusive com algumas fotos, não o faço agora porque estou em Bauru e os arquivos de imagem estão no meu PC em Araraquara.

Para ficar um pouco mais claro, devo dizer que nosso grupo era constituido por mim, a minha esposa, meu filho e a noiva dele, e o pai e a mãe da minha futura nora. Devo dizer que eu era o único ateu do grupo, minha esposa e filho são espíritas, minha nora católica, e agora vertendo para o espiritismo e os pais dela são católicos praticantes.

Conhecemos o Rui no hotel, o Sana Lisboa, por sinal um excelente hotel, e recomendo também (já fiquei duas vezes lá), tanto pelas acomodações, como pelo atendimento e localização (quase em frente ao Parque Rei Eduardo VII e a 200 metros do Metro do Pombal) ... como ia dizendo, conhecemos o Rui Pedro num início de noite no longue do hotel, onde estávamos ouvindo o Sr Jose tocando algumas músicas no piano e delibando algumas taças de vinho.

Como já conhecia o Sr. Jose da outra vez que lá estive, procurei ficar perto do piano. Esse Sr Jose é muito legal e tem uma memória incrível, pois ele se lembrou de mim. Aqui conto um episódio que foi muito legal para mim. No ano passado, primeira vez no Sana Lisboa, dia a dia fui ficando cada vez mais perto do piano, até que um dia fique numa mesa ao lado do piano, ouvindo músicas relaxantes e de boa qualidade. Num certo momento, tive a coragem e pedi ao Sr. Jose que tocasse “Sur le Ciel de Paris”, pois eu havia estado em Paris meses antes e tive a frustração de não ouvir essa música lá, delibando uma taça de vinho.Coisa que eu muito desejava. O Sr Jose ouviu meu relato e imediatamente começou a tocar. Mas, o mais legal de tudo, para mim, foi que toda vez que eu chegava no hotel, no início da noite e lá estava o Sr. Jose executando suas músicas e me via, ele passava a tocar a “sur lê ciel de Paris”.

Desta vez, quando me aproximei do Sr.Jose e o cumprimentei, ao perguntar se ele lembrava de mim, ele disse: “lembro-me sim, escuta isso” e tocou a música que eu havia pedido naquela ocasião. A partir daí, todas a noites, antes do jantar, passávamos algum tempo ouvindo o Sr Jose e pedindo músicas, além de degustar um vinho.

Logo no primeiro dia, o Rui Pedro estava sentado também perto do piano, e ao ver que pedíamos músicas, ele também acabou por entrar na “festa” e solicitou algumas, e trocamos algumas palavras, enquanto ouvíamos o Sr Jose. Por fim, acabamos por jantar juntos, e a noite se alongou até mais tarde, pois o papo foi animado. Já durante o jantar, comentamos que iríamos fazer um tour no dia seguinte, e ele se interessou. Ligamos para a Celina, mesmo já passando das 22:00 horas (o que não faz o vinho hehehhe) verificando a possibilidade de o Rui também participar desse tour. Ele disse que voltaria a falar e que faria tudo para ajeitar as coisas. Passado 20 minutos ele retorna a ligação e diz que conseguiu fazer umas trocas e que mandaria a van maior para nós. Assim o Rui integrou ao nosso grupo.

No dia seguinte fomos a Fátima e outras cidades, mas conto isso em outro post, pois esse já está muito grande. E se estiver em casa posto algumas imagens.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

...o humor daqui é fantástico...

Tivemos um bom professor.

Apesar do pessoal aqui insistir em achar que eu sou a pior da turma.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Agradeço ao Renato por ter indicado o erro e confesso que não foi a primeira vez que cometi esse equívoco, o que me deixa muito chateado, pois detesto errar o nome das pessoas, parece-me falta de consideração, muito embora, eu não tenha esse mesmo sentimento quando erram o meu nome. Inclusive, algumas vezes, lá em Portugal, eu chamei o Rui Pedro de Rui Paulo e numa dessas vezes acabei por induzir o nosso guia a também a chamá-lo errado, mas ainda bem que o Rui não se importou, e ainda acabou fazendo algumas brincadeiras com o fato, e ai cada vez que eu o chamava não só por Rui e sim por Rui Pedro sempre vinha a brincadeira de alguém do grupo: “é Rui Paulo” e acho que isso acabou por me induzir ao erro novamente.

Então, combinamos o seguinte, se eu novamente chamá-lo por Rui Paulo, por favor leiam Rui Pedro, ok? Esclarecido isso, Ana? hehehehe

Fique tranquilo, Docke, pode ser que seja só Alzheimer mesmo, Coisas da idade :D

Tivemos um bom professor.

E você fugiu da escola, né Carlinha? :P

No mais, to ansioso pra saber se o Docke virou crente mesmo. Será que foi influenciado pelo baixo QI do povo português? rs

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No mais, to ansioso pra saber se o Docke virou crente mesmo. Será que foi influenciado pelo baixo QI do povo português? rs

-.- Não seja tão engraçadinho.

Um aspeto eu não entendi, que raio foi o Docke fazer a Fátima com o Rui Pedro, um local de culto católico e não da Assembleia de Deus?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Matt, calma que contarei como tudo se passou. Não creio que você tenha essa ideia do povo português, pelo menos eu comprovei que além de um povo hospitaleiro, também são cultos, além de conhecerem muito bem a história deles e também um pouco da nossa. Coisa que, percebo, não ocorre com os brasileiros. Aprendi muito lá.

Tiago, talvez o post a seguir tire suas dúvidas, além do que nesses tipos de viagens, visita-se e muito, igrejas, museos, parques, monumentos etc etc.

Eu havia prometido (ou ameaçado, como seja) algumas fotos. Então vamos lá

Começo com a Celina

post-470-094368300 1377290562_thumb.jpg

Nesta imagem aparecem o Duarte (marido da Celina), a Celina e o Francisco (um dos nossos guias). Eles também ficaram conhecendo o famoso sinal hehehehehehe

post-470-075104100 1377290627_thumb.jpg

Nesta, da esquerda para a direita, a Angélica, uma das cantoras de fado, eu, o proprietário do restaurante em que fomos apreciar o famoso Fado, a Celina e o Duarte

Agora uma foto do Sr. Jose, ao piano

post-470-071623800 1377290659_thumb.jpg

E por último uma foto do grupo original, tirada pelo Rui Pedro, em Batalha. Na ordem, Valdir, Sandra, Angélica, eu, Marcela e Daniel

Bom, aí estão os personagens a quem me referi anteriormente.

post-470-035710300 1377290698_thumb.jpg

Como havia dito, fomos para Fátima e outra cidades. Eu já conhecia esse roteiro, mas tive que repetir, pois, como disse o grupo, pela religiosidade, tinha que conhecer esse santuário.

Na primeira vez que lá estive nada me chamou atenção, exceto a grandiosidade (depois fiquei sabendo que Aparecida do Norte é maior, não sei, não conheço) da esplanada, pelo fato histórico/religioso, e talvez por ser uma das cidades com maior número de hotéis/pensões por metro quadrado hehehehe

Nesta segunda vez, foi diferente... Já ao sair da van para iniciar a visita, de repente fiquei todo arrepiado. Estranhei isso. Em todo caso, não dei muita importância. Continuando o passeio, passamos por um local, não sei como denominar, mas que minha esposa disse ter sentido boas vibrações quando lá estivemos. Então La fomos novamente. O local está na foto abaixo. Interessante que novamente nesse local fiquei arrepiado e senti uma leve e rápida tontura.

post-470-060995900 1377290768_thumb.jpg

Ficamos alguns minutos por lá e depois fomos para a praça na qual estão: a capela onde presumidamente ocorreram a aparições da Santa (vide foto), a árvore sob a qual ficavam as crianças aguardando essas aparições (desse lugar não tenho a foto, mas vou verificar com o grupo se alguém lembrou de fotografar), a igreja na qual estão enterrados os corpos das três pessoas que viram a aparição, entre outros.

post-470-009596500 1377290800_thumb.jpg

Novamente nessa capela algo não estava legal para mim. Fiquei com uma vontade enorme de me sentar por alguns momentos e olhar para a imagem. Logo depois levei o grupo para a árvore (infelizmente não tenho foto desse local) e desta vez fui acometido de uma sensação mais forte, tendo inclusive que me apoiar na mureta que cerca a árvore, e o grupo percebeu que algo estranho estava ocorrendo comigo. Vieram me amparar e ai comentei sobre essas ocorrências.

Obviamente vieram vários comentários, do tipo, você está recebendo alguma mensagem, ou essas sensações são manifestações espirituais devido ao local e essas coisas todas

Imediatamente refutei, e disse que não acreditava em nada daquilo e que talvez a comida do jantar ou do café da manhã estivesse me fazendo mal, ou o vinho talvez (mas duvido hehehehe), pois tinha convicção de minha postura ateia.

Nisso, Rui Pedro me falou algo assim: “Você deve conhecer Emil Cioran, não é? Pois ele disse que só tem convicção aquele que em nada se aprofundou” . Isso me abalou um pouco, pois um religioso do nível dele na igreja citar Cioran ... Pensei comigo “Vou verificar se isso é verdade” e, realmente Cioran fez uma citação desse tipo, como verifiquei mais tarde, só não sei o contexto.

Ai, tentei me recompor e até brinquei: isso é por causa do banho de lojinha que vocês já me deram logo cedo. Só para explicar, antes de chegar ao santuário propriamente dito, o guia parou numa lojinha (enorme por sinal) com todo tipo de coisas religiosas, além de brinquedos, vinhos etc e tal. E pior, na saída do santuário, mais uma lojinha, esta dentro do santuário e mais um banho de lojinha! Pensei comigo, agora que ”eu me morro”

Saindo de Fátima fomos para Batalha, tem uma foto acima. Visitamos uma bela igreja, cuja arquitetura, externa como internamente, vale a pena conhecer. Foi construída por um Rei (não me lembro de qual) após ter vencido uma batalha (me parece que contra uma invasão espanhola) e mesmo estando um grande desvantagem numérica e logística conseguiu vencer e impedir a invasão.

Novamente nessa igreja algo também mexeu comigo internamente, embora eu não tenha sentido calafrios ou tonturas, mas outra vez senti que deveria sentar-me por alguns momentos e ficar admirando o local.

Ao sairmos da igreja, falei para minha esposa: “Gozado, meu deu uma vontade de me sentar lá igreja e ficar só olhando, sem pensar em nada e isso me deixou muito bem, muito tranquilo”, e o Rui, ao ouvir isso me falou: “Fez muito bem, pois lembre-se do ensinamento de Sartre, que disse: ‘a felicidade não está em fazer o que a gente quer e sim em querer o que fazemos’ e você fez o que quis e por isso se sentiu bem”. Novamente o Rui me deixou perplexo.

Depois eu continuo, para a leitura não ficar cansativa demais, além do que já é hehehehe

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nisso, Rui Pedro me falou algo assim: “Você deve conhecer Emil Cioran, não é? Pois ele disse que só tem convicção aquele que em nada se aprofundou” . Isso me abalou um pouco, pois um religioso do nível dele na igreja citar Cioran ... Pensei comigo “Vou verificar se isso é verdade” e, realmente Cioran fez uma citação desse tipo, como verifiquei mais tarde, só não sei o contexto.

"Só tem convicções aquele que não aprofundou nada." (Emil M. Cioran). Simplesmente porque “Ich hab’ mein Sach’ auf nichts gestellt”, literalmente “Fundei a minha causa sobre nada”, é a primeira linha do poema de Goethe intitulado Vanitas! Vanitatum vanitas!, de 1806. Niilismo é o contexto Docke.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Docke , prazer, linho, muito bom , estou ansioso por ver aonde suas revelações irão nos levar.Mas diante mão vejo uma luz neste seu amigo Rui.

abraço

linho

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Podia convidar esse gajo Rui Pedro para participar aqui do fórum, como o TVfc e outros que já passaram por aqui, isto é, se for do desejo dele e ele for real, pois tenho minhas dúvidas. Ou ele é fotógrafo ou é muito tímido :rolleyes:/>

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então Docke, se puder continue...

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites