fórum.ateus.network: Evolucionismo - Debate - fórum.ateus.network

Ir para

  • (29 Páginas) +
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • Último
  • Novo tópico
  • Fechado

Evolucionismo - Debate Serie- Diálogos impertinentes

#41 Membro offline   Cuteychao Ícone

  • cuti-cuti
  • PipPipPipPipPipPip
  • Ver galeria
  • Grupo: inativo
  • Posts: 674
  • Cadastrado: 04/01/2010
  • Gender:Female
  • Location:Brasília - DF
  • Interests:Fuçar o mundo.

Postou 11/03/2010 - 17:04

Quote

Dudu, não sei se você viu, mas há algum tempo atrás rolou um tópico sobre nossa "ascendência símia", e teve um deísta criacionista que postou um estorinha ridícula onde um professor de biologia era desmoralizado por um aluno (!).


Eu lembro dessa historinha em quadrinhos. Tem uma hora em que o aluno criacionista contesta que as baleias tenham evoluído de mamíferos quadrúpedes e fala pro professor: "além disso, o conceito de evolução é ganhar uma coisa, é não perder".

Ugh. :wacko:
Minha vida se divide em três fases. Na primeira, meu mundo era do tamanho do universo e era habitado por deuses, verdades e absolutos. Na segunda, meu mundo ficou mais modesto e passou a ser habitado por heróis revolucionários que portavam armas e cantavam canções de transformar o mundo. Na terceira, mortos os deuses, os heróis, as verdades e os absolutos, meu mundo encolheu ainda mais e chegou, não à sua verdade final, mas à sua beleza final: ficou belo e efêmero como uma jabuticabeira florida. ~ Rubem Alves
1

#42 Membro offline   locusta Ícone

  • experiente
  • PipPipPipPipPip
  • Grupo: inativo
  • Posts: 411
  • Cadastrado: 30/07/2008
  • Gender:Male
  • Location:BH

Postou 12/03/2010 - 07:44

Olás.

tenho acompanhado este tópico.
Ouvi o "debate" e gostei muito.
Do biólogo claro. Entendo pouco de evolução e é sempre bom ouvir um profissional.
Gente, quanto ao jeito serio dele, deem um desconto. Quando alguem sabe que vai aparecer na(s) primeira(s) vez(es) na TV fica todo nervoso. Geralmente prefere ficar sério...

quanto ao geólogo, no cap. 10, ja no finalzinho e sem tempo, ele usa a "2a. lei da termodinamica" Fui atras p ler sobre ela.
- PUTZ - é ridiculo ! o cara usa qq coisa p desmontar uma teoria... - incrivel como o biologo nao demontou ele ali na hora. Interessante tambem como aqui nao viram o uso da lei no finalzinho.

/////////////////////
mas to escrevendo por causa da charge. Já tinha lido. Ela está em:
http://www.evo.bio.b...riaExemplo.html
alias este ender é muito bom p entender o criacionismo X evolucionismo
http://www.evo.bio.br/EVOXCRIA.HTML
-1

#43 Membro offline   Jeanne la Pucelle Ícone

  • OUTLAW
  • PipPipPipPipPipPipPipPip
  • Ver galeria
  • Grupo: inativo
  • Posts: 1.977
  • Cadastrado: 27/08/2009
  • Gender:Female
  • Location:Brasília DF
  • Interests:STATUS DATA

Postou 12/03/2010 - 17:20

Gente, tive uma epifania!

Esse geólogo então deve ser a prova viva da inexistência da evolução! (ironic mode off) :lol:
I'm
NOT
a BELIEVER


-1

#44 Membro offline   Cuteychao Ícone

  • cuti-cuti
  • PipPipPipPipPipPip
  • Ver galeria
  • Grupo: inativo
  • Posts: 674
  • Cadastrado: 04/01/2010
  • Gender:Female
  • Location:Brasília - DF
  • Interests:Fuçar o mundo.

Postou 12/03/2010 - 17:30

Discordo, cara Joanna. Os criacionistas são evidência da evolução, uma vez que se tratam de fósseis vivos, como o celacanto, considerado extinto até sua pesca acidental no século XX.

Os "fósseis vivos" são intrigantes porque, apesar de muito similares aos seus parentes conhecidos de fósseis verdadeiros, os dois não são exatamente a mesma espécie. Ou seja, as espécies criacionistas atuais evoluíram muito pouco em relação às de séculos passados.
Minha vida se divide em três fases. Na primeira, meu mundo era do tamanho do universo e era habitado por deuses, verdades e absolutos. Na segunda, meu mundo ficou mais modesto e passou a ser habitado por heróis revolucionários que portavam armas e cantavam canções de transformar o mundo. Na terceira, mortos os deuses, os heróis, as verdades e os absolutos, meu mundo encolheu ainda mais e chegou, não à sua verdade final, mas à sua beleza final: ficou belo e efêmero como uma jabuticabeira florida. ~ Rubem Alves
1

#45 Membro offline   CIV Ícone

  • demented
  • PipPipPipPipPipPipPipPip
  • Grupo: Membro
  • Posts: 2.255
  • Cadastrado: 01/11/2007
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo - SP

Postou 13/03/2010 - 13:47

Lepisma

Quote

O problema é que os criacionistas se recusam a definir o que significa "informação genética". Assim, sempre que alguém apresenta um mecanismo perfeitamente adequado, eles o rejeitam dizendo que não há geração de "informação genética". A expressão "Informação genética", no meio criacionista, é esse coringa, que só eles sabem o que significa, e sobre o qual eles se recusam a chegar a um consenso para não perder o argumento. É pura patifaria.


Exatamente. Tem um texto aqui dessa wiki falando sobre esse "argumento": http://criacionismo....o_gen%C3%A9tica
Niilista
1

#46 Membro offline   AlvimDiaspar Ícone

  • membro
  • PipPipPip
  • Grupo: inativo
  • Posts: 55
  • Cadastrado: 02/08/2008
  • Gender:Male

Postou 15/03/2010 - 19:41

Ver postCIV, em 13/03/2010 - 15:47, disse:

Lepisma


Exatamente. Tem um texto aqui dessa wiki falando sobre esse "argumento": http://criacionismo....o_gen%C3%A9tica


muito boa essa wiki. vejam um juramento que os criacionistas do site Answer in Genesis precisam aceitar, diz tudo sobre esses caras...

“No apparent, perceived or claimed evidence in any field, including history and chronology, can be valid if it contradicts the Scriptural record.”

“Nenhuma evidência aparente, detectada ou alegada em qualquer campo, incluindo história e cronologia, pode ser válida se ela contradiz o relato nas escrituras.”
-1

#47 Membro offline   lightman Ícone

  • demented
  • PipPipPipPipPipPipPipPip
  • Grupo: Moderador
  • Posts: 3.232
  • Cadastrado: 15/03/2010
  • Gender:Male
  • Location:Piracicaba

Postou 16/03/2010 - 10:35

Ver postAlvimDiaspar, em 15/03/2010 - 19:41, disse:

muito boa essa wiki. vejam um juramento que os criacionistas do site Answer in Genesis precisam aceitar, diz tudo sobre esses caras...

“No apparent, perceived or claimed evidence in any field, including history and chronology, can be valid if it contradicts the Scriptural record.”

“Nenhuma evidência aparente, detectada ou alegada em qualquer campo, incluindo história e cronologia, pode ser válida se ela contradiz o relato nas escrituras.”

Mais ridiculo que isso só o sujeito que nunca chegou nem perto de um microscópio tentando argumentar com biologos e fisicos.
Bons argumentos não funcionam com religiosos do contrário não existiriam religiosos. Dr.House
1

#48 Membro offline   TEOLOGO.HONESTO Ícone

  • experiente
  • PipPipPipPipPip
  • Grupo: Membro
  • Posts: 200
  • Cadastrado: 10/06/2009
  • Gender:Male
  • Location:SÃO PAULO
  • Interests:O verdadeio Teólogo usa de honestidade em suas pesquisas, e deixa claro que provavelmente não exista nenhum deus

Postou 16/03/2010 - 10:46

Ver postTeixeira, em 11/03/2010 - 13:41, disse:

Deus (não) Existe,

Digamos que o flagelo bacteriano prove que a Teoria da Evolução está incorreta.

Qual evidência de que o criacionismo está certo?

Bem colocado.. e eu sempre faço esta pergunta aos Teístas.
Esta questão os Teístas não levam em consideração.
Mesmo quando a teoria Evolucionista esbarra em alguma contradição... mesmo assim... em momento algum corrobora a fábula da criação.
1

#49 Membro offline   Deus Existe Ícone

  • membro
  • PipPipPip
  • Grupo: inativo
  • Posts: 79
  • Cadastrado: 08/04/2009
  • Gender:Male
  • Location:Campinas-SP

Postou 17/03/2010 - 09:45

Caros, Teixeira e TH.

A evidência da criação é a mesma da evolução, apenas fé!

Recentemente li um texto sobre o paleontólogo “sênior” do Museu Americano de História Natural (American Museum of Natural History) Colin Patterson onde em palestra tendo como tema o criacionismo e a evolução comparados. O paleontólogo caracterizou em ambos uma “vacuidade de conceitos científicos”. “Todos os conceitos, segundo ele, se estruturam primariamente, apenas baseados na fé”.
Naquele momento com uma platéia seleta, composta por experts em biologia, colocou a seguinte questão onde refletiu as suas próprias dúvidas sobre o que vem sendo passado como a mais pura verdade.

“Vocês poderiam me dizer algo sobre a evolução, apenas uma coisa... que seja verdadeira?”

A única resposta que recebeu foi o silêncio.

Segundo o texto uma única pessoa acabou respondendo: -“Sei apenas uma coisa – não deveria ser ensinada nas escolas”.
Sugeriu então que ambas, tanto a evolução quanto a criação são formas de pseudo conhecimento, conceitos que parecem fornecer informação, mas nada fornecem.

Ainda no texto.
Na opinião de Collin Patterson, a ciência moderna supõe que “uma visão racionalista da natureza (evolução) tem substituído uma irracional (criação)”. Patterson, até o ano de 1980 era um evolucionista convicto. Ele confessa – “Então eu acordei e concluí que toda a minha vida eu tinha sido tapeado em aceitar o evolucionismo como verdade revelada de alguma forma”. Depois, “experimentei a mudança da evolução como conhecimento, para a da evolução como fé”.
Um pouco de ciência nos afasta de Deus. Muito, nos aproxima." -Louis Pasteur-

"Quando se deixa de acreditar em Deus, passa-se a acreditar em qualquer besteira ...na Natureza, na História, na Ciência ou em Si Mesmo Luiz F. Pondé
-1

#50 Membro offline   lightman Ícone

  • demented
  • PipPipPipPipPipPipPipPip
  • Grupo: Moderador
  • Posts: 3.232
  • Cadastrado: 15/03/2010
  • Gender:Male
  • Location:Piracicaba

Postou 17/03/2010 - 10:01

Ver postDeus Existe, em 17/03/2010 - 09:45, disse:

Caros, Teixeira e TH.

A evidência da criação é a mesma da evolução, apenas fé!

Recentemente li um texto sobre o paleontólogo “sênior” do Museu Americano de História Natural (American Museum of Natural History) Colin Patterson onde em palestra tendo como tema o criacionismo e a evolução comparados. O paleontólogo caracterizou em ambos uma “vacuidade de conceitos científicos”. “Todos os conceitos, segundo ele, se estruturam primariamente, apenas baseados na fé”.
Naquele momento com uma platéia seleta, composta por experts em biologia, colocou a seguinte questão onde refletiu as suas próprias dúvidas sobre o que vem sendo passado como a mais pura verdade.

“Vocês poderiam me dizer algo sobre a evolução, apenas uma coisa... que seja verdadeira?”

A única resposta que recebeu foi o silêncio.

Segundo o texto uma única pessoa acabou respondendo: -“Sei apenas uma coisa – não deveria ser ensinada nas escolas”.
Sugeriu então que ambas, tanto a evolução quanto a criação são formas de pseudo conhecimento, conceitos que parecem fornecer informação, mas nada fornecem.

Ainda no texto.
Na opinião de Collin Patterson, a ciência moderna supõe que “uma visão racionalista da natureza (evolução) tem substituído uma irracional (criação)”. Patterson, até o ano de 1980 era um evolucionista convicto. Ele confessa – “Então eu acordei e concluí que toda a minha vida eu tinha sido tapeado em aceitar o evolucionismo como verdade revelada de alguma forma”. Depois, “experimentei a mudança da evolução como conhecimento, para a da evolução como fé”.
A evolução não precisa de fé.(Quantas milhares de vezes precisaremos repetir isso???) Microorganismos resistentes são um exemplo simples dela, me de um exemplo simples de criacionismo e finalmente poderemos discutir...
Bons argumentos não funcionam com religiosos do contrário não existiriam religiosos. Dr.House
1

#51 Membro offline   Jeanne la Pucelle Ícone

  • OUTLAW
  • PipPipPipPipPipPipPipPip
  • Ver galeria
  • Grupo: inativo
  • Posts: 1.977
  • Cadastrado: 27/08/2009
  • Gender:Female
  • Location:Brasília DF
  • Interests:STATUS DATA

Postou 17/03/2010 - 10:54

Rubens, esse antropomorfocentrismo é cansativo, essa busca por uma "especialidade", ou mesmo "espiritualidade" para justificar a doença, a velhice e a morte.

É como se vê na realidade: estamos ligados ao seres vivos desta Terra, biologicamente, à própria Terra, quimicamente, e ao Universo, atomicamente. :lol:


A busca pela individualização após o desaparecimento do corpo é arrogância e inconformismo de nossa espécie, perfeitamente compreensível, mas...


Não basta saber que somos feitos da mesma matéria que as estrelas, temos que ser eternos... :huh:

Cute,

Quote

Ou seja, as espécies criacionistas atuais evoluíram muito pouco em relação às de séculos passados.


Foi por isso que eu pensei que eles não evoluíram. :P
I'm
NOT
a BELIEVER


-1

#52 Membro offline   Marcia Helena Ícone

  • demented
  • PipPipPipPipPipPipPipPip
  • Grupo: Membro
  • Posts: 2.791
  • Cadastrado: 26/02/2008
  • Gender:Female
  • Location:Rio de Janeiro
  • Interests:Eu gosto de Física, astronomia e música.

Postou 17/03/2010 - 18:26

Ver postDeus Existe, em 17/03/2010 - 11:45, disse:

Caros, Teixeira e TH.

A evidência da criação é a mesma da evolução, apenas fé!



Evidências da evolução:

1- Ossadas de fósseis transicionais e reconstituições paleontológicas
2 - Material genético similar entre as espécies e mutação
3 - Evolução artificial através da engenharia genética e seleção artificial. Manipulação das melhores espécies. Até na antiguidade se sabia que escolhendo as sementes mais fortes conseguiria melhores colheitas
4 - vacinas desenvolvidas através de mutação
5 - Evidencia embriológica observando o desenvolvimento de um embrião passando por diversos estágios desde unicelular a pluricelular. Além de diversas outras evidências, citológica, anatômica, bioquímica, biológicas (orgãos atrofiados), etc, etc

Evidencias do criacionismo:
Nenhuma.

Porém, eu acho que estou jogando pérolas aos porcos. Mas se voce realmente for sincero, coloque sua pergunta no fórum sobre biologia e preste atenção para argumentos baseados em evidências objetivas. Ouça, estude e tire suas conclusões. Não é preciso muito para isso hoje em dia. Só basta boa vontade e paciência.

Mas me parece que voce já tirou as suas conclusões antes mesmo de começar a questionar. ;)
"Sobrenatural é a "explicação" de preguiçosos"
0

#53 Membro offline   lightman Ícone

  • demented
  • PipPipPipPipPipPipPipPip
  • Grupo: Moderador
  • Posts: 3.232
  • Cadastrado: 15/03/2010
  • Gender:Male
  • Location:Piracicaba

Postou 17/03/2010 - 18:34

Estamos chutando cachorro morto aqui..., acho melhor ignorarmos este tópico...
Bons argumentos não funcionam com religiosos do contrário não existiriam religiosos. Dr.House
1

#54 Membro offline   Dudu Ícone

  • DarwinCop
  • PipPipPipPipPipPipPipPip
  • Grupo: inativo
  • Posts: 2.177
  • Cadastrado: 28/02/2008
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre, RS

Postou 17/03/2010 - 18:53

Ver postDeus Existe, em 17/03/2010 - 11:45, disse:

“Vocês poderiam me dizer algo sobre a evolução, apenas uma coisa... que seja verdadeira?”

O que???

Ele perguntou isso para uma platéia "seleta" de biólogos e NINGUÉM conseguiu responder?

Uma coisa verdadeira na evolução?

Primeiro. As populações possuem uma história em comum e a divergência genética entre as populações de uma mesma espécie é da mesma natureza das divergências entre duas espécies, com diferença apenas em escala.

Segundo. A duplicação do material genético incorre em certos erros ocasionais.

Terceiro. A maioria dessas mutações é deletéria, uma parcela um pouco menor é neutra e uma parcela ínfima é benéfica.

Quarto. Mutações neutras podem vir a ser benéficas quando o ambiente muda.

Quinto. Organismos menos adaptados são selecionados negativamente, fato observável da seleção natural.

Sexto. O acúmulo de mutações é observável em nível molecular. Isso permite a prática do famoso relógio molecular, de Kimura. Mutações frequentes em áreas neutras do dna nuclear e mitocondrial indicam quanto tempo de divergência tem de uma população a outra. Não existe nenhum motivo para que nenhuma mutação ocorra em áreas significativas (e elas obviamente ocorrem), mesmo considerando que seriam bem menos frequentes.

Sétimo. A divergência intraespecífica acontecendo é observável dentro da escala de vida humana em seres de ciclo de vida curto. Exemplo, bactérias e vírus.

Oitava. A mesma divergência pode ser observada em populações de seres mais longevos. É amplamente observável a relação entre populações, suas localidades e suas diferenças morfológicas e moleculares. Eu sei que isso ocorre com lambaris, pois trabalho com isso. Certamente ocorre com borboletas, mamíferos e aves, pois já vi muitos trabalhos disso. E isso que estou falando apenas do que eu estudei de fato, li os artigos e inclusive trabalhei com as amostras.

Tem as evidências da paleontologia, é claro. Mas essa não é bem a minha área e tenho pouca noção. A paleontologia é uma área que exige um conhecimento bastante amplo de anatomia e geologia, então fica difícil para um não-especialista explicá-las sem ser muito vago.
Para quem vive de ilusões, a verdade é um tapa na cara. - Dudu
-1

#55 Membro offline   Lepisma Ícone

  • Insecta
  • PipPipPipPipPipPip
  • Ver galeria
  • Grupo: inativo
  • Posts: 516
  • Cadastrado: 25/10/2009
  • Gender:Not Telling
  • Location:Internet

Postou 17/03/2010 - 21:06

Ver postDeus Existe, em 17/03/2010 - 11:45, disse:

Recentemente li um texto sobre o paleontólogo “sênior” do Museu Americano de História Natural (American Museum of Natural History) Colin Patterson onde em palestra tendo como tema o criacionismo e a evolução comparados.


Essa palestra a qual você se refere ocorreu há quase 30 anos, em 1981, e o próprio Dr. Patterson afirma que as suas falas foram retiradas do contexto e mal representadas por criacionistas:

"Eu fui muito ingênuo e bobo para pensar no que poderia acontecer: a fala foi gravada por um criacionista que passou a fita para Luther Sunderland... Como, ao meu ver, a fita foi obtida de forma antiética, eu pedi a Sunderland que parasse de circular o transcrito, mas é claro, não houve efeito. Não há por quê responder o artigo ponto a ponto. Eu estava colocando um caso para discussão, como pensei fora da gravação, e estava falando apenas sobre a sistemática, um campo especializado. Eu não ofereço suporte ao movimento criacionista de forma alguma, e em particular me oponho aos seus esforços para modificar o currículo escolar. Mas mesmo que fosse, então o que? A questão deve ser resolvida através de discussão racional, não citando 'autoridades', o que parece ser o principal modo de argumento dos criacionistas." (Carta de Colin Patterson para Steven W. Binkley, 17 de junho de 1982).

E mais tarde ele diz:

"Chelvam afirma que 'nós estamos afogados' em evidências contra o darwinismo. Para provar isso ele não cita nada além das afirmações atribuídas a mim. É possível que ele confunda duas teorias sob o nome de 'darwinismo', a teoria geral do ancestral comum ou descendência com modificação, e a teoria especial de Darwin sobre o mecanismo, a seleção natural. Se ele conhece alguma evidência inconsistente com a teoria geral do ancestral comum, ele deveria dizer-me. Eu não conheço nenhuma." (Colin Patterson em uma carta ao editor, Nature 332:580, 1988)

Fontes:
http://www.skepticfi...ut/missquot.htm
http://www.talkorigi.../patterson.html
http://www.arn.org/d...1/colpat171.htm
http://www.arn.org/a...audios/c010.htm
Atenciosamente,
Lepisma
-1

#56 Membro offline   Dudu Ícone

  • DarwinCop
  • PipPipPipPipPipPipPipPip
  • Grupo: inativo
  • Posts: 2.177
  • Cadastrado: 28/02/2008
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre, RS

Postou 18/03/2010 - 10:10

Ver postLepisma, em 17/03/2010 - 23:06, disse:

Essa palestra a qual você se refere ocorreu há quase 30 anos, em 1981, e o próprio Dr. Patterson afirma que as suas falas foram retiradas do contexto e mal representadas por criacionistas:

Eu sabia que tinha algo errado com aquela história toda.
Um lugar repleto de biólogos evolucionistas onde NENHUM vai saber responder àquela pergunta só pode ser edição.
Até eu que nem terminei a graduação sei responder aquilo.

Algo muito semelhante ao que aconteceu com Dawkins. Tem aquele vídeo onde ele supostamente fica perplexo com a pergunta "Você poderia citar um caso onde ocorre aumento de informação?"
Muitos criacionistas ainda sentem orgasmos múltiplos ao ver aquele vídeo.
Só que o vídeo é editado.

Então fica a pergunta.
Quem possui a realidade ao seu favor, precisa mentir? Precisa editar vídeos de entrevistas e palestras?
Gostaria que o "Deus Existe" respondesse essa pergunta.
Para quem vive de ilusões, a verdade é um tapa na cara. - Dudu
-1

#57 Membro offline   Ricardo Sandre Ícone

  • demented
  • PipPipPipPipPipPipPipPip
  • Grupo: Membro
  • Posts: 4.219
  • Cadastrado: 29/01/2008
  • Gender:Male
  • Location:São Pedro da Aldeia-RJ
  • Interests:Pesquisa científica da babosidade.

Postou 18/03/2010 - 10:56

A minha opinião sobre criacionismo está bem clara no meu avatar :D
O comentário do Dudu expondo diversas evidências do evolucionismo está tão claro quanto agua cristalina.
Mas será que o forista "Deus Existe" está disposto a aprender ou estudar sobre evolucionismo ? Se ele quisesse debater alguma coisa de forma analítica estaria num site ou forum de biologia, mas não, ele está aqui para defender a sua fé no H. de Cima. Nada do que se disser aqui vai convencê-lo do contrário. Como disse a Márcia: "é jogar pérolas aos porcos", ou melhor, é enxugar gelo :lol:
Quanto mais eu conheço o macaco nu, mais admiro o chimpanzé.
-1

#58 Membro offline   Lepisma Ícone

  • Insecta
  • PipPipPipPipPipPip
  • Ver galeria
  • Grupo: inativo
  • Posts: 516
  • Cadastrado: 25/10/2009
  • Gender:Not Telling
  • Location:Internet

Postou 18/03/2010 - 13:47

Parece-me que, além do onipresente "quote mining" - quer dizer, a arte de peneirar as falas de alguém buscando frases de efeito que lhe interessem, jogar todo o resto fora, separá-las do contexto em que foram ditas, e acrescentar algumas frases suas para produzir um texto tendencioso, o maior problema é que o Dr. Patterson não estava falando sobre a teoria da evolução de uma maneira geral. Ele estava se referindo a sua área de estudo específica (sistemática biológica) e as implicações que a evolução tem sobre ela, com um grupo de biólogos especializados na mesma área:

Colins Patterson disse:

Eu estava colocando um caso para discussão, como pensei fora da gravação, e estava falando apenas sobre a sistemática, um campo especializado.

Por isso, ele não se dá ao trabalho de especificar, já que havia ficado claro anteriormente que estava discutindo sobre sistemática biológica. As falas foram gravadas e usadas como propaganda criacionista e 30 anos depois ainda tem quem repita.

Enfim, é realmente impossível dizer que um fóssil é o ancestral de todos os pássaros, porque todos os indivíduos são formas de transição, é nesse sentido que ele diz que seria necessário ter fé. Isso é uma resposta que nunca haverá. Parece que Patterson também é cético quanto a possibilidade da seleção natural ser o único mecanismo que guia a evolução, mas ele não parece questionar o fato das espécies terem evoluído.
Atenciosamente,
Lepisma
-1

#59 Membro offline   Dudu Ícone

  • DarwinCop
  • PipPipPipPipPipPipPipPip
  • Grupo: inativo
  • Posts: 2.177
  • Cadastrado: 28/02/2008
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre, RS

Postou 18/03/2010 - 14:30

Ver postLepisma, em 18/03/2010 - 15:47, disse:

Enfim, é realmente impossível dizer que um fóssil é o ancestral de todos os pássaros, porque todos os indivíduos são formas de transição, é nesse sentido que ele diz que seria necessário ter fé. Isso é uma resposta que nunca haverá. Parece que Patterson também é cético quanto a possibilidade da seleção natural ser o único mecanismo que guia a evolução, mas ele não parece questionar o fato das espécies terem evoluído.

Agora TUDO está mais claro.

O ceticismo de Patterson se refere a um conceito central presente na sistemática.
Mas esse debate continua até hoje.

Temos que os mamíferos se originarem dos cinodontes, répteis mamaliformes. Mas isso é só a opinião aceita atualmente pela maioria. Só que não tem nada excluindo a possibilidade de mais de uma origem. Os monotremados poderiam ter uma origem diferente dos placentários.

O problema é que muito do que se entendia por grupo filogenético, eram grupos diferentes artificialmente unidos. Existe até um termo, "grado", que seria um agrupamento de indivíduos morfologicamente semelhantes. Diferentemente do "clado", que seria um agrupamente filogenético real. Hoje se sabe que muitos grupos que tínhamos por "clado" são na verdade grados.

Existe ainda quem defenda (e eu não acho absurdo), que a prórpia vida tenha mais de uma origem. Mas isso é algo impossível de se defender hoje, até porque a própria origem da vida é um mistério.(ou, mais especificamente, a origem de características fundamentais ao que chamamos de "vida")


A parte engraçada é que muitos criacionistas acham que a "origem de informação nova" é um ponto insolucionável entre evolucionistas. Ou seja, NUNCA adentraram no que se tem de trabalhos sobre evolução e ainda querem opinar. O mais irônico mesmo é que eles acreditam nisso mas ainda assim sentem a necessidade de EDITAR vídeos. Fico abismado com uma coisa dessas. Até onde vai a desonestidade de um ser humano?
Para quem vive de ilusões, a verdade é um tapa na cara. - Dudu
-1

#60 Membro offline   Deus Existe Ícone

  • membro
  • PipPipPip
  • Grupo: inativo
  • Posts: 79
  • Cadastrado: 08/04/2009
  • Gender:Male
  • Location:Campinas-SP

Postou 18/03/2010 - 14:30

Caro DUDU.

Se você ler todos os artigos verá que a negativa veio logo após o fogo pesado da artilharia Darwinista, na ocasião tudo estava publicado em folheto e ele acabou por descompromissar-se da questão. Analisando um pouco mais encontrei outro texto de sua autoria que provavelmente foi desmentido por ele apesar de não ter encontrado nada a respeito.

Texto:
“Nos últimos 18 meses ou mais, venho entretendo idéias não evolucionárias ou até mesmo idéias anti evolucionárias. Por mais de 20 anos eu pensava que de algum modo, estava trabalhando com a evolução. Uma manhã eu acordei e algo acontecera na noite, e isso muito me impressionou porque estava trabalhando nisso há mais de 20 anos e não havia uma só coisa que eu soubesse a respeito. É um choque significativo saber que alguém possa ter sido enganado por tanto tempo.
Nas últimas semanas eu venho tentando fazer uma pergunta simples a vários grupos e pessoas: Vocês podem me dizer alguma coisa que saibam sobre evolução? Qualquer coisa – que seja verdade”? - Collin Patterson.


Continuarei lendo a respeito pois vejo que existem outras questões sobre este personagem. Não sei se o Lepisma e Você leram todos os artigos publicados e aconselho que leiam.

Para finalizar gostaria de dizer que sou apenas mais um leigo em Biologia procurando uma resposta. Aproveitando a oportunidade e logicamente sua compreensão gostaria de pedir sua ajuda nomeando-o como meu professor, caso não seja contrário a idéia ou pode ser outro Biólogo aqui do site.

Explico: Tenho estudado muito o assunto e observo que existem muitas lacunas. Quando encontro algo que parece estar resolvido eis que surge imediatamente uma refutação.

Para iniciar gostaria de tratar os assuntos conforme segue:

Ossadas de fósseis transicionais.

Quanto à origem do ser humano, este é o aspecto mais controverso da Teoria Geral da Evolução. O que revelam os fósseis? Henry Gee, escritor-chefe de ciência da revista Nature, é muito pessimista a respeito do assunto: 'Nenhum fóssil é enterrado com o seu registro de nascimento... os intervalos de tempo que separam os fósseis são tão imensos que nós não podemos dizer nada definitivo sobre sua possível conexão através da ancestralidade ou descendência...[cada fóssil] é um ponto isolado, com nenhuma conexão conhecida com qualquer outro fóssil dado, e tudo flutua num irresistível mar de lacunas... entre 10 e 5 milhões de anos atrás - diversos milhares de gerações de criaturas - tudo isso cabe dentro de uma pequena caixa...Pegar uma linhagem de fósseis e afirmar que eles representam uma linhagem não é uma hipótese científica que possa ser testada, mas uma afirmação que tem a mesma validade como uma estória para dormir - interessante, talvez até instrutiva, mas não é científica'.['In Search of Deep Time: Beyond the Fossil Record to a NewHistory of Life', New York: The Free Press, 1999]."

Relógios moleculares são confiáveis?

Leigos (e cientistas de outras áreas) frequentemente supõem que os biólogos evolucionistas já dataram com êxito os pontos históricos divergentes das espécies usando os dados moleculares - e que tais datas fornecem evidências da confirmação independente das hipóteses evolucionistas. Assim, o tão chamado “relógio molecular” transmite uma aura de precisão analítica na estimativa filogenética. Contudo, neste artigo, Michael Lee (evolucionista molecular da Universidade de Queensland, Austrália) explica que os relógios moleculares verdadeiramente se apoiam em suposições paleontológicas para calibração, e que assim a sua confiança pode não ser melhor do que os dados de fósseis (e as hipóteses) que eles empregam. Como Lee explica:

“Os relógios moleculares não precisam ser calibrados, e isso pode ser feito somente por recurso direto às datas (esperançosamente confiáveis) no registro fóssil. A calibração de relógios indiretamente através do uso de datas inferidas de outros estudos de relógios moleculares (que por sua vez são, em última análise, baseados no registro fóssil) é menos desejável, pois adiciona uma camada extra de incerteza, especialmente se essas inferências moleculares forem altamente controversas” (p. 386).

Analisando diversos estudos de relógios moleculares, Lee está preocupado que somente um único ponto de calibração fóssil é usado, e ainda assim “parece que nenhum desses estudos moleculares tem examinado criticamente a confiabilidade dessa datação fóssil consultando-se a principal literatura paleontológica, o que é surpreendente à vista de suas conclusões de que o registro fóssil tem uma tendência de ser muito enganador” (p. 386). Resumindo, Lee exige grande cuidado em colocar muita importância nos relógios moleculares, considerando-se a confiança deles na calibração paleontológica:

“Mesmo que alguém faça a suposição audaciosa de que os modelos de relógios moleculares têm pouco erro, parece haver pouca razão objetiva em aceitar como sacrossantas algumas datas fósseis usadas na calibração e rejeitar como não confiáveis as datas de fósseis muito mais numerosas que contradizem os cálculos moleculares resultantes. ... Infelizmente, os estudos de relógios moleculares ainda têm que fornecer um quadro de critérios rigorosos para justificar quais datas fósseis devem ser usadas nas calibrações e quais as que devem ser tratadas ceticamente” (p. 389).

(LEE, Michael S. Y., “Molecular Clock Calibrations and Metazoan Divergence Dates”, Journal of Molecular Evolution 49 [1999]: 385-391)

Publicação PNAS : Erratic overdispersion of three molecular clocks: GPDH, SOD, and XDH
http://www.pnas.org/...8/20/11405.full

Publicação NATURE 1988: The timing of evolutionary events can be estimated from both fossil and molecular data, but what if these methods do not agree? Dr Jan Pawlowski and Colomban de Vargas argue that it may not always be the fossil record that is inadequate.
http://www.nature.co.../fossil_5.html.
Um pouco de ciência nos afasta de Deus. Muito, nos aproxima." -Louis Pasteur-

"Quando se deixa de acreditar em Deus, passa-se a acreditar em qualquer besteira ...na Natureza, na História, na Ciência ou em Si Mesmo Luiz F. Pondé
0

Compartilhar este tópico:


  • (29 Páginas) +
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • Último
  • Novo tópico
  • Fechado


Similar Topics Collapse

  Tópico Fórum Autor Estatísticas Último post
Novos posts Ícone Considerações Antes De Iniciar Um Debate Sobre Teologia Cristã
"Christianity Debate"
Humor RavenaRaven Ícone
  • 8 Respostas
  • 5.642 Visualizações
Tópico quente (Com novos posts) Ícone Anexos Futebol
Notícias, gozações, debates e afins.
off-topic Callegari Ícone
  • 368 Respostas
  • 74.712 Visualizações
Tópico quente (Com novos posts) Ícone Anexos Conceito De Ateu
Debater o que é ateismo
Ateísmo Wellington Moura Ícone
  • 293 Respostas
  • 14.112 Visualizações
Novos posts Ícone Para Quem Ainda Não Assistiu
Debates sobre Se o Universo tem algum propósito
Ateísmo Renato Ícone
  • 0 Respostas
  • 95 Visualizações

1 usuário(s) está(ão) lendo este tópico
0 membro(s), 1 visitante(s) e 0 membros anônimo(s)