Priscila Campos

A opinião dos outros n tem poder algum quando vc acredita no seu potencial?

54 posts neste tópico

Parece frase de "coaching", cara @Priscila Campos. Sua assertiva carece, infelizmente, de mais premissas...

Opinião? De qual tipo? Construtiva? Depreciativa?

Quem são "os outros"? Sua família? Seus amigos? Pessoas estranhas?

Poder de quê? De te fazer desistir? Te colocar pra cima?

Enfim...

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara @Priscila Campos, no pese as observações da Brienne, digo que sua frase procede, sim! Pois "acreditar" é algo que, no final, é puramente pessoal, em que é permitido abandonar a racionalidade lógica. Veja como as pessoas acreditam nas maiores idiotices que existem: terra plana, fantasmas, deus, passar debaixo da escada da azar, etc... Então, sim, se vc realmente acredita no seu potencial, tal como crentes fanáticos acreditam na Arca de Noé, a opinião dos outros pode não ter valor algum. 

Penso que o interessante é analisar racional, honesta e factualmente seu potencial para não ser influenciado por opiniões insensatas, tolas e/ou  equivocadas ao mesmo tempo em que é capaz de assimilar e aproveitar as opiniões construtivas.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não não procede.

Este papo de potencial fica bem em palestrinha daquelas que a empresa te obriga a assistir.

A opinião dos outros pesa sim.

Se o que voce faz ou vende  é mal falado - especialmente em tempos de redes sociais - suas vendas caem, seus serviços diminuem.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 minutos atrás, Brancaleone J disse:

Se o que voce faz ou vende  é mal falado - especialmente em tempos de redes sociais - suas vendas caem, seus serviços diminuem.

Eu entendi que a pergunta era se a opinião das pessoas nos influencia em acreditar ou não acreditar no nosso próprio potencial. 

Obs: é a segunda vez que eu enxergo a pergunta de um modo diferente dos outros foristas; a outra vez foi num tópico recente que perguntava se ateísmo tinha base científica... Ou essas pessoas estão fazendo perguntas mal-elaboradas ou eu estou com alguma deficiência cognitiva. :wacko:

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ambas as coisas.

Alguns aqui -eu especialmente -  atiramos primeiro e vamos  ver o alvo depois...

Especificamente então nesta questão ouso dizer que a opinião dos outros - exceção à minha família  - não tem mínima influência sobre o meu potencial.

Uma vez um chefe me disse que eu nunca passaria dum "ajudantezinho de almoxarifado" - 8 anos depois, numa outra empresa  ELE era meu subordinado em Logísitica Pesada. Meu salário era seis vezes o dele e eu tinha alojamento individual...

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu penso o seguinte, se a opinião da pessoa tiver um bom argumento, seja um argumento construtivo, há poder sim! eu paro para ouvi-lo(a), vou ali colhendo tudo que for de útil, o que não for, descarto! 

O questionamento é muito importante, precisamos de muitas questões e muitas respostas diferenciadas, dali, montamos um jogo de ``quebra-cabeça`` pra ver se saiu algo maior e produtivo. 

Vivemos hoje em uma sociedade pobre, apenas visa beleza, tipo: ``oh, como vc tá linda!``em pleno século XXI da tecnologia e muita informação, mas pouca invenção, está faltando criatividade. é preciso haver mais discussão. 

Há quem discorde de mim, dias antes das últimas eleições para prefeitura, alguns candidatos prometeram fazer incentivar o conhecimento da robótica na cidade caso fossem eleitos, então eu questionei: ``isso é tudo?`` o que está faltando é leitura, conhecimento filosófico.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem que ser especificado o questionamento para darmos a resposta correta. Eu entendi a questão da mesma forma que Membro Fantasma. Por este viés eu diria que a opinião dos outros não afeta jossa alguma.

 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A opinião alheia pode até não ter poder algum, mas não significa que ela está errada. De qualquer forma, a opinião dos outros pode até servir para melhorarmos em algum aspecto, pois a imagem que temos de nós mesmos muitas vezes não retrata a realidade. 

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas é CLARO que afeta. Se não afetasse muitos ateus não se manteriam no armário ou no anonimato. Deixem de ser hipócritas !!  O mesmo serve para bichas.  

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse é o tipo da pergunta genérica que não presta informação suficiente para uma resposta bem fundamentada.

Primeiro: quem é você? Homem, mulher? É um jovem/ adolescente sustentado pelos pais? Alguém paga suas contas? Onde você mora? Numa cidade do interior com moral do século XVIII? Numa cidade grande? No Brasil? No Irã? Nos EUA?

Segundo: quem são os outros? Seus pais, seu patrão, alguém que te sustenta? Ou só as vizinhas fofoqueiras?

Terceiro: Potencial para quê?

Vamos montar alguns quebra-cabeças. Digamos que você seja sustentado pelos seus pais, numa cidade do interior, e acredita que tem potencial para viver na praça como hippie, pregando amor livre e vendendo bijuterias. =>Eu diria: trate de arranjar outro potencial.

Digamos que você viva só, sustenta a si mesmo, não deve nada a ninguém, é autônomo e mora numa cidade grande. =>Eu diria: Faça tudo que seu coração desejar e pague o preço.

Entendeu o que eu digo? Existem limitações internas e externas reais.

-Auto-limitação - Você pode achar que tem o potencial para ser um novo Da Vinci. Se não tiver, não vai cumprir esse “potencial”. Se você não tiver pernas, não vai jogar basquete no NBA americano. Se o seu sonho é voar batendo os braços, isso não vai acontecer.

-Limitações financeiras – quem é sustentado por outro está “sob o poder” de quem o sustenta. Se você acha que tem potencial para tocar harpa e seus pais disserem: não pagaremos nem o curso nem a harpa, você terá que se virar para se sustentar e cumprir seu potencial.

-Limitações sociais/locais – uma mulher no Irã não vai cumprir nunca seu potencial de dançar balé clássico, a menos que fuja de lá e ache alguém que a sustente. Se você quiser ser astronauta da estação espacial russa, vai ter que ralar um bocado para chegar lá.

Ou seja, a mentira nessa frase é o “poder algum”. Existe “poderes” que nos impedem de fazer o que desejamos. A opinião de quem o sustenta é talvez o mais forte. As pessoas podem expressar sua opinião nos mostrando os limites (ou seja, são opiniões fundadas que devem ser ouvidas e levadas em conta). Agora, se não houver limitação física, se você lutar o suficiente, pode superar a maioria das limitações.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Edgar Filho disse:

Mas é CLARO que afeta. Se não afetasse muitos ateus não se manteriam no armário ou no anonimato. Deixem de ser hipócritas !!  O mesmo serve para bichas.  

Nos seus exemplos não é uma questão de opinião e sim de ações contra, pois tem muitos como você que pode expulsar de casa ou demitir uma pessoa por ser ateu ou gay. Então não é a opinião, entendeu? 

E sobre  a pergunta, se for somente a opinião não afeta josta nenhuma mesmo. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opiniões não tem a menor importância. Elas já nascem natimortas. A minha opinião está morta. :P

Cemiterio.JPG
 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 14/11/2017 at 13:29, Dimas B L disse:

Nos seus exemplos não é uma questão de opinião e sim de ações contra, pois tem muitos como você que pode expulsar de casa ou demitir uma pessoa por ser ateu ou gay. Então não é a opinião, entendeu? 

Nõa, não e não. Se mantém no armário por insegurança do próprio posicionamento pois quando você está seguro de si não acontece esse tipo de medo. Vá por mim, sou um pouco mais velhinho que você.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O homem é um ser sociológico, portanto tudo que ocorre em uma sociedade o afeta de um jeito ou de outro e, o fato da opinião existir já é uma prova disso.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Apalavra opinião é de grande valor neste fórum. Pena que o autor do post o limitou a um aspecto. Opinião, doxa, é o oposto de conhecimento,  episteme.  Doxa surgiu com os estoicos, e estes duraram muito, desde o século III a.c, até o século V. Ou seja, o estoicismo durou quase mil anos,  e só cessou por ordem do  imperador Justiniano, que fechou as escolas. A essa altura o cristianismo já tinha se apossado largamente do estoicismo, na verdade, o cristianismo é a continuação do estoicismo. Mas o cristianismo, como sempre, apodrecia tudo, pervertia tudo que era nobre e viril, que é o que define o estoico. 

O estoicismo pregava o conhecimento como forma de aceitação da realidade tal qual ela é, sem moral,  sem interpretação subjetiva e pessoal. O conhecimento da natureza e suas leis leva a  aceitação das adversidades, das coisas que não podemos mudar, e o sofrimento que isso causa no vulgo é fruto da sua opinião, que se origina na ignorância. 

O cristianismo aproveitou isso  para pregar a aceitação do sofrimento com resignação, uma forma pervertida de estoicismo.  

Portanto, opinião é o mesmo que crença, que é o mesmo que desconhecimento. Opinião é a forma subjetiva e individual de interpretação do que acontece, por isso cada um tem uma opinião diferente sobre coisas semelhantes.

Muitas vezes é interessante a opinião que uma pessoa tem sobre alguma coisa, ou algo como a opinião pública por exemplo. Muitas vezes perguntamos a uma pessoa qual sua opinião sobre um assunto, justamente por não termos a menor ideia da opinião da pessoa.. Mas é impossível perguntar qual a opinião de uma  pessoa sobre  2+2. Opinião,  doxa, do  ponto de vista da verdade e do conhecimento, não vale nada. Segundo os estoicos, quem se deixa levar pela opinião alheia está condenado ao aborrecimento sem fim. 

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Edgar Filho disse:

Vá por mim, sou um pouco mais velhinho que você.

Isso - ser mais velhinho - não serve pra nada se junto com a idade não vem o amadurecimento e um certo laissez faire sobre a vida, abrindo mão de visões maniqueístas de mundo e agregando valores positivos, pautando sua vida por estes ao invés de impor a outrem sua visão de vida.

Entendo a dificuldade para os mais idosos em compreender este "Brave New World" que vivemos hoje, mas apenas acusá-lo de anacrônico ou procurar desmerecê-lo por não coadunar com sua necessidade ou desejo soa infantil demais para cãs nevadas...

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, Helmer disse:

Segundo os estoicos, quem se deixa levar pela opinião alheia está condenado ao aborrecimento sem fim. 

Exatamente por isso minha relutância em prestar atenção em certas "opiniões" e discutir as mesmas, mas como este é um fórum para discussões, e a participação é livre, aqui e ali vou entrando, aprendendo com todos e interagindo com poucos.

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 minutos atrás, Brienne of Tarth disse:

Entendo a dificuldade para os mais idosos em compreender este "Brave New World" que vivemos hoje, mas apenas acusá-lo de anacrônico ou procurar desmerecê-lo por não coadunar com sua necessidade ou desejo soa infantil demais para cãs nevadas...

Criatura de saias!! Traduza isso por favor!! 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 minutos atrás, Edgar Filho disse:

Criatura de saias!! 

Interessante...o quê seriam "criaturas de saias"?

Padres?

20130310162347283261i.jpg

Escoceses?

9f4cd02dd5524be6fe1f49f2275b85f3--men-and-women-for-men.jpg

Ditadores africanos?

rei-de-gana.jpg?w=640&h=432

-_-

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não! A expressáo 'criatura de saias' foi criada há séculos e refere-se a as fêmeas da espécie humana. 

E eu pedi para voc~e traduzir porque a oração ficou confusa.  

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
22 minutos atrás, Edgar Filho disse:

Traduza isso por favor!! 

Interessante 2.

Concluí (erroneamente, vejo) ser a sua capacidade cognitiva capaz de compreender palavras tão óbvias; não querendo arriscar um possível ad hominem, muito embora suas manifestações serem capazes de desafiar a paciência de um rimpoche, cedo à sua pessoa uma possibilidade de reavaliação e posterior conclusão do que eu disse.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O que a minha capacidade cognitiva tem a ver com pseudos orações metidas a complexas? Saiba, moça, que a simplicidade na comunicação verbal e escrita é muito mais valiosa do que esta verborragia que está (de novo nessa frase acima) aprontando. O prolixo é um ser odioso. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Por isso vocês ficaram fazendo um estardalhaço sem necessidade com a palavra 'superioridade' naquele meu tópico enquanto outros foristas de forma prolixa e 'complexa' disseram a mesma coisa que eu e receberam a atenção de vocês. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
14 minutos atrás, Edgar Filho disse:

A expressáo 'criatura de saias' foi criada há séculos e refere-se a as fêmeas da espécie humana. 

Fontes?

Não sei se é do seu conhecimento (mentira, sei que não é), mas as calças foram inventadas muito depois de homens e mulheres usarem saias...sem dúvida, pela necessidade de ambos de uma vestimenta mais prática.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora