Godsseur

E se o tempo fosse Deus?

111 posts neste tópico

    Quando o assunto é divindades, algumas características fundamentais são ligeiramente associadas a esses seres supremos. Dentre elas destacam-se algumas mais difundidas, que são a onipotência, a onisciência e a onipresença. Em resumo, essas características consistem um ser que sabe tudo, é absoluto, seguido da capacidade de estar presente em todos os lugares ao mesmo tempo e de provocar quais eventos quiser. Essas características são encontradas são encontradas no tempo, pois ele está presente em todo lugar, independendo da densidade, temperatura ou estado da matéria – o que leva a outro pensamento. Prosseguindo o raciocínio, chegamos à ideia de que o tempo esteve presente desde o começo, e até antes dele. Como está presente desde quando sempre nos perguntamos o que havia anteriormente, é entendido que esteve presente em todos os lugares enquanto todos os fatos já ocorridos no cosmos ocorreram até a presente hora, minuto ou segundo. Dessa maneira, seria plausível existir um Deus – o tempo – com todas as características já citadas e adicionadas as possibilidades de este não possuir uma consciência, apenas existir, no entanto se equivocaria em relação à onipotência, e também há a possibilidade de este possuir uma consciência, a qual não compreendemos, ou apenas ainda não fomos contatados. Qual sua opinião sobre isso e forças e energias que talvez não compreendemos?

Observação: eu não creio em nenhuma divindade. :P

I appreciate your time:)

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Primeiro:

Eita letrinha desgraçada de menorzinha! Olha o respeito com os membro mais velhos e mais ceguetas!!!

Segundo:

Sem chance. Tempo é só o tempo. Não tem nada de divino. Tempo é só as coisas acontecendo.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
40 minutos atrás, Godsseur disse:

    Quando o assunto é divindades, algumas características fundamentais são ligeiramente associadas a esses seres supremos. Dentre elas destacam-se algumas mais difundidas, que são a onipotência, a onisciência e a onipresença. Em resumo, essas características consistem um ser que sabe tudo, é absoluto, seguido da capacidade de estar presente em todos os lugares ao mesmo tempo e de provocar quais eventos quiser. Essas características são encontradas são encontradas no tempo, pois ele está presente em todo lugar, independendo da densidade, temperatura ou estado da matéria – o que leva a outro pensamento. Prosseguindo o raciocínio, chegamos à ideia de que o tempo esteve presente desde o começo, e até antes dele. Como está presente desde quando sempre nos perguntamos o que havia anteriormente, é entendido que esteve presente em todos os lugares enquanto todos os fatos já ocorridos no cosmos ocorreram até a presente hora, minuto ou segundo. Dessa maneira, seria plausível existir um Deus – o tempo – com todas as características já citadas e adicionadas as possibilidades de este não possuir uma consciência, apenas existir, no entanto se equivocaria em relação à onipotência, e também há a possibilidade de este possuir uma consciência, a qual não compreendemos, ou apenas ainda não fomos contatados. Qual sua opinião sobre isso e forças e energias que talvez não compreendemos?

Observação: eu não creio em nenhuma divindade. :P

I appreciate your time:)

como o Brancaleone disse o tempo nada mais é que o tempo passando. Em outras palavras a noçao de tempo so existe para nós humanos é uma abstraçao matematica só isso.

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eai @gokubh Hugh Everett ou Albert Einstein? Pra mim é Einstein, o futuro já está escrito e as escolhas são uma mera ilusão.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 minutos atrás, Gomes disse:

O futuro já aconteceu e o tempo é uma ilusão

Meu amigo, se eu fosse dar crédito a todas as conclusões estapafúrdias que tem por ai, tudo, absolutamente tudo seria possível - até mesmo deus - e num universo onde tudo e todos são possíveis duma forma ou de outras, numa dimensão ou noutras, num tempo ou noutros tempos  então tudo perde sentido, direção, necessidade e  razão e simplesmente não  precisamos pensar porque jamais abarcaríamos tudo.

Menos. Menos.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Gomes disse:

o futuro já está escrito e as escolhas são uma mera ilusão.

Isso se chama horóscopo ou fatalismo. Não meta o Einstein nisso.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 minutos atrás, Gomes disse:

Eai @gokubh Hugh Everett ou Albert Einstein? Pra mim é Einstein, o futuro já está escrito e as escolhas são uma mera ilusão.

nao é nesse sentido que einstein disse isso. ele disse que em relaçao ao espaço ao cosmus, sempre olhamos para o passado , pois devido a varios eventos fisicos quando a luz chega ate nos ja é um evento que aconteceu a milhares a nos. como por exemplo  a explosao de uma estrela ja aconteceu a milhares de anos, mas so conseguimos ver hj pois a luz levou milhares de anos pra chegar a terra. entao pode ser que sim vivemos no passado em relaçao ao cosmus. contudo esse passado nao e uma ilusao pois o fato de vermos o que aconteceu no espaço entao prova que o tempo ele nao é uma ilusao. ou seja o passado pro cosmus é nosso presente temporal de fato e nao uma ilusao.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, gokubh disse:

nao é nesse sentido que einstein disse isso. ele disse que em relaçao ao espaço ao cosmus, sempre olhamos para o passado , pois devido a varios eventos fisicos quando a luz chega ate nos ja é um evento que aconteceu a milhares a nos. como por exemplo  a explosao de uma estrela ja aconteceu a milhares de anos, mas so conseguimos ver hj pois a luz levou milhares de anos pra chegar a terra. entao pode ser que sim vivemos no passado. contudo esse passado nao e uma ilusao pois o fato de vermos o que aconteceu no espaço entao prova que o tempo ele nao é uma ilusao.

 Ok, me confundi em um ponto. Supondo que seres de vida inteligente com bilhões de anos luz daqui, consigam nos ver, o que será visto? nosso passado ou futuro?   

Na minha cabeça de astronomo de wikipédia, pensava que eles veriam nosso futuro, mas agora com o que foi colocado por ti...

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
14 minutos atrás, Brancaleone J disse:

Não meta o Einstein nisso.

prometo estudar Einstein com mais atenção senhor!:D

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Citar

Prosseguindo o raciocínio, chegamos à ideia de que o tempo esteve presente desde o começo, e até antes dele. Como está presente desde quando sempre nos perguntamos o que havia anteriormente, é entendido que esteve presente em todos os lugares enquanto todos os fatos já ocorridos no cosmos ocorreram até a presente hora, minuto ou segundo.

O tempo é maleável, como provado pela relatividade e experimentos, na presença de grandes massas ou extrema velocidade ele pode passar mais devagar. Hoje não falamos mais no tempo como uma propriedade individual, na física relativista é referida como espaço/tempo. Que deus poderia ser submetido a matéria? 

Outro ponto é que o tempo não existia antes da expansão do universo.  Ele passou a agir depois que a matéria passou a expandir criando o espaço/tempo. Podemos nos referir quanto a mudança de estado como antes e depois do evento, mas não se pode atribuir uma noção de passagem de tempo, pois as dimensões não existiam, e o tempo é uma dimensão na equação.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, gokubh disse:

ou seja o passado pro cosmus é nosso presente temporal de fato e nao uma ilusao.

Vi um vídeo interessante uma vez, que explica que na verdade nos nunca presenciamos o presente. Nosso cérebro recebe informação de várias partes do nosso corpo a diferentes taxas de velocidade, seja pela natureza da informação ou a distância que a informação viaja até o processamento.

Por exemplo, se tocar ao mesmo tempo a orelha e o dedão do pé, o trajeto entre o pé e a cabeça é maior, e para compensar o cérebro usa um delay para sincronizar as informações que chegam, se não me engano alguns milissegundos, para garantir que se tenha a melhor versão do "agora".

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, Gomes disse:

Eai @gokubh Hugh Everett ou Albert Einstein? Pra mim é Einstein, o futuro já está escrito e as escolhas são uma mera ilusão.

Então qual o sentido de olhar para os dois lados para atravessar a rua?

quer dizer o futuro está escrito mesmo... 

eu discordo da ideia de o futuro estar escrito, penso que toda escolha que fazemos nos leva a uma linha de destinos possíveis e a cada escolha está linha de destino se altera  

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
17 minutos atrás, The Nobody disse:

quer dizer o futuro está escrito mesmo... 

Na verdade mesmo os humanos não gostam de ter que decidir pelas suas vidas.

Eles  preferem atribuir a responsabilidade sobre suas vidas a deuses, horóscopos e agora a este tipo de fatalismo científico, enfiando até Einstein na história.

Fica mais fácil, mais cômodo...

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, The Nobody disse:

Então qual o sentido de olhar para os dois lados para atravessar a rua?

quer dizer o futuro está escrito mesmo... 

eu discordo da ideia de o futuro estar escrito, penso que toda escolha que fazemos nos leva a uma linha de destinos possíveis e a cada escolha está linha de destino se altera  

Ai parece haver um erro de lógica. Até escolher não olhar para os lados poderia estar escrito. Tem um conto em que um guru diz a um imperador que tudo é uma ilusão, o imperador certa vez ao ver o guru se aproximar, manda soltar um elefante em cima dele, quando ele começa a correr o sultão grita: "por que corre o elefante é uma ilusão", ao que o guru responde: "minha corrida também é uma ilusão".

Agora quanto a tomar decisões, o que define você é um agregado de células que se comunicam pela eletroquímica respondendo a estímulos. A quantidade e qualidade das ligações dessas células representam suas memorias e experiências que fazem com que você haja de certa maneira em determinadas situações, perca algumas ou mexa com suas conexões e seu comportamento pode mudar temporariamente ou definitivamente. Compreendendo como monitorar ou alterar essa comunicação você pode prever as suas "escolhas".

Mágicos usam o conhecimento para fazer "previsões" de "escolhas" que fazemos, quando por exemplo mandam pensar em uma ferramenta e uma cor praticamente a maioria vai dizer vermelho e martelo.

Resumindo, somos matéria, e o que entendemos como escolhas é somente uma outra faceta da interação da matéria com as leis que a regem e as quais não conhecemos totalmente. Você pode prever aonde uma bola vai cair em condições ideais por conhecer as variáveis das forças que agem sobre ela, seria o mesmo com o cérebro se pudêssemos lidar com a complexidade de variáveis envolvidas na física e química de cada molécula e átomo envolvido.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tempo, espaço, matéria e energia está tudo no mesmo pacote, logo, o universo é deus - panteísmo. :P

Caraca, essas perguntas são iguais aquelas q os escolásticos faziam na idade média sobre qual é o sexo dos anjos, como deve ser o paraíso, quem está com a razão, a fé ou a razão, qual é a temperatura do inferno, hehe. Santa masturbação e perda de tempo ....

Será q voltamos na Idade Média? :P

E se o cocô fosse deus? Wow, shit. :o

anigif_original-grid-image-18191-1462209

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 horas atrás, Godsseur disse:

Quando o assunto é divindades, algumas características fundamentais são ligeiramente associadas a esses seres supremos. Dentre elas destacam-se algumas mais difundidas, que são a onipotência, a onisciência e a onipresença. Em resumo, essas características consistem um ser que sabe tudo, é absoluto, seguido da capacidade de estar presente em todos os lugares ao mesmo tempo e de provocar quais eventos quiser. Essas características são encontradas são encontradas no tempo, pois ele está presente em todo lugar, independendo da densidade, temperatura ou estado da matéria – o que leva a outro pensamento. Prosseguindo o raciocínio, chegamos à ideia de que o tempo esteve presente desde o começo, e até antes dele. Como está presente desde quando sempre nos perguntamos o que havia anteriormente, é entendido que esteve presente em todos os lugares enquanto todos os fatos já ocorridos no cosmos ocorreram até a presente hora, minuto ou segundo. Dessa maneira, seria plausível existir um Deus – o tempo – com todas as características já citadas e adicionadas as possibilidades de este não possuir uma consciência, apenas existir, no entanto se equivocaria em relação à onipotência, e também há a possibilidade de este possuir uma consciência, a qual não compreendemos, ou apenas ainda não fomos contatados. Qual sua opinião sobre isso e forças e energias que talvez não compreendemos?

Observação: eu não creio em nenhuma divindade. :P

Há uma boa coerência nos argumentos propostos referente ao não entendimento/conhecimento sobre forças sobrenaturais citados por você, dá também razão ao agnosticismo. Certa vez vi um filme chamado "LUCY". Sucintamente, tratava-se da inteligência exuberantemente elevada de uma mulher devido a ingestão de substâncias, era um processo gradual de elevação, quanto mais tempo passava, mais inteligente ela ficava. Até que um momento ela desapareceu, pois se tornou TUDO. Trazendo o vocabulário para a questão proposta do tópico, ela se tornou o TEMPO.

Forças sobrenaturais pode-se estender em diversas idéias, portanto resulta em "brechas" para o sustento do argumento.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 horas atrás, Godsseur disse:

    Quando o assunto é divindades, algumas características fundamentais são ligeiramente associadas a esses seres supremos. Dentre elas destacam-se algumas mais difundidas, que são a onipotência, a onisciência e a onipresença. Em resumo, essas características consistem um ser que sabe tudo, é absoluto, seguido da capacidade de estar presente em todos os lugares ao mesmo tempo e de provocar quais eventos quiser. Essas características são encontradas são encontradas no tempo, pois ele está presente em todo lugar, independendo da densidade, temperatura ou estado da matéria – o que leva a outro pensamento. Prosseguindo o raciocínio, chegamos à ideia de que o tempo esteve presente desde o começo, e até antes dele. Como está presente desde quando sempre nos perguntamos o que havia anteriormente, é entendido que esteve presente em todos os lugares enquanto todos os fatos já ocorridos no cosmos ocorreram até a presente hora, minuto ou segundo. Dessa maneira, seria plausível existir um Deus – o tempo – com todas as características já citadas e adicionadas as possibilidades de este não possuir uma consciência, apenas existir, no entanto se equivocaria em relação à onipotência, e também há a possibilidade de este possuir uma consciência, a qual não compreendemos, ou apenas ainda não fomos contatados. Qual sua opinião sobre isso e forças e energias que talvez não compreendemos?

Observação: eu não creio em nenhuma divindade. :P

I appreciate your time:)

Só não entendo (mentira, entendo, sim) o seguinte: pra que chamar de "deus" se já existe o nome "tempo". As pessoas com um pé na crentelhice insistem em dizer que deus é amor, deus é o desconhecido, deus é a natureza... Na verdade, tudo não passa de uma tentativa inconsciente para tentar encontrar algum sentido diante do absurdo

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, Stan disse:

Só não entendo (mentira, entendo, sim) o seguinte: pra que chamar de "deus" se já existe o nome "tempo". As pessoas com um pé na crentelhice insistem em dizer que deus é amor, deus é o desconhecido, deus é a natureza... Na verdade, tudo não passa de uma tentativa inconsciente para tentar encontrar algum sentido diante do absurdo

Deus é mistério. :P

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 horas atrás, Gomes disse:

consigam nos ver, o que será visto? nosso passado ou futuro?   

A luz do sol que vemos viajou 8 minutos (manemeno) para chegar até seus olhos. Se neste exato instante o sol explodir,  levará oito minutos para percebermos.

Se algum etezinho estiver olhando para cá neste instante, não me verá aqui na varandona, tomando chimarrão, com a cachorrada deitada aqui e ali, mas com certeza vera  o  tiranossauro rex  se refrescando no banhado que isso devia ser a alguns milhão de anos, quando minha propriedade fazia parte da África ou a África fazia parte da minha propriedade

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 horas atrás, cajuu disse:

Forças sobrenaturais pode-se estender em diversas idéias, portanto resulta em "brechas" para o sustento do argumento.

Pois é, caju, se usar essas duas palavras mágicas pra expricar tudo, não sobra mais nada pra explicar. :P

huh2HmOzrSivm.gif

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
23 horas atrás, Ricardo Sandre disse:

Pois é, caju, se usar essas duas palavras mágicas pra expricar tudo, não sobra mais nada pra explicar. :P

isso ai $andre :P uheuheuhehuehu

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 22/09/2017 at 10:06, lonewolf disse:

Ai parece haver um erro de lógica. Até escolher não olhar para os lados poderia estar escrito. Tem um conto em que um guru diz a um imperador que tudo é uma ilusão, o imperador certa vez ao ver o guru se aproximar, manda soltar um elefante em cima dele, quando ele começa a correr o sultão grita: "por que corre o elefante é uma ilusão", ao que o guru responde: "minha corrida também é uma ilusão".

Agora quanto a tomar decisões, o que define você é um agregado de células que se comunicam pela eletroquímica respondendo a estímulos. A quantidade e qualidade das ligações dessas células representam suas memorias e experiências que fazem com que você haja de certa maneira em determinadas situações, perca algumas ou mexa com suas conexões e seu comportamento pode mudar temporariamente ou definitivamente. Compreendendo como monitorar ou alterar essa comunicação você pode prever as suas "escolhas".

Mágicos usam o conhecimento para fazer "previsões" de "escolhas" que fazemos, quando por exemplo mandam pensar em uma ferramenta e uma cor praticamente a maioria vai dizer vermelho e martelo.

Resumindo, somos matéria, e o que entendemos como escolhas é somente uma outra faceta da interação da matéria com as leis que a regem e as quais não conhecemos totalmente. Você pode prever aonde uma bola vai cair em condições ideais por conhecer as variáveis das forças que agem sobre ela, seria o mesmo com o cérebro se pudêssemos lidar com a complexidade de variáveis envolvidas na física e química de cada molécula e átomo envolvido.

Genial!

Mas estava me referindo ao espaço tempo como um todo sabe? ( de um ponto de vista físico)  acho que é besteira achar que as circunstâncias estão escritas para favorecer ou não uma escolha ou evento, penso que tudo é uma questão de escolha para formar as possíveis circunstâncias e assim somente o evento acontece, mas na verdade é aleatório, não existe nada "mexendo os pauzinhos", apenas o universo e suas leis.

No exemplo de atravessar a rua penso que existe uma aleatoriedade de circunstâncias universais possíveis de acontecer e o fato de não ser atropelado por exemplo deve-se a quebra dessas peripécias aleatórias, ou seja porque ele optou/escolheu/decidiu por olhar antes de atravessar esse indivíduo aumentou as chances de não ser atropelado, então não estava predestinado de modo algum a escolha de este indivíduo optar por olhar ou não, é claro que isso deve-se aos fatos de gênese que você apontou, mas o ambiente ( universo) desse indivíduo de forma alguma influenciou a fazer qualquer escolha, ou seja nenhuma escolha em minha opinião está "escrito" e certo pra acontecer, apenas está exposto para ser escrito!

Ou estou errado?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E se o tempo for Deus?

É bem fácil, é só a maioria considerar um Deus e assim será, qualquer coisa poderia ser considerada deus, se a maioria entende que algo deve ser louvado isso é que vai ser considerado um deus

Mas quanto a sua pergunta minha resposta é:

O tempo não é considerado um deus pelo mesmo motivo que não existe sentido em louvar a gravidade para a maioria ( sou parte dela), mas se existe uma religião que louva a gravidade ou o tempo para min faz mais sentido que ser cristão por exemplo, pois o tempo e a gravidade são reais :P 

Mesmo sabendo que a existência do tempo e da gravidade é um fato, eu não vejo sentido  nenhum em louvar esse "deus gravidade" e esse deus tempo" e continuo sendo ateu e achando toda e qualquer crença de modo religioso, ou seja toda e qualquer "Deusificação" ideológica é sem lógica e ridícula em minha opinião! 

Deus é apenas um conceito vazio esperando pra ser louvado!

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora