46 posts neste tópico

3 horas atrás, Milagre disse:

Que cada um pense e diga o que quiser, mesmo que sejam imbecilidades ou infâmias. E que cada um avalie o que ouve e recompense os oradores com reconhecimento ou ostracismo. Julgar o que pode ou não ser pensado ou ser dito é censura e autoritarismo.

Já ouviu falar em crime de calúnia, difamação e/ou injúria?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, Atik Yomin disse:

Já ouviu falar em crime de calúnia, difamação e/ou injúria?

Resultado de leis...

E quem faz as leis?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
37 minutos atrás, Brancaleone J disse:

E quem faz as leis?

Tem um dito, atribuído ao Otto von Bismarck, que é assim: "Leis são como salsichas. É melhor não ver como elas são feitas."

Seja como for, é mui possível que todo mundo lá em Brasília tenha o rabo preso com algo ou alguém. Inclusive os "não-corruptos".

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
42 minutos atrás, Atik Yomin disse:

Tem um dito, atribuído ao Otto von Bismarck, que é assim: "Leis são como salsichas. É melhor não ver como elas são feitas."

Seja como for, é mui possível que todo mundo lá em Brasília tenha o rabo preso com algo ou alguém. Inclusive os "não-corruptos".

Boa.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Agora, Karine disse:

As opiniões dele já bastam. Discurso ignorante e agressivo, pois promove desrespeito e violência. Tenho nojo desse energúmeno 

Do Bolsomerda. Pois merda é elogio

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Ateu Atipico disse:

01 - Por que?

02 - Ganhava bolsa puxa-saco dela?

03 - Entre Dilma - professora de Francês, empresária de 1,99, leitora de livros - e um giló, voto no giló.

01 - Porque conheço bem o candidato em questão e também a ex-presidanta.
02 - Nunca ganhei nada de governo algum. Não tenho nada contra as ajudas assistenciais, mas até hoje não necessitei. Já recorri a "seguro desemprego" na demissão, mas foi só. 
03 - Entre o Bolsonaro e o Brasil anárquico largado às traças na base do "cada um por si", fico com a segunda opção.       

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 minutos atrás, Karine disse:

As opiniões dele já bastam. Discurso ignorante e agressivo, pois promove desrespeito e violência. Tenho nojo desse energúmeno 

Se fosse só nojo, como tenho de tantos políticos e governistas, até daria pra usar a razão e analisar os possíveis prós de um animal como ele na presidência, mas não quero nem imaginar uma figura escrota e retrógrada como essa comandando o país. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, Karine disse:

As opiniões dele já bastam. Discurso ignorante e agressivo, pois promove desrespeito e violência. Tenho nojo desse energúmeno 

Karine, a questão é que ele falou aquela bizarrice do "não merece ser estuprada" num discurso dentro da Câmara (dentre outros vários discursos sobre outras questões que ele proferiu, mas atendo-se ao que incriminou ele), tudo gravado e taquigrafado, algo que é diferente da opinião dele num outro lugar privado.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Atik Yomin disse:

Já ouviu falar em crime de calúnia, difamação e/ou injúria?

Já ouvi falar sim :) Também já li a respeito. Resumindo:

Calúnia: É crime. É uma lei justa. Você não pode acusar alguém de um crime levianamente, só se tiver evidências razoáveis.

Difamação: Pode ser crime de verdade, se você espalha informação inverídica sobre alguém que a difame. Até aí é justo. O problema é que a justiça brasileira pode considerar difamação mesmo se a informação que você propagou é verdadeira. Aí é exagero paternalista do judiciário brasileiro, pra variar.

Injúria: Bem parecido com a difamação. Se a ofensa é baseada em algo inverídico, acho correto ser criminalizado. Caso contrário, é paternalismo judicial e frescura do ofendido.

Nenhum dos items acima se aplica ao Bolsonaro. A injúria talvez se aplicasse à Maria do Rosário, que chamou o Bolsonaro de estuprador. Mas, quer saber, esses dois parecem duas crianças de présinho. O mais lamentável é estarem os dois no Congresso Nacional, o que diz muito sobre a qualidade do voto de nós brasileiros.

O Bolsonaro é um boçal e eu lamento que tenha tanto brasileiro pensando em fazer dele presidente. Mas, criminoso, até agora, não há qualquer indício de que ele seja. Ser imbecil ainda não é crime. Felizmente, porque, senão, iria ficar difícil prender tanto brasileiro.

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, Milagre disse:

Ser imbecil ainda não é crime. Felizmente, porque, senão, iria ficar difícil prender tanto brasileiro.

Poizé.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

As opiniões pessoais e as palavras proferidas no calor das discussões parlamentares são uma constante em qualquer lugar aonde supostamente deverá prevalecer uma Democracia; aos ofendidos e afrontados caberão as providências inerentes às ofensas proferidas no âmbito das Casas, resguardados os direitos e deveres constantes na Magna Carta e alhures.

O que jamais caberá é a pretensa suposição da posse da absoluta verdade e impoluta moral a ser seguida por todos, num total desrespeito à máxima de plena manifestação de suas opiniões, segundo o Artigo 5º

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Apesar que tá lá na constituição...

Art. 55. Perderá o mandato o Deputado ou Senador:

II - cujo procedimento for declarado incompatível com o decoro parlamentar;

 

Por outro lado...

Art. 53. Os Deputados e Senadores são invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 35, de 2001)

 

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
12 horas atrás, Karine disse:

As opiniões dele já bastam. Discurso ignorante e agressivo, pois promove desrespeito e violência. Tenho nojo desse energúmeno 

A polarização é culpa do Lula, que teve a chance de unificar o país mas foi enganado pela sua própria verve castrista.

Ou seja, a única chance de um extremista crescer é quando se precisa de oposição a fazer frente à outro extremista. 

Note que se cortar os zeros, verá que não se tratará de esquerda ou de direita, mas CORRUPTO contra INCORRUPTÍVEL.

O resto é punhetisse...

P.S. O discurso de macho-alfa do Bolsonaro é igual ao do Putin...

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 horas atrás, Russell disse:

01 - Porque conheço bem o candidato em questão e também a ex-presidanta.
02 - Nunca ganhei nada de governo algum. Não tenho nada contra as ajudas assistenciais, mas até hoje não necessitei. Já recorri a "seguro desemprego" na demissão, mas foi só. 
03 - Entre o Bolsonaro e o Brasil anárquico largado às traças na base do "cada um por si", fico com a segunda opção.       

A minha pergunta é retórica, e você a respondeu de acordo com o meu pensamento.

Ou seja, você a conhece bem, portanto para conhecer bem conviveu com ela, quem sabe até trabalhou para ela de onde veio sua bolsa puxa-saco, a qual pode ser chamada, também de ajuda de custo, ou pagamento por serviços prestados...

E o Bolsonaro é só o anticorpo produzido para enfrentar a bactéria corrupta.

Enfim, se entre um presidente eleito e o caos você prefere a segunda opção, coma bastante acarajé quente...

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem, vc perguntou e eu respondi. Acho que assim é que o fórum fica legal e construtivo. E obviamente a minha última frase sobre o caos é uma frase retórica apenas para dar a devida entonação do quanto repudio o Bolsomito. Achei que vc entenderia, ainda mais vc que é bastante perspicaz. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
53 minutos atrás, Ateu Atipico disse:

Ou seja, você a conhece bem, portanto para conhecer bem conviveu com ela, quem sabe até trabalhou para ela de onde veio sua bolsa puxa-saco, a qual pode ser chamada, também de ajuda de custo, ou pagamento por serviços prestados...

Na verdade é o contrário. A Dilmanta eu só conheço como presidAnta, o suficiente para saber que é uma péssima governante, já o Bolsomito conheço pessoalmente e trabalhei (voei bastante) com ele por um bom período de tempo o suficiente para formar a opinião que possuo. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Russell disse:

Na verdade é o contrário. A Dilmanta eu só conheço como presidAnta, o suficiente para saber que é uma péssima governante, já o Bolsomito conheço pessoalmente e trabalhei (voei bastante) com ele por um bom período de tempo o suficiente para formar a opinião que possuo. 

Então, na verdade, você NÃO conhece os dois com a mesma profundidade.

Ou seja conhece pessoalmente o Bolsonaro e conhece a figura pública da Dilma.

Já, em relação ao caos, a minha perspicácia diz que a Dilma, assim como o movimento anti-capitalista, ganha com a bagunça além de odiar a classe média.

Enfim, forçou a barra...

 

 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, Ateu Atipico disse:

E o Bolsonaro é só o anticorpo produzido para enfrentar a bactéria corrupta.

Tá mais pra "anticorpo" contra a "bactéria" esquerdista. Não necessariamente corrupta. (Aliás, o Boçalnaro não tem problema algum com corruptos: foi parceiro do Eduardo Cunha...)

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora