Um pensador

Imposto é roubo?

339 posts neste tópico

De forma alguma. Em sociedades organizadas não há outra forma de se manter a estrutura geral. 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A diferença entre o remédio e o veneno é a dose. Quando ele é muito e não tem nenhum retorno efetivo sobre o que é arrecadado é sim um roubo. O Brasil é o que tem um dos maiores impostos do mundo e basta uma olhada rápida pelos serviços públicos para ver que está sendo assaltado. Este ano o estado já arrecadou 1 trilhão de reais, e está quebrado.

Cwx6CSTXUAApjt7.jpg

 

 

 

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu adoro pagar impostor. Não vejo a hora de fazer a minha declaração do IR no ano q vem. :P

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem, o tópico não está questionando o que achamos sobre impostos mal aplicados ou roubados. A pergunta é simples e direta e eu desconheço como manter uma nação com toda a infraestrutura necessária sem impostos.  

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Russell disse:

Bem, o tópico não está questionando o que achamos sobre impostos mal aplicados ou roubados. 

Se for literalmente analisar o que significa, imposto não é roubo, se for só isso não tem nem motivo para prosseguir com o tópico. Mas deixando o lado literal, a pergunta deixa bastante margem para especular o que achamos,

Mas em resumo imposto é:

- outros pegarem seu dinheiro para gastarem com coisas que você não terá nenhum poder de decisão. :D Parece um pouco com o cara que abate carteira na rua.

- Se você se negar ou tentar não dar o dinheiro que acham que você deve dar, você será punido. Se assemelha com o vagabundo que diz: o dinheiro ou a vida. :P

 

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1. Imposto é Roubo

"Tudo bem, você pode até usar esse argumento se você quiser, mas saiba que se trata de um argumento anarquista e não liberal. Se você assume que a existência do estado é uma necessidade absoluta, deve concordar também que alguém precisa custeá-lo.

Você tem direito à sua propriedade privada, bem como à liberdade de gastar seu dinheiro da forma que quiser; são direitos que o liberalismo defende desde sempre, no entanto, o contrato social não é fonte somente de direitos mas também de deveres e pagar impostos é um dever. No momento em que aceitamos viver em sociedade e aceitamos que o estado é necessário para mantê-la, estamos também aceitando pagar o preço por isso. 

Outra falácia é dizer que somos obrigados a pagar impostos. Você é completamente livre para ir embora do país e procurar algum lugar da Terra onde a sociedade aceite acolhê-lo sem cobrar nada por isso; o imposto é somente o preço que você paga para ter um estado, se você não quer ter estado, ótimo, saia dos domínios do estado, você é livre pra isso.

Aliás, isso não seria nada diferente numa sociedade anarcocapitalista. Nela todas as porções de terra seriam divididas em propriedades privadas. Os donos dessas propriedades, tendo o direito de fazer com elas o que quisessem, seriam totalmente livres para cobrar um preço, uma forma de "estadia", de quem vive nelas. Qual a diferença disso para o imposto? Nenhuma.

Outro exemplo de dever que a sociedade impõe, apenas para mostrar a seriedade desse assunto, é o de cuidar dos filhos. Você não é obrigado a ter filhos, mas uma vez que eles nascem, você tem o dever de cuidar deles até que eles se tornem auto-suficientes. Mesmo que você não queira, você é obrigado a cuidar dos seus filhos, ou seja, você não tem liberdade para escolher ignorá-los ou abandoná-los. Para um anarcocapitalista porém, não existem deveres. Eles encaram os filhos como propriedade privada dos pais, o que significa que, se um pai quiser deixar seu filho morrer de fome, ele tem direito de fazê-lo. É justamente isso que Murray Rothbard defendia, por exemplo.

Se você porém não concorda com essa visão doentia e sociopata, não se identifica com o anarquismo individualista, não quer se ver sequer associado à pessoas com tal pensamento e se considera apenas um liberal à moda clássica, seja coerente e pare de repetir essa sandice de que imposto é roubo."

Fonte

 

3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, lonewolf disse:

Se for literalmente analisar o que significa, imposto não é roubo, se for só isso não tem nem motivo para prosseguir com o tópico. Mas deixando o lado literal, a pergunta deixa bastante margem para especular o que achamos,

Mas em resumo imposto é:

- outros pegarem seu dinheiro para gastarem com coisas que você não terá nenhum poder de decisão. :D Parece um pouco com o cara que abate carteira na rua.

- Se você se negar ou tentar não dar o dinheiro que acham que você deve dar, você será punido. Se assemelha com o vagabundo que diz: o dinheiro ou a vida. :P

 

 

Mais uma vez vc abre margem para a pergunta: qual a outra alternativa ? 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, lonewolf disse:

Mas em resumo imposto é:

- outros pegarem seu dinheiro para gastarem com coisas que você não terá nenhum poder de decisão. :D Parece um pouco com o cara que abate carteira na rua.

- Se você se negar ou tentar não dar o dinheiro que acham que você deve dar, você será punido. Se assemelha com o vagabundo que diz: o dinheiro ou a vida. :P

Concordo com o wolf,

O imposto literalmente não é roubo, mas o que se faz com uma parte desse dinheiro tecnicamente é,

Diversos hospitais, creches, parques, postos de saúde, entre outros estabelecimentos que NÃO deveriam estar quebrados estão.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aqui no Brasil é roubo...Roubo oficial...

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, Russell disse:

Mais uma vez vc abre margem para a pergunta: qual a outra alternativa ? 

Aproveitando para responder a @Brienne of Tarth também.

Não há, mas se dissesse só que não é roubo acaba o tópico. :D

Ele literalmente não é roubo falando de maneira genérica e objetiva. Mas tratando de nosso caso, é um dos maiores do mundo, o menos fiscalizado, e o que é pior empregado.

Medindo o custo benefício do que é cobrado e o que é oferecido foge do que podemos chamar de valor justo, se houvesse o bom emprego do que é arrecadado a maioria pagaria sem reclamar. 

Quem conhece a curba de laffer sabe que passado de uma certa porcentagem o imposto irá causar o declínio da economia como um todo. 

Vai causar sonegação, evasão de divisas e investidores. O imposto então se não moderado irá causar mais estragos do que benefícios.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 minutos atrás, cajuu disse:

Concordo com o wolf,

O imposto literalmente não é roubo, mas o que se faz com uma parte desse dinheiro tecnicamente é,

Diversos hospitais, creches, parques, postos de saúde, entre outros estabelecimentos que NÃO deveriam estar quebrados estão.

Mas isso é CRIME e deveria ser hediondo na minha opinião. Aí adentramos num outro assunto, pelo menos num sub-assunto relativo ao tema principal, mas não é a pergunta do tópico. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, lonewolf disse:

 

Ele literalmente não é roubo falando de maneira genérica e objetiva.

Minha resposta para a pergunta do tópico é exatamente esta acima. De resto concordo com vc, mas lembrando que é crime gravíssimo roubar a nação, é um outro assunto. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma vez concluído que imposto não é roubo coisa nenhuma e é a única forma de se viver em sociedades organizadas, pode-se aí migrar o assunto para os detalhes específicos em torno dele, o que naturalmente gera muitas polêmicas uma vez que adentramos em noções distintas de prioridades e na aceitação ou não aceitação sobre onde e como devem ser aplicados nas sociedades.  

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem impostos que concordamos que devam existir, outros são altamente questionáveis.

Se aprovou um imposto para a Ancine sobre vídeos monetizados na internet. se fizer uma uma publicidade para rodar no youtube ou vimeo, você tem que cadastrar todas as informações deste material na ancine e pagar uma taxa. A arrecadação será destinada a produção cinematográfica nacional, que vai na realidade financiar uma panelinha de diretores e artistas. Asfixiando pequenos produtores que fazem conteúdo para o youtube e ganham algo com esses anúncios.

Em outros países, produtoras assumem o risco da comercialização dos filmes e não necessitam da ajuda do estado, que irá escolher o que financiar independente do resultado e do mercado.

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que o essencial seria simplificar ao máximo, já coloquei em outro tópico, temos por volta de 90 tarifas no brasil -> http://www.portaltributario.com.br/tributos.htm

E o valor dos impostos é absurdo:

Pelo que disse no vídeo, o ipva lá é por peso do carro e não pelo valor dele. 

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Exatamente, é por aí mesmo e o nosso Brasil é pornográfico quando o assunto é imposto (cobrança e retorno). 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A questão real é justamente essa: a utilização desses recursos.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
28 minutos atrás, Russell disse:

Mas isso é CRIME e deveria ser hediondo na minha opinião. Aí adentramos num outro assunto, pelo menos num sub-assunto relativo ao tema principal, mas não é a pergunta do tópico.

Tecnicamente não há como responder esse assunto tão amplo com apenas um ''Sim'' ou ''Não", analogamente vai se adentrar aos sub-assuntos como você mesmo disse :P

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, cajuu disse:

analogamente vai se adentrar aos sub-assuntos como você mesmo disse :P

O termo que melhor cairia para os impostos brasileiros seria estelionato, se recolhe o dinheiro para uma finalidade que não é de longe efetuada. Fora as destinações esdruxulas, manobristas e engraxates da camâra de sp chegaram a tirar de R$ 9.000 a R$ 15.000 mil por mês, acho que nem um bombeiro que arrisca a vida ganha tanto. Foi algo aprovado, não é ilegal, mas que da vontade de chamar de roubo dá. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Imposto é roubo.

Meu dinheiro é tomado de mim e gasto para atender outros interesses que não os meus, sim, isso é roubo, puro e simples.

É necessário para viver em sociedade? Qual a alternativa? 

Independente das respostas a essas perguntas não muda o fato de que imposto é roubo, a única diferença é que ao contrário do praticado pelo ladrão civil é que esse não é considerado crime por razões óbvias.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Independente das respostas?? Ora, a resposta para a pergunta "qual a alternativa" é crucial para a concordância sobre imposto ser um roubo. Se existir uma alternativa real e que não seja utópica, aí é roubo sim. 

Suponhamos que vc more num condomínio de 100 apts e exista uma forma mágica de tudo funcionar e ser pago sem a necessidade da existência da taxa condominial, certamente se quisessem lhe cobrar tal taxa de fato seria roubo. 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, cajuu disse:

Tecnicamente não há como responder esse assunto tão amplo com apenas um ''Sim'' ou ''Não", analogamente vai se adentrar aos sub-assuntos como você mesmo disse :P

Discordo. Eu acho que há sim como responder e eu respondo com um "não". Não é roubo. A partir daí dá pra iniciar uma discussão sem fim sobre os "pormenores" relativos ao assunto, como quem, como, de que forma, quais as prioridades, taxação, incidências, isenções, penalidades, etc. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

As sociedades humanas sempre foram formadas por exploradores (ladrões, escravagistas, parasitas) e explorados (as vítimas deles), o grau dessa exploração pode variar de acordo com o lugar e a época, é bem melhor ser um contribuinte no Canadá do que ser um escravo na Idade Media, mas é sempre uma exploração, seja pela imposição dos trabalhos forçados ou impostos sob a população dominada, o fato de não existir alternativa real que não seja utópica não altera a natureza da exploração (escravidão e/ou roubo).

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Brienne of Tarth disse:

1. Imposto é Roubo

"Tudo bem, você pode até usar esse argumento se você quiser, mas saiba que se trata de um argumento anarquista e não liberal .Se você assume que a existência do estado é uma necessidade absoluta, deve concordar também que alguém precisa custeá-lo."

O fim dos impostos e do ESTADO é tão utópico quanto o comunismo, o fim das cla$$es e dos países. :P

Mas de ilusão tbm se vive, hehe. Imaginação na caixa: :D

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora