lonewolf

Argumento contra o desarmamento

147 posts neste tópico

28 minutos atrás, Russell disse:

A menos que se puna como nos EUA, onde há mais armas e, ao contrário daqui, menos mortes. Coincidência?? Claro que não, tanto no exemplo das armas como nos acidentes com motoristas bêbados a resposta para a questão é pra lá de óbvia. 

E outra coisa, deve haver pressão para uma mudança. Pois se você reparar, muitos não querem penas mais pesadas, não querem maioridade penal para crimes violentos, não querem que o cidadão possa se defender em um pais caótico, não propõe nada além do chavão mais educação de qualidade e mais estrutura. 

Algo que vem sido dito a décadas, e quando for levado a sério vai levar muitas outras décadas para ser implementado e alcançar resultados.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A questão desarmamento acaba  por acabar  na questão violência, leis, justiça e cadeia.

E de novo  volto a perguntar: porque a sociedade é obrigada a tratar bem  aqueles que se declaram e agem como inimigos dela?

Pode ser muito bunitinho, fofinho e rastaquera aquele papinho de "direitos humanos" mas convenhamos que um ser  que mata os pais ou filhos  por motivos torpes ou latrocínio à troco de celular ou a troco de qualquer coisa definitivamente não é um membro da sociedade - embora  seja humano (com restrições) e em não sendo membro da sociedade e sim inimigo dela e mesmo tendo certa similaridade com humanos, deve ser eliminado ou neutralizado de forma eficiente e em casos de reincidência, de forma definitiva.

Estamos numa situação de vulnerabilidade tamanha que não dá para ser bonzinho.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
52 minutos atrás, lonewolf disse:

Aonde aleguei que seria qualquer menor? Penas maiores para crimes maiores, por isso citei assassinato ou estupro. Sua alegação de que todos iriam pegar 20 anos não tem nenhuma defesa lógica.

Você fez uma comparação com um número arbitrário que não reflete a realidade de crimes comuns. Crimes de menor teor ofensivo obviamente são a maioria e não crimes que levem a uma pena de 20 anos, levando em conta que ainda existem redução de pena.

Trabalhe sua ideia pra que eu possa entender melhor então. Eu estou discutindo um ponto e você já vem jogando outro em cima.

Eu ainda tenho que dizer que a questão dos vinte anos foi um elemento utilizado em um exemplo? 

Já está fazendo interpretações paralelas do assunto pra criar cavalos de batalha e desvirtuar a discussão. O ponto central é a pena final e a hipótese de regeneração, a questão do ato entra a parte. Eu já disse que estou trabalhando a minha ideia com o número final de determinada pena, no caso do meu exemplo, foi vinte a trinta anos, o que o delinquente fez deve ser analisado a parte.

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 minutos atrás, DSD disse:

Trabalhe sua ideia pra que eu possa entender melhor então. Eu estou discutindo um ponto e você já vem jogando outro em cima.

Eu ainda tenho que dizer que a questão dos vinte anos foi um elemento utilizado em um exemplo? 

Sim, foi um péssimo exemplo os 20 anos, que deu a entender que isso de alguma forma seria aplicado a maioria. Alias se não me engano foi você que colocou essa questão das penas para menores.

Mas trabalhando melhor o conceito, as crianças e adolescentes cientes que seus atos saem impunes independente do que façam, estarão mais propensas a trilhar um caminho que traga ganhos rápidos.

15 minutos atrás, DSD disse:

Já está fazendo interpretações paralelas do assunto pra criar cavalos de batalha e desvirtuar a discussão. O ponto central é a pena final e a hipótese de regeneração, a questão do ato entra a parte. Eu já disse que estou trabalhando a minha ideia com o número final de determinada pena, no caso do meu exemplo, foi vinte a trinta anos, o que o delinquente fez deve ser analisado a parte.

Penal final para o que? Crimes diferentes precisam de penas diferentes. Tratar todos os casos do mesmo jeito não é pensar de forma adequada. E pegou os casos menos comuns, que pegariam penas mais pesadas, e deveriam realmente pegar. Se alguém mata e estupra sua regeneração é a última preocupação, a primeira é a resposta a sociedade e as vitimas.

Pena para furto é de 5 anos, que é o mais comum, com todos os benefícios não ficaria nem 2 se não pegasse uma pena alternativa. Esse deveria ser o número que você poderia trabalhar.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
32 minutos atrás, Brancaleone J disse:

A questão desarmamento acaba  por acabar  na questão violência, leis, justiça e cadeia.

E de novo  volto a perguntar: porque a sociedade é obrigada a tratar bem  aqueles que se declaram e agem como inimigos dela?

Alguma pressão tem que haver, não existe proteção, não existe punição e você tem que esperar décadas até que um grupelho de aproveitadores consiga aprovar medidas que irão tornar o brasil o pais da educação de qualidade que irá resolver tudo, até lá fique a merce dos criminosos.

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
22 minutos atrás, lonewolf disse:

Sim, foi um péssimo exemplo os 20 anos, que deu a entender que isso de alguma forma seria aplicado a maioria. Alias se não me engano foi você que colocou essa questão das penas para menores.

Mas trabalhando melhor o conceito, as crianças e adolescentes cientes que seus atos saem impunes independente do que façam, estarão mais propensas a trilhar um caminho que traga ganhos rápidos.

Ta bom, parei por aqui. Acredito eu que fui bem claro nos exemplos, você usa interpretações que "deixaram a entender" pra poder sustentar o argumento de que tudo que eu estou dizendo não faz sentido e não se sustenta, cansei de ficar esmiuçando a minha opinião. Se quer mostrar que minha opinião é incoerente contraponha diretamente ao meu argumento ou se ficou confuso pelo menos faça um favor de pedir mais explicações sobre o mesmo, não fique criando cavalos de batalha encima do que "deixa a entender" depois de eu ter explicado mil vezes a mesma coisa.

 

32 minutos atrás, lonewolf disse:

Penal final para o que? Crimes diferentes precisam de penas diferentes. Tratar todos os casos do mesmo jeito não é pensar de forma adequada. E pegou os casos menos comuns, que pegariam penas mais pesadas, e deveriam realmente pegar. Se alguém mata e estupra sua regeneração é a última preocupação, a primeira é a resposta a sociedade e as vitimas.

Pena para furto é de 5 anos, que é o mais comum, com todos os benefícios não ficaria nem 2 se não pegasse uma pena alternativa. Esse deveria ser o número que você poderia trabalhar.

Pena final do julgamento de determinada ação, isso não quer dizer que toda pena vai ter vinte anos, é tão difícil assim entender? Você tira interpretações paralelas do assunto base, mas não consegue entender o mínimo? Caramba desisto, nem quero ler o resto.

 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
54 minutos atrás, lonewolf disse:

até lá fique a merce dos criminosos.

 

Olha, até que ficar à mercê de criminosos dá para dar uma contornada, pelo menos aqui em casa.

O que eu não aguento mesmo é o papo imbecil dos que acham que merecemos sermos assaltados por que "ostentamos" o que temos ou porque o filha da puta do bandido é uma vítima "da desigualdade social" ou porque o pai do bandido é  viciado e a mãe é puta. Isso é pior que ser assaltado!

Claro que o babaca que escreve estas merdas nunca teve uma arma esfregada na cara por um bandidinho de 15 anos...

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
23 minutos atrás, DSD disse:

 ou se ficou confuso pelo menos faça um favor de pedir mais explicações sobre o mesmo, não fique criando cavalos de batalha encima do que "deixa a entender" depois de eu ter explicado mil vezes a mesma coisa.

 

Em 16/10/2017 at 12:33, DSD disse:

Digamos que um menino de doze anos pegue trinta anos de prisão, ele vai para o presídio e se alia a uma facção criminosa e como não irá sair de lá por muito tempo, acaba ajudando a sustentar o controle das facções na cadeia, depois de muito tempo, sai e continua a trabalhar para as facções. Vamos imaginar um mundo mágico onde o sistema prisional brasileiro funciona minimamente bem no estilo ianque? Vamos! O garoto vai com doze anos pra cadeia, fica lá dentro sem atingir ninguém, mas sendo uma dívida perpétua pro estado, não seria melhor dar uma punição para o menor de forma que seja eficaz e o ajudar a se reintegrar na sociedade, para que possa trabalhar e gerar menos dívida para o estado? Não estou dizendo para dar um tapa na cara do garoto e dizer pra ele não fazer mais, estou dizendo que é uma criança, tem muito do que viver, e como não estamos levando a pena de morte em consideração, ela irá gerar uma dívida perpétua na cadeia, é mais vantajoso puni-la durante alguns anos e trabalhar a sua reintegração na sociedade.

Essa foi sua alegação, pegou um exemplo aleatório de um garoto de 12 anos que pegou 30 anos de prisão, sabe-se la porque, e transporta ele para o cenário brasileiro aonde isso não acontece pois praticamente ninguém realmente fica 30 anos preso no brasil.

Dai usa o suposto gasto com a prisão de alguns que cometeram um crime grave para defender uma pena mais leve (que já é muito leve aqui) visando a recuperação, o que não faz sentido.

Você pegou uma situação que hipotética, crianças presas 30 anos, e colocou com outra situação muitíssimo rara, pessoas realmente cumprirem 30 anos no brasil. Mas confuso impossível.

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 minutos atrás, Brancaleone J disse:

Claro que o babaca que escreve estas merdas nunca teve uma arma esfregada na cara por um bandidinho de 15 anos...

E eles sabem que nada acontece, numa padaria lá no rj, aconteceu de um colega comer um salgado com larva, fui lá com ele para gravar a situação da padaria para fazer uma denuncia. Tinha um moleque de 14 anos atendendo junto com o irmão, comecei a gravar ele também, ai ele falou algo que suou como uma ameaça, e perguntei se era. Ai ele disse: "É o que você entendeu, faço o que o quiser e não dá nada pra mim". Ou seja, essa frouxidão das é mais capaz de tornar alguém bandido do que qualquer outra coisa.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 minutos atrás, Brancaleone J disse:

O que eu não aguento mesmo é o papo imbecil dos que acham que merecemos sermos assaltados por que "ostentamos" o que temos ou porque o filha da puta do bandido é uma vítima "da desigualdade social" ou porque o pai do bandido é  viciado e a mãe é puta. Isso é pior que ser assaltado!

Esse é o discurso da Deputada Maria do Rosário, a mãe de todos os bandidos brasileiros... 

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A desigualdade social, leva também a esses problemas de violência, isso é fato, mas por conta disso deixar a população, os cidadãos de bem que também sofreram desigualdade social também e que deram a volta por cima das dificuldades, trabalhando, batalhando, pagando seus impostos com sacrifícios dos seus familiares, ficar a mercê de bandidos sem a proteção do Estado e com a conivência com bandidos de representantes do povo como essa Deputada Maria do Rosário, juntamente com Leis da década de 40,  é para acabar de vez com a dignidade de quem é correto, trabalhador, contribuinte....

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 minutos atrás, Renato disse:

Esse é o discurso da Deputada Maria do Rosário, a mãe de todos os bandidos brasileiros... 

 

não que ela não defenda o "direito dos mano", mas neste caso específico foi uma montagem que estava correndo na internet, essa alegação foi fabricada.

Mas olha essa recomendação de uma palestrante dos "direito dos manos".

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, lonewolf disse:

Essa foi sua alegação, pegou um exemplo aleatório de um garoto de 12 anos que pegou 30 anos de prisão, sabe-se la porque, e transporta ele para o cenário brasileiro aonde isso não acontece pois praticamente ninguém realmente fica 30 anos preso no brasil.

Dai usa o suposto gasto com a prisão de alguns que cometeram um crime grave para defender uma pena mais leve (que já é muito leve aqui) visando a recuperação, o que não faz sentido.

Você pegou uma situação que hipotética, crianças presas 30 anos, e colocou com outra situação muitíssimo rara, pessoas realmente cumprirem 30 anos no brasil. Mas confuso impossível.

Nossa, percebi o quanto estou errado agora, obrigado por abrir meus olhos. Não voltarei a lhe encher com meus argumentos comunistas idiotas.

                                                                    FZXd77t.png

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, DSD disse:

Nossa, percebi o quanto estou errado agora, obrigado por abrir meus olhos. Não voltarei a lhe encher com meus argumentos comunistas idiotas.

Eu disse confuso, se você prefere comunista idiota quem sou eu para discordar. :lol: 

Só não me diga que fez seu próprio selo de sarcasmo para essas ocasiões? Impressionante, meus parabéns.

2uEgUn8.gif

 

 

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, lonewolf disse:

Só não me diga que fez seu próprio selo de sarcasmo para essas ocasiões? Impressionante, meus parabéns.

Não fiz, peguei a imagem de um site que vende camisetas. Pelo visto caiu muito bem, vou "oficializar".

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 minutos atrás, DSD disse:

Não fiz, peguei a imagem de um site que vende camisetas. Pelo visto caiu muito bem, vou "oficializar".

Oficializa sim, sarcasmo e café fazem a vida valer a pena também. :D

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, DSD disse:

argumentos comunistas idiotas.

argumentos comunistas idiotas.

Redundância.

Se é argumento comunista é argumento idiota.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vc toparia que as leis mudassem, Branca ? 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@lonewolf Respeito sua inteligência, por isso sei que você percebe a diferença entre adultos malucos e um adolescente que só extravasou sua violência por ter acesso à arma da "mãe", por sinal uma arma restrita a policiais.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 minutos atrás, Ypatia de Alexandria disse:

@lonewolf Respeito sua inteligência, por isso sei que você percebe a diferença entre adultos malucos e um adolescente que só extravasou sua violência por ter acesso à arma da "mãe", por sinal uma arma restrita a policiais.

E eu respeito a sua em saber que poderia ser outra arma qualquer não registrada como era o caso do assassino de realengo. Adultos malucos, adolescentes com problemas emocionais, gente que vai usar qualquer meio para alcançar seus objetivos, não é um a proibição que limita a capacidade de matar.

Portanto se não fosse a arma da mãe, outros meios iram ser usados. Você pode colocar qualquer noticia que ache relevante, mas já é de conhecimento que humanos irão matar humanos, com armas legais e ilegais, com alcool, com facas, com carros, etc... Isso não é um argumento uma vez que o desarmamento não previne que ninguém consiga uma arma para fazer mal uso dela.

Citar

Louvis responde por comércio ilegal de arma de fogo e está preso desde 14 de abril. Os advogados de defesa alegaram que o acusado tem residência fixa e não representaria perigo para a sociedade, mas o Ministério Público sustentou que é grave o crime do qual o ex-segurança é suspeito.

Louvis teria sido colega de trabalho de Wellington num frigorífico, em Jacarepaguá. O chaveiro Charleston de Souza de Lucena, de 38 anos, e o vigia Izaías de Souza, de 48 anos, que teriam intermediado a venda de outro revólver, calibre 32, também foram presos e indiciados por comércio ilegal de arma de fogo.



Leia mais: https://oglobo.globo.com/rio/suspeito-de-vender-arma-assassino-de-realengo-tem-pedido-de-liberdade-negado-2874817#ixzz4w5lSS3Uh 
stest 

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora