lonewolf

Argumento contra o desarmamento

147 posts neste tópico

Tenho armas. Gosto de armas.

Desde os 12, 13 anos manuseio armas.

Por anos tive porte legal. Depois da cretinice babaca do desarmamento ficou praticamente impossível manter o porte. Hoje só consigo ter a posse.

Do mesmo modo que carros não matam pessoas, armas não matam pessoas. Gasolina não mata crianças, mas gente jogando gasolina em crianças mata crianças.

Morrem mais pessoa em acidentes nas estradas nos feriadões  que no atentado em las vegas.  Acidentes causados por bêbados e filhas da puta irresponsáveis.

Pensem nisso.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
12 minutos atrás, Brancaleone J disse:

Tenho armas. Gosto de armas.

Desde os 12, 13 anos manuseio armas.

Por anos tive porte legal. Depois da cretinice babaca do desarmamento ficou praticamente impossível manter o porte. Hoje só consigo ter a posse.

Do mesmo modo que carros não matam pessoas, armas não matam pessoas. Gasolina não mata crianças, mas gente jogando gasolina em crianças mata crianças.

Morrem mais pessoa em acidentes nas estradas nos feriadões  que no atentado em las vegas.  Acidentes causados por bêbados e filhas da puta irresponsáveis.

Pensem nisso.

É ISSO, É ISSO, É ISSO...

Armas não matam, o q mata é gente!!! 

Malditos humanos. :angry:

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

man-looted-at-gunpoint-1472551557-5470.j

Quem aperta o gatilho não diz q vai dar o tiro. :P

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@DSD, como assim a punição severa sobre quem mata futilmente não tem nada a ver? Tem sim. Ora, os EUA são um exemplo. Ou vc acha que o número de mortes por arma de fogo no empire é muiiiiiito menor do que aqui só porque os ianques são irmãos dos ursinhos carinhosos ? 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Discussão cansativa essa de vcs. Armas nas mãos de brasileiros do jeito que a lei e o CP são frouxos e ridículos é a mesma coisa que dar uma metralharora com um pente (carregador) sem fim de munição na mão de um macaco. 

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 minutos atrás, Russell disse:

@DSD, como assim a punição severa sobre quem mata futilmente não tem nada a ver? Tem sim. Ora, os EUA são um exemplo. Ou vc acha que o número de mortes por arma de fogo no empire é muiiiiiito menor do que aqui só porque os ianques são irmãos dos ursinhos carinhosos ? 

Desculpe, não entendi, quando eu disse que não tem nada haver?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sobre o argumento da “faca” também ser uma arma disponível, no Brasil (e acho que na maioria dos países) 100% da população tem acesso e possuí facas de vários modelos, tamanhos e poder de letalidade distintos. Considerando o argumento de que quem quer matar o faz de qualquer jeito usando qualquer arma, deveríamos, então, ter um número de assassinatos incrivelmente maior por uso de facas uma vez que esta arma está disponível para 100% da população, no entanto eu andei pesquisando e esse número é pífio perto das mortes por arma de fogo, sendo que as armas de fogo são bem restritas à esta mesma população. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 12/10/2017 at 00:37, DSD disse:

Outro argumento bobo é o da liberdade, " Ah mas quem faz o mal uso será penalizado" e quem termina morrendo?

Eu entendi esse seu comentário como uma forma de criticar que a severidade das penas são irrelevantes. Se entendi errado, me desculpe. Para mim é condição sine qua non

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 minutos atrás, Russell disse:

Discussão cansativa essa de vcs. Armas nas mãos de brasileiros do jeito que a lei e o CP são frouxos e ridículos é a mesma coisa que dar uma metralhadora com um pente (carregador) sem fim de munição na mão de um macaco. 

:D

 

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
21 minutos atrás, Russell disse:

Sobre o argumento da “faca” também ser uma arma disponível, no Brasil (e acho que na maioria dos países) 100% da população tem acesso e possuí facas de vários modelos, tamanhos e poder de letalidade distintos. Considerando o argumento de que quem quer matar o faz de qualquer jeito usando qualquer arma, deveríamos, então, ter um número de assassinatos incrivelmente maior por uso de facas uma vez que esta arma está disponível para 100% da população, no entanto eu andei pesquisando e esse número é pífio perto das mortes por arma de fogo, sendo que as armas de fogo são bem restritas à esta mesma população. 

A preocupação de mortes por armas de fogo, é por brigas cotidianas, aonde um vizinho por exemplo numa discussão irá sacar ou buscar uma arma para matar alguém. Isso acontece e já existe um registro disso por mortes com armas brancas e até mesmo com armas de fogo num pais aonde elas são proibidas. 

Citar

Considerando o argumento de que quem quer matar o faz de qualquer jeito usando qualquer arma, deveríamos, então, ter um número de assassinatos incrivelmente maior por uso de facas uma vez que esta arma está disponível para 100% da população,

Em alguns estados é por armas brancas:

https://exame.abril.com.br/brasil/estados-mais-mortes-por-armas-branca-armas-de-fogo/

Mas independente disso, quem comete um crime deve ser responsabilizado por isso, independente do objeto utilizado. A probabilidade de ocorrer mortes por motivos banais cometidos por gente destemperada é a praticamente a mesma, ela não irá aumentar só pelo porte.

Concordo é o maior problema é só a frouxidão da lei, pois do contrário é difícil acreditar que somos mais bárbaros que a séculos atrás. 

O objetivo do desarmamento era conseguir diminuir a violência e mortes por armas de fogo, o que não foi de longe alcançado, além de não ter nenhum tipo de amparo segurança para o cidadão que não pode contratar segurança particular, ter carro blindado ou se trancar em um condomínio. Então os outros argumentos entram na linha do o que poderia acontecer em contraste do que está atualmente acontecendo.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, Russell disse:

Eu entendi esse seu comentário como uma forma de criticar que a severidade das penas são irrelevantes. Se entendi errado, me desculpe. Para mim é condição sine qua non

Os efeitos do porte de armas muitas vezes não são suprimidos apenas nos indivíduos que escolheram portar a arma ou se envolver em determinado conflito armado, a punição do algoz não anula o efeito nos vitimados, a punição está independente dessa condição, não tem aumento nem diminuição em sua relevância final.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
25 minutos atrás, Russell disse:

Ou vc acha que o número de mortes por arma de fogo no empire é muiiiiiito menor do que aqui só porque os ianques são irmãos dos ursinhos carinhosos

Mas, eles são! Eles pagam bem para as suas faxineiras só por amor e bondade! :P 

 

24 minutos atrás, Russell disse:

Armas nas mãos de brasileiros do jeito que a lei e o CP são frouxos e ridículos é a mesma coisa que dar uma metralharora com um pente (carregador) sem fim de munição na mão de um macaco. 

Os macacos de metralhadora já estão soltos por aí.

Pensando bem, eu retiro a parte dos macacos. Vai que alguém se ofende :P

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Milagre disse:

Os macacos de metralhadora já estão soltos por aí.

:o

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Citar

Outro argumento bobo é o da liberdade, " Ah mas quem faz o mal uso será penalizado" e quem termina morrendo?

É um argumento tão bobo quanto alegar que proibindo armas de fogo menos pessoas irão ser vitimas delas em qualquer país. O que os números obviamente não apoiam aqui.

Ou que quem tem que cuidar da segurança do cidadão é o estado, e o estado muitas vezes não consegue nem colocar combustível nas viaturas ou manter por muito tempo alguém preso.

Analisando do jeito certo qualquer argumento é bobo.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
25 minutos atrás, lonewolf disse:

É um argumento tão bobo quanto alegar que proibindo armas de fogo menos pessoas irão ser vitimas delas em qualquer país. O que os números obviamente não apoiam aqui.

Dependendo no nível de criminalidade e a estruturação dos órgãos de segurança pode sim ser diminuída.

Bacana é que esses "números" são feitos em países em que a criminalidade é baixíssima e a segurança é muito bem organizada, aí é mole querer colocar uma arma na mão do cidadão pra ele ter uma ilusão de segurança. Quero ver fazer isso aqui, onde facções criminosas governam favelas e municípios precários onde a grande parte da população está na miséria e outra na classe média baixa.

 

25 minutos atrás, lonewolf disse:

Ou que quem tem que cuidar da segurança do cidadão é o estado, e o estado muitas vezes não consegue nem colocar combustível nas viaturas ou manter por muito tempo alguém preso.

Quem deve presar pela segurança é o estado, a segurança em si não é falha, está mal estruturada e falida. Deve haver plena estruturação dos órgãos de segurança antes de pensar em considerar colocar uma arma na mão de um cidadão.

 

25 minutos atrás, lonewolf disse:

Analisando do jeito certo qualquer argumento é bobo.

É tudo uma questão de perspectiva, cabe a cada um saber qual é mais adaptável com seus conhecimentos gerais.

Editado por DSD
1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, DSD disse:

Bacana é que esses "números" são feitos em países em que a criminalidade é baixíssima e a segurança é muito bem organizada, aí é mole querer colocar uma arma na mão do cidadão pra ele ter uma ilusão de segurança. Quero ver fazer isso aqui, onde facções criminosas governam favelas e municípios precários onde a grande parte da população está na miséria e outra na classe média baixa.

 

Sim sempre é fácil pegar a realidade que funciona em outro lugar e querer aplicar em outro que não tem muito haver. Isso serve para qualquer lado. Mas estamos falando dos números aqui antes e depois do desarmamento.

3 minutos atrás, DSD disse:

Quem deve presar pela segurança é o estado, a segurança em si não é falha, está mal estruturada e falida. Deve haver plena estruturação dos órgãos de segurança antes de pensar em considerar colocar uma arma na mão de um cidadão.

O estado deveria ter estrutura, o estado deveria punir quem comete crimes, o estado deveria fazer um monte de coisas que não faz. Além de não fazer, ele acha que eu tenho que esperar ele resolver os problemas para que eu tenha o direito de me defender por ele não fazer o que deveria.

5 minutos atrás, DSD disse:

É tudo uma questão de perspectiva, cabe a cada um saber qual é mais adaptável com seus conhecimentos gerais.

Claro, a bobeira é democrática. :lol:

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, lonewolf disse:

Sim sempre é fácil pegar a realidade que funciona em outro lugar e querer aplicar em outro que não tem muito haver. Isso serve para qualquer lado. Mas estamos falando dos números aqui antes e depois do desarmamento.

Os números devem ser feitos aqui, considerando os fatores daqui e os fatores que serão acarretados aqui. Aqui no Brasil existe uma mania de ver as coisas funcionando lá fora e querer aplicar aqui dentro como se uma peça de quebra cabeça servisse pra formar qualquer imagem, ninguém lembra que essas coisas são feitas sendo adaptadas aos fatores culturais e executivos de cada local.

 

7 minutos atrás, lonewolf disse:

O estado deveria ter estrutura, o estado deveria punir quem comete crimes, o estado deveria fazer um monte de coisas que não faz. Além de não fazer, ele acha que eu tenho que esperar ele resolver os problemas para que eu tenha o direito de me defender por ele não fazer o que deveria.

Democracia representativa direciona o poder da escolha de representantes para a população, o estado é composto por pessoas escolhidas pelo povo, se o povo não aprender a escolher direto e cobrar desses representantes, tudo vai continuar assim, o povo esperando, o estado jogando migalhas, e tempos em tempos entra um novo fantoche pra jogar mais ou menos migalhas e atender aos interesses do partido. Infelizmente vai continuar assim, já que tem gente para querer votar em pessoas que estão sendo acusadas de inúmeros crimes, como o Lula ou fantoches eminentes dos empresários como Fernando Henrique.

 

 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, DSD disse:

Democracia representativa direciona o poder da escolha de representantes para a população,

Interessante sempre lembrar que houve o plebiscito popular sobre o assunto e a resultado foi simplesmente desconsiderado e o desarmamento foi aprovado do mesmo modo.

5 minutos atrás, DSD disse:

Aqui no Brasil existe uma mania de ver as coisas funcionando lá fora e querer aplicar aqui dentro como se uma peça de quebra cabeça servisse pra formar qualquer imagem, ninguém lembra que essas coisas são feitas sendo adaptadas aos fatores culturais e executivos de cada local.

Isso vale para ambos os lados.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, lonewolf disse:

Interessante sempre lembrar que houve o plebiscito popular sobre o assunto e a resultado foi simplesmente desconsiderado e o desarmamento foi aprovado do mesmo modo.

Isso é causado justamente pelo fator da falta de cobrança e sensatez da população. Um exemplo: Político que é acusado de cometer inúmeros crimes deveria ser completamente repudiado pela população e consequentemente o partido o afastaria para para tentar impedir que sua imagem suja seja refletida em sua sigla, mas ao invés disso muitos o aplaudem porque ele melhorou consideravelmente as condições de vivencia dessas pessoas e querem elege-lo novamente, isso faz com que o partido o abrace e comece a apoiá-lo também, e isso cria uma relação de corrupção muito grande, pois os políticos aprendem que se jogarem migalhas a população vai aplaudi-los, e isso vai se tornando uma bola de neve até chegar a um ponto calamitoso onde cada um faz o que bem entende e rouba como bem entende.

 

15 minutos atrás, lonewolf disse:

Isso vale para ambos os lados.

Vale sim, não brigo para defender uma ideologia de forma sólida, eu defendo o que acho mais coerente, e isso varia, se em algum momento eu ver mais sensatez no armamento, irei apoia-lo.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, Russell disse:

Sobre o argumento da “faca” também ser uma arma disponível, no Brasil (e acho que na maioria dos países) 100% da população tem acesso e possuí facas de vários modelos, tamanhos e poder de letalidade distintos. Considerando o argumento de que quem quer matar o faz de qualquer jeito usando qualquer arma, deveríamos, então, ter um número de assassinatos incrivelmente maior por uso de facas uma vez que esta arma está disponível para 100% da população, no entanto eu andei pesquisando e esse número é pífio perto das mortes por arma de fogo, sendo que as armas de fogo são bem restritas à esta mesma população. 

Concordo! como eu já disse, é difícil matar com faca, geralmente termina em ferimento. Minha cidade não é uma das mais violentas do Brasil, mas todo fim de semana tem pelo menos uns três casos de briga com faca, geralmente em bares ou em discussões familiares. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
22 horas atrás, Brancaleone J disse:

Do mesmo modo que carros não matam pessoas, armas não matam pessoas. Gasolina não mata crianças, mas gente jogando gasolina em crianças mata crianças.

Pois é. Mas a arma tem como finalidade matar ou ferir. Não tem nenhuma outra utilidade prática ou motivo de existência. Um carro não é feito com essa finalidade (nem a gasolina). 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

De que desarmamento estamos falando? No Brasil mata-se mais gente por ano do que a guerra na Síria.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Ypatia de Alexandria disse:

Um carro não é feito com essa finalidade (nem a gasolina). 

É... Mas se mata mais gente com carro que com armas...

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Ypatia de Alexandria disse:

Mas a arma tem como finalidade matar ou ferir

E nessa interpretação reside todo o erro.

Voce pode atirar na sua  esposa, matá-la e ser condenado por homicídio doloso PORQUE FOI PRATICADO COM UMA ARMA.

Mas se voce der uma pancada na cabeça dela, depois estende-la no chão da garagem e passar com o carro por cima matando-a,i tem grandes chances de sair-se  com homicídio culposo e pegar pena pouca ou nenhuma...

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora