lonewolf

Argumento contra o desarmamento

147 posts neste tópico

Um dos argumentos dos que são contra o desarmamento é que a a população desarmada está mais suscetível a um governo autoritário. 

Em 2003 o governo da Venezuela iniciou seu plano de desarmamento para "combater a violência". Em 2016 Maduro anunciou que destruiu 400 mil armas entregues pelos cidadães.

Em abril deste ano ele armou 100 mil milicianos bolivarianos:

Citar

As chamadas “milícias boliviarianas”, criadas por Hugo Chávez, possuem atualmente cerca de 100 mil integrantes e são responsáveis, de acordo com o governo, por “defender a revolução de inimigos internos e externos”. Na prática, porém, geralmente são as responsáveis por praticar assassinatos contra opositores do governo, como ocorreu na última quarta-feira (19).

http://www.ilisp.org/noticias/apos-desarmar-populacao-maduro-fornecera-400-mil-armas-para-milicias-socialistas/

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Desarmar o cidadão é dar segurança ao facínora.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Por décadas tive armas - no plural mesmo. Tinha longas de caça (16, 32, 36) A maravilhosa, fantástica, divina Remington Nylon  66. E curtas de vários calibres e modelos. Hoje, depois duma trabalheira filha da puta, duma burocracia desgraçada e de dias e dias provando que não era um psicopata sociopata homicida serial killer  consegui registrar a Nylon 66 e o S&W,  mas ainda não posso portar o S&W - pra viajar com ele ou a Nylon  tambem é um saco.

Conheço um primo dum conhecido dum colega duma prima em segundo grau que tem uma Taurus PT 6,35 - tambem igualmente fantástica e portabilissima ( cabe em qualquer lugarzinho)  e letal nas mãos de quem sabe usar...

Não foi uma nem duas vêzes que tomei de filha da puta na cara com a arma na cintura e não a usei por pensar bem se valia pena... Tambem usei  para assustar, tambem usei para matar - por sorte ou azar só feri e até respondi por isso... E como disse o Delegado " na próxima passa por cima do cara com o carro. Vai mata o sujeito e sai na boa..."

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, Brancaleone J disse:

E como disse o Delegado " na próxima passa por cima do cara com o carro. Vai mata o sujeito e sai na boa..."

Um tio meu que é advogado sempre que estamos discutindo essas loucuras jurídicas e depois de uns goro, ele da o exemplo de que se você for pego um fiscal matando um animal silvestre, compensa você matar o fiscal para não ser denunciado, pois matar um animal silvestre é um crime inafiançável, matando o fiscal, se for réu primário você responde em liberdade e pode ter várias reduções de pena. 

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É porque um belo animal silvestre indefeso tem mais valor para a natureza do que um fiscalzinho humano corrupto metido a besta.  

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ambos os lados, tanto os "pró" quanto os "contra", possuem excelentes argumentos, todos eles embasados em índices de violência, números de vítimas, etc., etc., acaba que isso vira apenas opinião pessoal.

Eu não sou como o Branca, pelo contrário, só estou viva até hoje porque sou mulher e me contive em várias ocasiões por saber que ia morrer de tanto apanhar se partisse pra cima, ou seja, se eu portasse uma arma, ia ser como dizia o Capitão Nascimento: "vai dar merda isso"...:lol:

Tem maluco que nem eu que não pode, não deve, não consegue ter uma arma e não se sentir o pik das galáxias, pronto pra abater o inimigo. Falo sério, sou muito psicopata pra isso, então concluo que deve ter muitos como eu.

Sou a favor do porte para quem tem um pscico bom, e não pata. 

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu queria ter uma bomba atômica. Um arsenal nuclear seria um sonho. É um argumento forte. :P

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente o mundo (com exceção de alguns poucos países) necessita de armas, pois o ser humano ainda é de uma estupidez fenomenal, impedindo que as sociedades caminhem para uma união mais civilizada.

Eu sou totalmente a favor do posse de arma por isso, na maioria dos lugares. Nesse país faço até campanha a favor:

Um Brasil armado é mais seguro, pois as chaces de quem as tem morrer é maior, diminuindo o número de neanderthais no país, he he.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, Ricardo Sandre disse:

Um tanque de guerra já resolveria.

Posso recomendar para compra o excelente PL - 01? ;)

 

19456_resize_620_380_true_false_null.jpg

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se mudarmos a constituição e incluirmos pena de reclusão perpétua sem direito a condicional para qualquer tipo de assassinato por motivo torpe (qualquer um que não seja estritamente praticado para defender a própria vida), eu passo a ser mais favorável sobre essa questão de se andar armado. Mas do jeito que é hoje, vcs só podem estar de brincadeishon comigo aqui ao falar em liberar armas de fogo pra esse bando de malucos desequilibrados brasileiros né?  

Portanto a minha pergunta é: vc que é a favor da liberação do porte de arma de fogo tem algo contra que se mude radicalmente as leis e as penas para assassinatos torpes?   

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Brienne of Tarth disse:

Posso recomendar para compra o excelente PL - 01? ;)

19456_resize_620_380_true_false_null.jpg

Esse veículo é bom pra passear no Hell de Janeiro. Só não sei se tem blindagem suficiente pra passar na Av. Brasil. :o

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Russell disse:

assassinatos torpes?   

A lei prevê motivo torpe e fútil, somente o torpe mereceria prisão perpétua no seu entendiemnto, Comandante?

Dentre as hipóteses do §2º, os incisos I e II, tratam de termos que podem gerar duvidas quanto ao seu significado, que são o motivo torpe e o motivo fútil.

O motivo torpe é aquele considerado como imoral, vergonhoso, repudiado moral e socialmente, algo desprezível. Um exemplo seria matar para receber uma herança, ou matar por ter qualquer tipo de preconceito, entre outros.

Já o motivo fútil é aquele motivo insignificante, banal, motivo que normalmente não levaria ao crime, há uma desproporcionalidade entre o crime e a causa. Ex: matar por ter levado uma fechada no transito, rompimento de relacionamento; pequenas discussões entre familiares; etc..

Motivo Torpe x Futil

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

- Não temos uma cultura de responsabilidade e consciência (em geral)

- Não temos estrutura para avaliar quem não faz parte do geral, Rio de Janeiro por exemplo, seria uma guerra civil entre traficantes e o "cidadão de bem"? ( não estou, dizendo que sou a favor do "direito dos manos", mas sim que eu acredito que uma das coisas faz uma pessoa "boa" é não matar ninguém, nesse caso teríamos uma cultura com uma mentalidade psicopata, não cabe ao civil julgar alguém, até porque nem a justiça que foi feita para julgar julga direito, imagina só alguém que já ta puto da cara por ter sido roubado)

-  É uma solução? Primeiro temos que pensar na situação monetária do país, com uma economia estável porque alguém precisa roubar ou matar? ( só quem tem problemas psicológicos faria isso),  talvez o armamento não é uma solução permanente pelo contrario é tipo " deixem esse animais que se matem" o que deve ser feito é favorecer quem deveria fazer muito bem isso (a polícia e os demais órgãos responsáveis)

 

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A proibição de possuir e portar armas é uma restrição à liberdade. É o estado dizendo ao indivíduo "Você não pode fazer isso", supostamente, para o bem maior da coletividade.

Nada de conceitualmente errado com isso. Toda sociedade organizada aceita algum nível de restrição das liberdades individuais em troca de uma convivência coletiva mais harmônica e civilizada. Porém, o mínimo que se espera de uma sociedade democrática é que restrições à liberdade tenham o apoio da maioria da população, daí, sacrifica-se o interessa da minoria em nome do bem geral.

O problema é que, no Brasil, não faz muito tempo, foi feito um plebiscito sobre o tema e o direito de possuir armas ganhou de lavada. E todo mundo sabe que se fizer o plebiscito de novo, ganha de novo. Ou seja, a maioria da população é contra essa restrição e mesmo assim o governo, amparado por uma minoria barulhenta e influente, impõe uma restrição ao povo que se sente desprotegido, indefeso e impotente diante das absurdas taxas de criminalidade que temos e da inoperância dos nossos sistemas públicos de segurança.

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
14 horas atrás, Brienne of Tarth disse:

A lei prevê motivo torpe e fútil, somente o torpe mereceria prisão perpétua no seu entendiemnto, Comandante?

Dentre as hipóteses do §2º, os incisos I e II, tratam de termos que podem gerar duvidas quanto ao seu significado, que são o motivo torpe e o motivo fútil.

O motivo torpe é aquele considerado como imoral, vergonhoso, repudiado moral e socialmente, algo desprezível. Um exemplo seria matar para receber uma herança, ou matar por ter qualquer tipo de preconceito, entre outros.

Já o motivo fútil é aquele motivo insignificante, banal, motivo que normalmente não levaria ao crime, há uma desproporcionalidade entre o crime e a causa. Ex: matar por ter levado uma fechada no transito, rompimento de relacionamento; pequenas discussões entre familiares; etc..

Motivo Torpe x Futil

Ok, erro meu. Inclua o fútil também. No meu entendimento de conceito de sociedade civilizada e valorização da vida (NADA é mais importante que a existência, além dela nada faz sentido), o "matar" só tem argumento favorável ao ato se for em legítima defesa da própria vida ou de outrem (vc matar quem esteja atacando sua filha, por exemplo). Fora isso não há justificativa alguma que devesse ser considerada como "compreensível". Assim sendo, se a população aceitar os termos que citei na questão do agravamento das penas e impossibilidade de querer justificar qualquer crime torpe ou fútil, eu passo a ser totalmente a favor do porte de arma à quem desejar. 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Será que tudo morre na praia, alguns metros antes de chegar à escola? Escola, aqui, compreendendo educação, não instituição de ensino. 

Porque quando eu penso nesse negócio de desarmamento (lei) eu chego à conclusão que ele não existe. Afinal, lei é para todos, ninguém pode negar, o problema é que a quantidade de foras da lei que circulam por aí é imensa. Se o cara - por exemplo - já é bandido, mata pessoas, assalta à mão armada, troca tiros com policiais - que estão autorizados a usar armas, no caso - suponho que ele está C&A para a lei do desarmamento. De repente lá o cara que tem uma arma mas não a utiliza, supostamente a tem só por proteção mas não mata ninguém com ela vai obedecer a lei. Na prática o que mudou? Menos armas em circulação? Mas será que todas as balas de que a gente tem notícia e algumas que a gente nem fica sabendo vem de armas roubadas de civis? Eu não tenho as estatísticas mas acho que um civil que tenha uma arma em casa para sua suposta proteção raramente vai ter uma metralhadora... 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Allan disse:

- Não temos estrutura para avaliar quem não faz parte do geral, Rio de Janeiro por exemplo, seria uma guerra civil entre traficantes e o "cidadão de bem"? ( não estou, dizendo que sou a favor do "direito dos manos", mas sim que eu acredito que uma das coisas faz uma pessoa "boa" é não matar ninguém, nesse caso teríamos uma cultura com uma mentalidade psicopata, não cabe ao civil julgar alguém, até porque nem a justiça que foi feita para julgar julga direito, imagina só alguém que já ta puto da cara por ter sido roubado)

Pois é, mas se mexerem comigo eu paço o rodo. :angry:

Profeta gentileza assim disse: Malvadeza gera malvadeza. :D

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
22 horas atrás, Ricardo Sandre disse:

Eu queria ter uma bomba atômica. Um arsenal nuclear seria um sonho. É um argumento forte. :P

:lol:

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Questão de ilógica:

- A proibição de maconha não impede que ninguém consuma, logo o ideal seria liberar.

- A proibição de armas não impede que ninguém as tenha, logo o ideal é manter proibido.

:lol:

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aqui o argumento é só contra o desarmamento? Não pode colocar argumento a favor? rsrs Sou a favor do desarmamento, e esse tema já apareceu uma vez aqui no fórum. Como sou preguiçosa ao extremo, vou só copiar/colar o que escrevi (Fórum Notícias, Fatos E Acontecimentos, em 13/09/2017).

"Tenho um problema sério com esse tema. Simplesmente não consigo imaginar um ser racional que seja a favor da disseminação de armas de fogo.

Qual é o maior problema delas? é que são "fáceis". É só puxar um gatilhozinho, sem esforço físico, sem proximidade física. Compare isso a fisicamente inserir uma faca em uma pessoa. Esfaquear exige determinação, força e proximidade, muita vontade de ferir o outro ser humano e estar bem perto, olhando no olho, vendo a dor do outro acontecendo aos poucos. Quando eu era criança e armas não eram tão controladas quanto agora, fui a um stand de "tiro ao pombo" (inimaginável hoje, eu sei). Vi muitos iniciantes atirando de olhos fechados! Ridículo (e perigoso), eu sei, mas me mostrou que uma arma de fogo permite um afastamento emocional enquanto causa dano. Justamente por esse fator (distanciamento físico e emocional), as pessoas (boas e decentes) não estão preparadas para ter armas de fogo em casa.

Outro problema: manutenção. Uma arma de fogo não é algo que se guarde numa gaveta e se esqueça. É preciso periodicamente limpar, engraxar e testar. Será que todos que tem armas lembram-se disso? Minha mãe conta sobre como na época dela eram frequentes dedos perdidos por canos de espingardas "de passarinho" explodindo na mão de jovens.

Outro problema: prática. Quem tem uma arma deve pretender usar em algum momento. Para isso, é preciso praticar constantemente. Acham que as pessoas se disporão a gastar dinheiro com balas e stands de tiro?

Outro problema:  acidentes. Atirar na pessoa errada. Acidentes com crianças e jovens. Acidentes ao limpar.

Outro problema: armar criminosos. Alguém invade sua casa, você pega a arma e hesita um segundo para atirar. O que acontece? O criminoso ganha mais uma arma, licenciada, municiada e com suas impressões digitais...

E agora, o mais lindo dos problemas: quem ganha com armas disseminadas por aí? ACERTOU! a indústria de armas! A mesma que ganha fortunas vendendo armas para os dois lados em guerras e guerrilhas nos países mais pobres do mundo! A mesma que ganha fortunas quando "acidentalmente" as armas vão parar na mão de mafiosos e traficantes!  

E agora, o mais sério dos problemas: quem morre? são filhos, irmãos, mães, pais, amigos de alguém que apoiou a disseminação das armas. E de quem não apoiou também.

E o dinheiro, como sempre, flui para os bolsos de "empresários bonzinhos e humanitários que estão desinteressadamente atendendo à legítima demanda dos consumidores"..."

Meus argumentos permanecem. Sou a favor do desarmamento. Com o desarmamento, fica fácil saber: pessoa com arma sem licença = bandido. 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
22 horas atrás, lonewolf disse:

Questão de ilógica:

- A proibição de maconha não impede que ninguém consuma, logo o ideal seria liberar.

- A proibição de armas não impede que ninguém as tenha, logo o ideal é manter proibido.

:lol:

:lol:

Mas não é tão ilógico, pois a maconha é inofensiva para terceiros, no caso  da maconha é o próprio maconheiro que esta se matando e isso é uma escolha dele

Já um tiro a terceiros (suposto bandido) são muitas variáveis 

Por favor não me veja como alguém que defende bandido!

Mas um julgamento civil para atirar em um bandido contém muitas variáveis, essas variáveis em minha opinião se devem ao fato de que o critério vai ser " me senti ameaçado, vou meter é chumbo no vagabundo"

Sentir-se ameaçado é relativo, existem pessoas que vão atirar em alguém por ser chamado de chato @Dimas B L :lol: ( é somente uma referência espero que leve na esportiva:lol:)

Outras vão usar em motivos emergenciais (concordo plenamente em usar),

Então teria que ter uma lei muito bem formulada, treinamentos muito bem feitos, leis e fiscalizações muito funcionais!

Ou seja é preciso ter toda uma estrutura para isso

Nos EUA se tem toda uma estrutura jurídica e cultural para que a posse de arma seja viável, é muito diferente da realidade do Brasil!

é muita inocência em minha opinião achar que tais estruturas extremamente necessárias para que essa ideia seja aplicada de forma viável em um país como o Brasil vão ser alcançadas!

 

Conclusão: Apoio a ideia de poder ter uma arma sim! mas não aqui no Brasil... 

 

Edição: Sou técnico em segurança, todos os dias é uma dificuldade IMENSA para convencer que o uso do E.P.I é algo necessário para o próprio bem, então imagine convencer as mesmas pessoas que não se deve atirar em alguém por motivos banais...

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
51 minutos atrás, The Nobody disse:

Mas não é tão ilógico, pois a maconha é inofensiva para terceiros, no caso  da maconha é o próprio maconheiro que esta se matando e isso é uma escolha dele

Já um tiro a terceiros (suposto bandido) são muitas variáveis 

Por favor não me veja como alguém que defende bandido!

Mas um julgamento civil para atirar em um bandido contém muitas variáveis, essas variáveis em minha opinião se devem ao fato de que o critério vai ser " me senti ameaçado, vou meter é chumbo no vagabundo"

Dois pessoas duas medidas, existem muitas variáveis também para quem consome algum entorpecente, para sustentar o vício alguns podem roubar, assaltar e até matar, pois nem todos respondem da mesma forma as drogas. 

Da mesma forma, ter uma arma não significa que todos irão atirar, e caso atire sem atender os requisitos, irá responder pelos seus atos. Se a arma for mantida em sua casa será registrada, o local da ocorrência será restrita e poderá ser feito perícia (coisa rara aqui), mas o cidadão que morre nas ruas também não recebe nenhuma perícia.

55 minutos atrás, The Nobody disse:

Então teria que ter uma lei muito bem formulada, treinamentos muito bem feitos, leis e fiscalizações muito funcionais!

Ou seja é preciso ter toda uma estrutura para isso

Nos EUA se tem toda uma estrutura jurídica e cultural para que a posse de arma seja viável, é muito diferente da realidade do Brasil!

é muita inocência em minha opinião achar que tais estruturas extremamente necessárias para que essa ideia seja aplicada de forma viável em um país como o Brasil vão ser alcançadas!

No brasil, como já disse muitas vezes, já teve porte mais acessível, e não era esse caos que alegam, hoje com o "desarmamento" o caos está muito pior.

E pelo fato do brasil não ter nenhuma estrutura é que a possibilidade de ter uma arma em casa seria necessária, não tem estrutura nas fronteiras, não tem força policial eficaz, um sistema judiciário totalmente permissivo com muitos recursos e possibilidade de diminuição de pena. Portanto o estado não consegue fornecer segurança, e quando acionada qualquer auxilio da polícia se da muito depois do incidente ter ocorrido. Além da evidente percepção de impunidade que junto com a certeza de não haver qualquer resistência do cidadão, é um grande incentivo a criminalidade. 

1 hora atrás, The Nobody disse:

Conclusão: Apoio a ideia de poder ter uma arma sim! mas não aqui no Brasil... 

Conclusão: Apoio a ideia de poder ter uma arma no brasil sim.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora