138 posts neste tópico

38 minutos atrás, Russell disse:

Mas mesmo ouvindo o "outro lado", não há argumento algum que me faça acatar o fato de alguém tomar tudo para si e deixar o outro na sarjeta, principalmente depois de uma certa idade

Talvez a esse ponto não, mas e a quebra de contrato matrimonial? Mesmo que seja por união estável. Por que seria justo que o prejudicado não seja indenizado de alguma maneira?

40 minutos atrás, Russell disse:

Mas como eu estou quebrado, duro, agora com perspectiva de me aposentar só com 80 anos

Opinião minha, a maioria está assim.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 minutos atrás, fakiot disse:

Talvez a esse ponto não, mas e a quebra de contrato matrimonial? Mesmo que seja por união estável. Por que seria justo que o prejudicado não seja indenizado de alguma maneira?

Qual quebra de contrato se refere? 

Citar

Opinião minha, a maioria está assim.

Assim como, com uma perspectiva de morrer sem se aposentar ?? 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
23 minutos atrás, Russell disse:

1) Qual quebra de contrato se refere? 

2) Assim como, com uma perspectiva de morrer sem se aposentar ?? 

1) Contrato de casamento ou união estável, estou confundindo o assunto?

2) Sim, e com dificuldades financeiras.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Russell disse:

Eu estou me baseando estritamente na narrativa do Brancaleone, fazendo de conta que o acontecimento corresponde ao que foi exposto. Mas mesmo ouvindo o "outro lado", não há argumento algum que me faça acatar o fato de alguém tomar tudo para si e deixar o outro na sarjeta, principalmente depois de uma certa idade. Cornos de maneira geral precisam entender que bens e direitos não entram nessas picuinhas. Quer divorciar porque levou uma galhada? Sem problemas, muito provelmente é o que eu faria. Divorcie e seja feliz com a metade do que é seu. 

Quanto a ser passado financeiramente para trás (como já fui tantas vezes), assim de maneira trivial, tipo levar um golpezinho aqui, ser enganado ali, ser lesado acolá, realmente não me motiva a algo tão extremo, mas após uma vida inteira trabalhando e já no estado avançado da "meia-idade" ficar sem nada e na rua da amargura por conta de uma situação como a exposta pelo Brancaleone (de novo, considerando-a como verídica), eu acho sim que faria uma grande besteira caso a justiça não resolvesse o meu problema. Obviamente essa é uma especulação minha pois nunca passei por tal situação, mas em análise primária eu acho que foderia com a desgraçada sim. Com esse tipo de coisa não se brinca e não se sacaneia ninguém, deixar uma pessoa (homem ou mulher) que trabalhou a vida inteira na rua da amargura é mexer num vespeiro africano. Mas como eu estou quebrado, duro, agora com perspectiva de me aposentar só com 80 anos e estou no segundo casamento e a minha mulher numa condição bem melhor que a minha, não se preocupe que não matarei ninguém por esse motivo :lol: :lol:

Então, a versão do Brancaleone está muito mal contada e não acho que é suficiente para julgar a mulher. Você mesmo sabe de maridos que foram muito mais que puladores de cerca em relacionamentos, tenho certeza. O histórico de violência doméstica, por exemplo, é assustador. Foi você outro dia que postou sobre isso, não? Ainda bem que temos a lei da Maria da Penha aqui, pois no relato dele o Branca alega que ela se "escondeu" na lei. 
Minha opinião, e posso estar errado, "tem bagulho bom aí", se é que me entende, he he. 

Gostei da sinceridade, deu o golpe mesmo. Se aquela cerveja rolar, você paga !! :D:)

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem, Dimas, se existir esses "pormenores" na história que o Branca contou, aí já é uma outra ...história. Como eu disse, opinei baseado no rigor do que foi narrado. 

Sobre pagar a cerveja, quem sabe um dia vc não vai passear lá em Goiás, onde eu moro, aí eu pago sim. Tenho um medo lascado de beber cerveja com a água daí dessa sua terra kkkkkkkkkkkk :lol:

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 minutos atrás, fakiot disse:

1) Contrato de casamento ou união estável, estou confundindo o assunto?

2) Sim, e com dificuldades financeiras.

1 - Estamos nos referindo a história que o Brancaleone contou num dos posts dele aqui no tópico. 

2 - O negócio tá feio mesmo. Uma situação complicadíssima pra maioria de nós. Sorte de quem tem estabilidade vitalícia e aposentadorias especiais do tipo "direito adquirido". Fica isento de um estresse imenso que nós míseros mortais somos obrigados a lidar. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, fakiot disse:

É uma tremenda simplificação, mas é válido, principalmente pelos termos "comparada metaforicamente". Apesar de que a ideia de rede neural artificial foi realmente baseada no funcionamento do cérebro humano. Uma característica interessante da rede neural artificial é que ela a partir de vários estímulos resulta em uma única resposta por vez, que eu me lembre. Outra característica (nessa eu tenho certeza) também é que o treinamento a partir dos estímulos externos e resultados esperados é muito mais estressante que a execução da tarefa já treinada.

Provavelmente você não sabe oque como funciona o algoritmo darwiniano ou como criar uma rede neural, ou não gostou do nome dlgoritmo darwiniano, descarte a parte que eu disse metaforicamente, e entenda que isso é um mecanismo de funcionamento muito simplet(repetir acertos evitar erros além da evolução.), é tãosimples que eu disse que a cerebro humano funciona como um pois algoritmo se limita a computação o cerebro é produto da evolução.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O problema das analogias é que elas são vão até certo ponto, servem como ponto de partida. Se a vida surgiu há pelo menos 4.000.000.000 (quatro bilhões) de anos, houve o fator tempo para que um ser chegasse a um cérebro autoconsciente.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como o simples pode gerar o complexo: é só observar os fractais.

 

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O curioso é que apesar de ser anos pra caralho, se pensarmos bem 4 bilhões de anos nem é tanto tempo assim entre a sopa primordial e o animal Homem hoje. Antes que critiquem meu comentário, pensem bem na questão. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quando alguém diz que ouço "música de velho", logo respondo: comparado com as pirâmides do Egito, Bach é um bebê... E as pirâmides, comparadas com os primeiros homo sapiens, são um feto... E o homo sapiens, comparado com a Terra, é um espermatozoide... Ou seja, quanto mais antigo, mais novo, e não mais velho :D

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas é um lance muito louco de se pensar. Se o Sistema Solar durar ainda mais uns 2 bilhões de anos, baseado no que ocorreu nos 4 bilhões passados, imagine como serão os seres deste planeta neste futuro insano. Impossível contextualizar seja lá pela via que desejarmos. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu sou jovem (socialmente falando) e tenho gosto e conhecimento de coisas de "velhos", coisas de dezenas de anos atrás. 

Tem espirita que diz que eu sou um ser incarnado de uma entidade anterior. Hehe. Morro de rir com isso.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Ivan de Almeida disse:

Masturbação é uma idéia inata...

Será que alguém ensinou a esse macaco? :o

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 2017-5-19 at 18:03, Daniel De Oliveira Leal disse:

ou como criar uma rede neural

Sério? Você está afirmando que a rede neural artificial funciona exatamente como o cérebro funciona? Eu não seria tão presunçoso. Eu diria que é um método útil baseado em alguns aspectos conhecidos do cérebro. É como o cérebro funciona? Difícil dizer, além do que, deve existir muitos aspectos do cérebro que não compreendemos.

Um outro comentário só pra cutucar. Quando nos expressamos, falamos mais de nós mesmo do que dos outros.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 2017-5-19 at 18:12, Atik Yomin disse:

O problema das analogias é que elas são vão até certo ponto, servem como ponto de partida. Se a vida surgiu há pelo menos 4.000.000.000 (quatro bilhões) de anos, houve o fator tempo para que um ser chegasse a um cérebro autoconsciente.

Será q nesse meio de caminho não podem ter acontecido diversas mudanças a ponto de vidas complexas já terem existido antes e desaparecido?

O tectonismo apaga muitos vestígios e outras extinções em massa já ocorreram antes dos dinos. Outros supercontinentes já existiram antes da Pangeia.  Pode até ser masturbação mas é algo a se pensar ... e evidenciar, hehe.

http://www.astropt.org/2012/08/27/supercontinentes-passado-e-futuro/

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 2017-5-22 at 08:19, fakiot disse:

Sério? Você está afirmando que a rede neural artificial funciona exatamente como o cérebro funciona? Eu não seria tão presunçoso. Eu diria que é um método útil baseado em alguns aspectos conhecidos do cérebro. É como o cérebro funciona? Difícil dizer, além do que, deve existir muitos aspectos do cérebro que não compreendemos.

Um outro comentário só pra cutucar. Quando nos expressamos, falamos mais de nós mesmo do que dos outros.

falta de entendimento, apenas leia oque eu disse(em negrito pra adiantar), seus demais comentário parte do seu achismo inicial por isso não perderei tempo:

Em 2017-5-19 at 18:03, Daniel De Oliveira Leal disse:

Provavelmente você não sabe oque como funciona o algoritmo darwiniano ou como criar uma rede neural, ou não gostou do nome dlgoritmo darwiniano, descarte a parte que eu disse metaforicamente, e entenda que isso é um mecanismo de funcionamento muito simplet(repetir acertos evitar erros além da evolução.), é tãosimples que eu disse que a cerebro humano funciona como um pois algoritmo se limita a computação o cerebro é produto da evolução.

mas como você não leva isso a sério vou explicar de forma mais técnica, cientista da computação também estuda a mente, emkbora a finalidade seja criar IAs, mas você não precisa reduzir isso ao não serve para nada, quando você não sabe qual o conteudo do algoritmo darwiniano é porque você não sabe que existe alguma premissa da evolução, que esse algoritmo pegou emprestado, quando você diz que que eu estou tentando explicar todo o cérebro apartir da rede neural, é porque você não entendeu que a rede neural antes também era uma abordagem de explicação da mente, embora eu não exagerei ao ponto de dizer que o cerebro é um algoritmo ou computador, faltando mouse e teclado, e sim que é uma rede biológica que funciona como rede neural (rede neural vem de neurociência, senão seria rede computacional):

1024px-Architecture_of_Spaun.jpeg

as ciências atuais que estuda a relação de mente e corpo é a Neurociência cognitiva e psicologia com a identificação do Pensamento no eletroencefalograma,
o seu erro é achar que eu estou dizendo literalmente que o cérebro é um computador de silício com mouse e teclado, ignore as metáforas, atente ao argumento,
ignorância no assunto(não entender potocas) não vai fazer nem você saber ao passo que só repete que ninguém tem a resposta,
minhas afirmações de forma geral são baseados em teorias da ciência cognitiva que contribuem para psicologia evolutiva e teoria computacional da mente ou também produzem estudos para IAs, NPL, e neurocognição, 
Connectionism = basicamente eu estou falando da explicação conectivista da mente, veja que entquanto você reduz minhas palavras como blábláblá, elas são bem embasadas, 
portêm acho que se você olhar na fonte, poderár entender, mais doque apenas dizer que o cérebro é uma rede neural, se é que você entende rede neural.
( http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0102-37722006000200005&lng=pt&nrm=iso&tlng=en )
Neurofísica = Neurofísica investiga a base fundamentalmente física para os neurônios, redes neurais e do cérebro(lendo alguns artigos sobre neurociência reparei que até a wikipédia concorda comigo, e isso não fui eu que inventei).
um exemplo da aplicação hoje da rede neural pela neurociência
https://en.wikipedia.org/wiki/Artificial_neural_network#Neural_networks_and_neuroscience
e um artigo que fala por min, oque eu queria dizer, sustentando as premissas anteriores:
https://en.wikipedia.org/wiki/Biological_neural_network

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
49 minutos atrás, Daniel De Oliveira Leal disse:

falta de entendimento, apenas leia oque eu disse(em negrito pra adiantar), seus demais comentário parte do seu achismo inicial por isso não perderei tempo:

mas como você não leva isso a sério vou explicar de forma mais técnica, cientista da computação também estuda a mente, emkbora a finalidade seja criar IAs, mas você não precisa reduzir isso ao não serve para nada, quando você não sabe qual o conteudo do algoritmo darwiniano é porque você não sabe que existe alguma premissa da evolução, que esse algoritmo pegou emprestado, quando você diz que que eu estou tentando explicar todo o cérebro apartir da rede neural, é porque você não entendeu que a rede neural antes também era uma abordagem de explicação da mente, embora eu não exagerei ao ponto de dizer que o cerebro é um algoritmo ou computador, faltando mouse e teclado, e sim que é uma rede biológica que funciona como rede neural (rede neural vem de neurociência, senão seria rede computacional):

1024px-Architecture_of_Spaun.jpeg

as ciências atuais que estuda a relação de mente e corpo é a Neurociência cognitiva e psicologia com a identificação do Pensamento no eletroencefalograma,
o seu erro é achar que eu estou dizendo literalmente que o cérebro é um computador de silício com mouse e teclado, ignore as metáforas, atente ao argumento,
ignorância no assunto(não entender potocas) não vai fazer nem você saber ao passo que só repete que ninguém tem a resposta,
minhas afirmações de forma geral são baseados em teorias da ciência cognitiva que contribuem para psicologia evolutiva e teoria computacional da mente ou também produzem estudos para IAs, NPL, e neurocognição, 
Connectionism = basicamente eu estou falando da explicação conectivista da mente, veja que entquanto você reduz minhas palavras como blábláblá, elas são bem embasadas, 
portêm acho que se você olhar na fonte, poderár entender, mais doque apenas dizer que o cérebro é uma rede neural, se é que você entende rede neural.
( http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0102-37722006000200005&lng=pt&nrm=iso&tlng=en )
Neurofísica = Neurofísica investiga a base fundamentalmente física para os neurônios, redes neurais e do cérebro(lendo alguns artigos sobre neurociência reparei que até a wikipédia concorda comigo, e isso não fui eu que inventei).
um exemplo da aplicação hoje da rede neural pela neurociência
https://en.wikipedia.org/wiki/Artificial_neural_network#Neural_networks_and_neuroscience
e um artigo que fala por min, oque eu queria dizer, sustentando as premissas anteriores:
https://en.wikipedia.org/wiki/Biological_neural_network

Ok, só evite ser tão preconceituoso, orgulhoso e inflexível. Poderíamos ter várias discussões interessantes se você também permitisse. O mundo não gira no que você acha que sabe. Existem pontos de vistas diferentes, eu aceito os seus, mas as vezes estamos falando línguas diferentes, e nem sempre por isso você está certo e eu errado ou vice-versa.

Tente ser menos inflexível e orgulhoso, assim você verá que poderá aprender muito mais.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em ‎07‎/‎05‎/‎2017 at 23:58, Um pensador disse:

Por ideias também quero dizer conceitos, definições, conhecimentos e os demais sinônimos de "ideia". Então, a pergunta é: existem? Se existem, é evidência de que existe uma realidade imaterial? Se não existem, é evidência que não existe uma realidade immaterial?

Não existem. O processo de formação de "idéia" e seus sinônimos citados, é um processo químico muito tardio no cérebro, que só ocorre bem tardiamente na regiões mais novas do córtex. Quando a mulher caga o feto pela vagina seu cérebro (o do feto não da mulher) não possui uma estrutura funções químicas muito bem definidas, pois as divisões e funções que existem no cérebro do adulto são formadas tardiamente através de um processo de interação "cérebro" ambiente". É exatamente por isso que o cérebro é muito volátil, pois suas estruturas e divisões são formadas ao longo da infância. O que é uma característica evolutiva muito importante, pois isso permite que espécimes tenham as partes do cérebro alocadas de acordo com as interações específicas do ambiente. É por isso que em pessoas que nascem cegas (nas quais a cegueira é um problema nos olhos) a parte do cérebro que seria responsável pela visão, é reutilizada para outros processos, pois o cérebro nasce sem muitas estruturas, divisões e funções químicas definidas, permitindo esse tipo de evento. Por isso não existem idéias inatas, quando nascemos ainda não existe estrutura química e divisão cerebral nos córtex como nos adultos, que permitem que haja idéias, conceitos, conhecimento, etc., essas estruturas são quimicamente moldadas e definidas pelo processo de interação entre cérebro ambiente. O que faz muito sentido, pois o cérebro é um Sistema de imput e output, e essa maleabilidade é necessário para isso ser uma EEE (estratégica evolutivamente estável). Ao nascer as únicas estrutura físico-químicas do cérebro que existem são os fenótipos mais básicos possíveis necessário para a sobrevivência, como: controle dos músculos do pulmão e coração, e do aparelho digestivo. Esse negócio de idéias inatas além de ser algo impossível para o que sabemos do cérebro hoje, também seria algo muitíssimo ineficiente de um ponto de vista genético e evolutivo, pois não seria custo efetivo, e todos sabem que uma característica ineficiente e que não é custo-efetiva, tende a morrer muito rapidamente no processo evolutivo. Esse negócio de idéias, conceitos, conhecimento, etc. estão todos ligados a uma estrutura química cerebral extremamente complexa (provavelmente a estrutura mais complexa conhecida hoje), no adulto, que não existe no cérebro do feto. Então não, não há idéias inatas. Sim, existem centenas processos químicos de comportamento e de funções comportais no cérebro do feto, mas tais não são idéias, são funções instintivas inconsciêntes. Eu nunca ouvi notícia de existirem estruturas químicas do neo-cortex adulto relacionadas a idéias, conceitos, conhecimento, no cérebro de fetos e crianças.

edit: em resumo, idéias são um processo químico muito específico das novas regiões do cortex, tal processo não existe no cérebro de fetos, logo ninguém nasce com idéias, não existem idéias inatas. O motivo? Não é genetica e evolutivamente viável que tal coisa ocorra.

 

Editado por Hiena Implume
1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sem contar que se o bebê nascesse com o cérebro já todo desenvolvido (como os outros animais), a mãe iria morrer no parto (morte por arrombamento vaginal). Então o caminho que a evolução encontrou de fazer nascer o ser inteligente cabeçudo sem arrombar a mãe foi fazê-lo nascer "prematuro".   

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
19 horas atrás, Hiena Implume disse:

edit: em resumo, idéias são um processo químico muito específico das novas regiões do cortex, tal processo não existe no cérebro de fetos, logo ninguém nasce com idéias, não existem idéias inatas. O motivo? Não é genetica e evolutivamente viável que tal coisa ocorra.

Pelo que entendi as ideias, conceitos, definições e conhecimentos não podem ser inatos de modo algum visto que, como exemplificado, só existem quando nossas áreas corticais já estão formadas para daí criá-las. Ah, e que a prova está nas evidências hoje conquistadas pela neurociência. Hum.. É, não tem como sustentar o inatismo e isso quer dizer então que tábua rasa triunfou. Contudo, será que isso implica numa evidência contra a suposição de existir uma realidade imaterial? Talvez, acho que sim pelo menos em parte não é!?

Em 22/05/2017 at 08:19, fakiot disse:

Sério? Você está afirmando que a rede neural artificial funciona exatamente como o cérebro funciona? Eu não seria tão presunçoso. Eu diria que é um método útil baseado em alguns aspectos conhecidos do cérebro. É como o cérebro funciona? Difícil dizer, além do que, deve existir muitos aspectos do cérebro que não compreendemos.

21 horas atrás, Daniel De Oliveira Leal disse:

 

1024px-Architecture_of_Spaun.jpeg
( http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0102-37722006000200005&lng=pt&nrm=iso&tlng=en )
Neurofísica = Neurofísica investiga a base fundamentalmente física para os neurônios, redes neurais e do cérebro(lendo alguns artigos sobre neurociência reparei que até a wikipédia concorda comigo, e isso não fui eu que inventei).
um exemplo da aplicação hoje da rede neural pela neurociência
https://en.wikipedia.org/wiki/Artificial_neural_network#Neural_networks_and_neuroscience
e um artigo que fala por min, oque eu queria dizer, sustentando as premissas anteriores:
https://en.wikipedia.org/wiki/Biological_neural_network

Já que nossos processos cognitivos se reduzem a sinápses eletroquímicas, fico intrigado me indagando: "O que padroniza ou o que dá ordem as minhas sinápses enquanto estou pensando, imaginando, em suma, realizando processos cognitivos?" Consciência é a resposta que surge em minha mente e me parece mais plausível, porém sendo sabido que a consciência é um processo também considerado eletroquímico, ordenado, composto de sinápses, então tropeço na mesma dúvida. Enfim, algum de vocês tem alguma hipótese ou sei lá?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
39 minutos atrás, Um pensador disse:

realidade imaterial

E o que seria isso, @Um pensador ?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Um pensador disse:

Enfim, algum de vocês tem alguma hipótese ou sei lá?

Já viu estes vídeos? (Se a legenda não aparecer, clicar embaixo na "rodinha" e em "subtitles")

 

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora