4 posts neste tópico

Acordei com o despertador, levantei, escovei os dentes, lavei o rosto, apliquei protetor solar vesti o uniforme do Tai Chi, que acho ser o único que o usa no Tai Chi matinal.

Botei a espada de madeira nas costas, desci com a bicicleta, pedalei pelo Aterro até o lugar. Ninguém estava lá. Bem, encostei a bicicleta num dos bancos, fiz sozinho por uns 50 minutos. Subi na bicicleta e voltei. Não quero acordar minha mulher cedo, estou dando um tempinho antes de fazer café.

Ah, Santo Feriado
Mesmo aposentado
Surfo a rua vazia
Ontem carros com pressa
Hoje de bicicleta
Fui ao Tai Chi tranquilo

Ah, Santo Feriado
Santo Tiradentes
Morto no passado.

Ah, Seu Brasil
Vê se sossega um pouco
Este tempo é quase desgosto
De quem te vê, de quem te viu.

Ah, Brasil
Que era a mata desconhecida
Agora é gente sofrida
Agora problemas mil.

Hoje é do Brasil dia sagrado
Ainda não é sábado
É só uma sexta-feira do passado
No presente alucinado.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

De novo, Ivan???

Brincadeira, bom poema. Fez direto ou reviso alguma coisa?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
46 minutos atrás, Stan disse:

De novo, Ivan???

Brincadeira, bom poema. Fez direto ou reviso alguma coisa?

Fiz direto, depois troquei umas duas palavras. Sei lá, cheguei em casa, fiquei no computador matando o tempo até fazer o café, aliás, tomei agora.

Obrigadão, Stan.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

..

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora