Gilberlon Barreto

Em que âmbito encontra-se a moralidade, na subjetividade, ou na objetividade?

249 posts neste tópico

4 horas atrás, Poccnn disse:

Eu também. 

Se eu pudesse eu iria para a antártica.

Não existe outro mundo. :o

Nós somos gado brincando no pasto esperando o golpe fatal ... Estou no aguardo. :P

death_horror_death_wallpaper_1080x960_wa

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, Russell disse:

Bem, é isso aí! Se acham que desvirtuei, peguem eu lá fora!! :lol: 

 

 

1 hora atrás, Atik Yomin disse:

Só não chame bolacha de "biscoito" que tá tudo ok :P:lol:

Vocês estão brincando com coisa séria, pode tudo terminar assim:

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

2 horas atrás, Atik Yomin disse:

N'O Alienista, do Machado de Assis, o psiquiatra Dr. Bacamarte (alienista do título) interna quase todos da cidade em que o conto se situa; até que o próprio alienista conclui que o louco era ele mesmo.

“An equation means nothing to me unless it expresses a thought of God.”
Srinivasa Ramanujan (1887–1920).

Por favor, pesquise este nome e me diga se ele deve ser visto como um louco.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
40 minutos atrás, Heidegger disse:

 

“An equation means nothing to me unless it expresses a thought of God.”
Srinivasa Ramanujan (1887–1920).

Por favor, pesquise este nome e me diga se ele deve ser visto como um louco.

Se me permite @Atik Yomin, vou me dar  meu pitaco: 

John Forbes Nash era esquizofrênico; Jean Genet cleptomaníaco; Chatterton suicida; Sade (pra você) um libertino, he he; Tesla TOC; Buckminster Fuller manteve um diário detalhado que ele atualizava em intervalos de 15 minutos, tal registro resultou em  82 metros de altura e está alojado na Universidade de Stanford; Paul Erdös, teórico matemático húngaro era tão dedicado ao seu trabalho que nunca se casou e vivia apenas com uma mala (bem parecido com você, um mala, he he).
Então esse indiano doutrinado pela religião e que aceitou uma menina de 9 anos de idade como esposa, podia ser "só" um pedófilo, mas era alienado por falar tamanha baboseira sobre deus.

 

E talvez também tenha escrito deus com "D", mesmo não se tratando do fajuto "Jésus", he he.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, dizem que de médico e louco todos temos um pouco. Também dizem que um louco nunca têm consciência de sua loucura. Mas como nosso ilustre @Heidegger, digo, hategger, que é professor, filósofo, teólogo e psicanalista nas horas vagas, me diagnosticou (ou fui eu mesmo que me diagnostiquei? :wacko:) como psicopata maníaco, quem sou eu pra duvidar? ...

Citar

N'O Alienista, do Machado de Assis, o psiquiatra Dr. Bacamarte (alienista do título) interna quase todos da cidade em que o conto se situa; até que o próprio alienista conclui que o louco era ele mesmo.

Putz, agora que me toquei: dei spoiler pra quem não leu a história. Sorry...

ali1.JPG

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
57 minutos atrás, Dimas B L disse:

Se me permite @Atik Yomin, vou me dar  meu pitaco: 
Então esse indiano doutrinado pela religião e que aceitou uma menina de 9 anos de idade como esposa, podia ser "só" um pedófilo, mas era alienado por falar tamanha baboseira sobre deus.E talvez também tenha escrito deus com "D", mesmo não se tratando do fajuto "Jésus", he he.

Nada como ser um aleijado metafísico. Tá, eu entendo! Morreu de inveja do Ramanujan, não é? Você não chega aos pés do Salieri, mas a inveja dele, diante do assombroso talento de Mozart, ilustra bem teu sentimento pelo magistral indiano. Chora, maluco.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 minutos atrás, Heidegger disse:

Chora, maluco

:lol::lol:

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
56 minutos atrás, Heidegger disse:

Chora, maluco.

:D

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Heidegger disse:

Nada como ser um aleijado metafísico. Tá, eu entendo! Morreu de inveja do Ramanujan, não é? Você não chega aos pés do Salieri, mas a inveja dele, diante do assombroso talento de Mozart, ilustra bem teu sentimento pelo magistral indiano. Chora, maluco.

Não !!!!
Aleijado metafísico !!!! 
Que ofensa mais, mais, mais engraçada !!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Não sou aleijado, sou lobotomizado metafísico, e pode dizer o mesmo sobre teologia. Duas idiotices cosmogônicas, KKKKKKKKKKKKKKK

E nada mais apropriado de que usar uma lenda, criada pelo mesmo escritor de Equus (será que você tem fascinação por cavalos ou jumentos para ser mais bíblico? KKKKKKKKKKKK), para me atingir metafisicamente, KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Ao invés de tentar adivinhar quem eu invejo e ficar com essa lenga lenga metafísica, porque não fala algo sobre a pedofilia do seu querido Ramanujan?? he he.

Responde, careta !!!!

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

(Pra tentar acalmar os egos frágeis) Ramanujan foi um grande matemático, predominantemente intuitivo, mas grande. Pelo menos assim a wikipedia diz. Mas... sei lá. As ofensas do hategger são até engraçadas de ler* (pra mim, pelo menos, psicomaníaco que sou). Mas... sei lá... Deus é ateu, EU SOU imoral, the dream is over, Nietzsche está morto, e não me sinto muito bem...

*assim como as de Schopenhauer acerca de Hegel

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
54 minutos atrás, Dimas B L disse:

Não !!!!
Aleijado metafísico !!!! 
Que ofensa mais, mais, mais engraçada !!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

O que vocês não compreendem é que @Heidegger é um cara de finesse. É aquele tipo que hora do sexo diz: "licença, meu amor, posso te penetrar?"

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Stan disse:

É aquele tipo que hora do sexo diz: "licença, meu amor, posso te penetrar?"

Não sem antes discorrer ( detalhada e longamente) a cerca dos aspectos metafísicos e filosóficos do ato de amar e das implicações da conjugação do ato de amar com o ato carnal a ser praticado ( que ele chamaria de coito...)

Então, finalmente ele acordaria a parceira ( que adormecera nos primeiro 5 minuto das preliminares heideggerianas...) e diria "...posso te penetrar?"

 

leva a mal não Heidegger.  Quis só aproveitar o gancho...

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

kkkkkkkkkkkkkkk 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caraca, eu me divirto com vcs.:D

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Chorei de tanto rir! Kkkkkkkk

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Preliminares heideggerianas ... Caraca, essa preparação deve levar horas ou dias ... ou meses. :o

Até lá, a mulher já foi procurar outro pra concluir o serviço. :P

Sexo metafísico só funciona pra corno. :D

https://www.letras.mus.br/reginaldo-rossi/475014/

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
17 horas atrás, Stan disse:

O que vocês não compreendem é que @Heidegger é um cara de finesse. É aquele tipo que hora do sexo diz: "licença, meu amor, posso te penetrar?"

E eu pensei que ele pedisse "Querida, por  favor, passe-me a b..." he he.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alguém por aqui, por acaso, já observou o caráter anômalo do verbo indignar? O que chama a atenção é que quando usado assume a forma indignar-se. Se eu não falasse português acharia que alguém ficou indignado consigo mesmo, por causa do se.

Mas ele não é reflexivo. Quem se indigna só o faz em relação a outra pessoa. Aliás, não se reconhece a situação de alguém que ficou indignada consigo.

Mas não é a cara de vocês? Ficam indignados com quase tudo e todos, mas são incapazes de autoindignarem-se por agirem em alcateia contra alguém, atacando com carga de extrema baixaria. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

´"Peraí", como somos incapazes de nos auto indignarmos se você mesmo disse que "...é reflexivo. Quem se indigna só o faz em relação a outra pessoa. Aliás, não se reconhece a situação de alguém que ficou indignada consigo."

Sério, eu não te ataco, só revido. Todas as vezes que tentei falar, só saíram impropérios. Então desisti de ser polido.
Quanto à baixaria, 

Você que é muito fresco: "
Linguagem do grotesco é carregada de imprecações, difamações e baixo calão."  " Rogério Caetano de Almeida, pesquisador da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, analisou a presença desses elementos na poesia portuguesa ao longo da história, de olho em autores consagrados como Bocage, do século 18, e o contemporâneo Al Berto, entre outros...
http://www.usp.br/agen/?p=94705

Relaxa, Heidegger, he he.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

c8753e4225cafe78114473b436158927_-jackso

 

 

 

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
37 minutos atrás, Heidegger disse:

Mas não é a cara de vocês? Ficam indignados com quase tudo e todos, mas são incapazes de autoindignarem-se por agirem em alcateia contra alguém, atacando com carga de extrema baixaria. 

Essa é apenas sua maneira de ver as coisas. Se o mesmo que foi dito sobre vc fosse dito sobre qualquer outro, provavelmente esse outro estaria rindo junto conosco. Mas não você; se diz humanista mas não se dá bem com ninguém. É humanista com causas, e não com pessoas?

Por fim, pior que ser atacado com humor é ser desprezado, que é o que você faz, numa atitude prepotente, presunçosa e mal-educada, com aqueles que discordam de vc. Já não sei quanto tempo faz que você decidiu que meus posts não estão à sua altura e, por isso, decidiu me ignorar. Isso não se faz, cara, você me magoou: :(86d1d-teary-eyed-emoticon.png?w=500 depositphotos_14382605-stock-illustration-crying-emoticon.jpg.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
41 minutos atrás, Heidegger disse:

Mas não é a cara de vocês? Ficam indignados com quase tudo e todos, mas são incapazes de autoindignarem-se por agirem em alcateia contra alguém, atacando com carga de extrema baixaria. 

Rapaz é só brincadeira. As vezes não é muita engraçada ou não é tão brincadeira, mas umas rusgas acontecem e não devem ser levadas a ferro e fogo. E as preliminares foram muito engraçadas.

O @Dimas B L por exemplo, é um cara tranquilo, as vezes ele se apoquenta com brincadeiras homo afetivas e se exalta te acusando de compactuar com a sociedade patriarcal hétero normativa machista da cultura ocidental imperialista capitalista. Fiquei irritado? Um pouco, mas só porque só consegui entender o machista, mas agora tamos de boa e ele se dispôs até a apresentar uma prima dele que não é muito exigente em sair com pobre.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
17 minutos atrás, lonewolf disse:

Rapaz é só brincadeira. As vezes não é muita engraçada ou não é tão brincadeira, mas umas rusgas acontecem e não devem ser levadas a ferro e fogo. E as preliminares foram muito engraçadas.

O @Dimas B L por exemplo, é um cara tranquilo, as vezes ele se apoquenta com brincadeiras homo afetivas e se exalta te acusando de compactuar com a sociedade patriarcal hétero normativa machista da cultura ocidental imperialista capitalista. Fiquei irritado? Um pouco, mas só porque só consegui entender o machista, mas agora tamos de boa e ele se dispôs até a apresentar uma prima dele que não é muito exigente em sair com pobre.

Conheço umas primas, que cobram por hora. Meigas, solícitas, jovens e lindas, he he.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora