linho

Ateus, os mais odiados do Brasil

49 posts neste tópico

Bom , segundo uma pesquisa realizada por um instituto ligado ao Partido dos Trabalhadores , ateus são os mais odiados .

Sei que representamos 2 % segundo dados do IBGE , mas isso aqui me fez lembrar de algo que Hannah Arendt escreveu , A Banalização do Mal .

Apresento , lamentavelmente , aos meus pares de site esta triste pesquisa 

ateu.jpg

Fonte :https://adrenaline.uol.com.br/forum/threads/ateus-e-drogados-sao-os-mais-odiados-pelos-brasileiros.443353/

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vi uma pesquisa em que estupradores eram mais confiáveis que ateus.

Na lógica religiosa você tem que acreditar em algo, pois se não, você não possui um guia moral nada o impede de roubar, matar, resumindo nada o impede de ser uma pessoa má. Mas ser religioso também não previne tais coisas, e quando confrontados com religiosos criminosos usam a falácia do verdadeiro escocês, dizem que não era um religioso de verdade

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma vez um cara me disse que eu não seria nada na vida porque eu não acredito em Deus. Ou seja, para a lógica dele, pra tu ser algo ou ter algo é necessário crer em Deus primeiro. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O mais interessante é que esse preconceito é um dos mais velados quando há um confronto  pessoal, ao vivo, face a face. Por trás ou quando a pessoa não tem que ser mais educada com você por algum fator aleatório (não é mais colega de trabalho, agregado da família, amigo, etc.), viram o bicho contra o ateísmo. Tenho alguns exemplos do qual fui vítima. 

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Com certeza. Ter desprezo por ateus chega até ser algo de que sentem orgulho em expressar. 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Poccnn disse:

Uma vez um cara me disse que eu não seria nada na vida porque eu não acredito em Deus. Ou seja, para a lógica dele, pra tu ser algo ou ter algo é necessário crer em Deus primeiro. 

Dono da empresa  em que trabalho disse para mim depois que minha chefe só mencionou por "alto" que virei ateu - Poxa cara,, tu que considero tão inteligente, um cara auto didata vir com essa de que não acredita em deus.. é brincadeira. (Isso pq minha chefe disse que ele nem iria sem importar, pq quando ela disse ele nem estava focado em nós, mas pra ele foi tão aterrorizante essa ideia que ele voltou na sala onde eu estava, só para dizer isso).

Mas enfim, depois que a luz veio até a mim, e larguei dessa baboseira celestial toda.... as pessoas só não me crucificaram ainda pq muitas conhece meu carácter, mas muitas vezes as pessoas se surpreendem com essa minha audácia e fazem aquela cara, de - EU HEIN, ESSE DOIDO AI È ATEU!!!

Sou quase um ET hehehe.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Xaero disse:

EU HEIN, ESSE DOIDO AI È ATEU!!! Sou quase um ET hehehe.

Dizer-se ateu póde ser bom quando queremos ficar sozinhos (tendo em vista certas enfadonhas companhias) – como se diz, é batata :ph34r:

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pra que declarar-se anoel? (anoelismo=ausência de crença em papai noel)

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu aqui na cidadezinha assumi meu ateísmo, pelo  menos diante das "autoridades religiosas". Me poupa de desagradáveis tentativas de cooptação para esta ou aquela seita cristã. Na minha cidade tem mais igrejas que butecos e nenhum puteiro...

Os mais "humirdes" de intelecto acham que ateu é quem não acredita no deus cristão, dai me perguntam se sou "dos arabe" ou "ispírita" ou pior "da macumba". Ai vc explica que voce não acredita em nenhum tipo de deus, diabo, etc. Nunca percebi nenhuma hostilidade, mesmo dos mais simples. No máximo surpresa, admiração e um certo descrétito no meu ateísmo...

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, Brancaleone J disse:

Na minha cidade tem mais igrejas que butecos e nenhum puteiro...

Pô, me desculpa, mas que cidadezinha b*nda, hein :P

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Às vezes tenho uma sensação de espanto, me pego pensando "olha isso: quase todo mundo acredita em deus". É muito surreal. Pensar nisso me assombra tal como pensar na morte.

Analisando o porquê desse meu assombro, racionalizei o seguinte: meu tempo aqui é pouco e eu sequer vou poder viver numa sociedade um pouco menos retardada! 

Sad but true:

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Justamente, imagine você ter que ouvir um mesmo conto de fadas toda hora, todo dia, por toda a vida.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, Stan disse:

Às vezes tenho uma sensação de espanto, me pego pensando "olha isso: quase todo mundo acredita em deus". É muito surreal. Pensar nisso me assombra tal como pensar na morte.

Porque dá tanta importância aquilo que os outros (mesmo que sejam a maioria) pensam? Que proveito você obtém ou qual é a utilidade em ficar "assombrado" com os factos da realidade? Aceite.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Sisiphus disse:

-Porque dá tanta importância aquilo que os outros (mesmo que sejam a maioria) pensam?

-Que proveito você obtém ou qual é a utilidade em ficar "assombrado" com os factos da realidade? Aceite.

 - O ser humano é social por natureza, dou importância porque gostaria de conviver com uma sociedade que tivesse mais a ver comigo, ao invés de me afastar devido a tanta ignorância. 

- Nenhum (a não ser o prazer de perceber), mas não fico assombrado por que quero; e o fato de eu aceitar, tal como aceitei a morte, em quase nada reduz meu assombro. Espero que não esteja confundindo assombro com desespero. O absurdo (ou assombro) já é uma aceitação, leia Camus e entenderá.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 minutos atrás, Stan disse:

 - O ser humano é social por natureza, dou importância porque gostaria de conviver com uma sociedade que tivesse mais a ver comigo, ao invés de me afastar devido a tanta ignorância. 

 

Cada vez que você ganha mais conhecimento racional isso o fará afastar um pouco mais da sociedade mainstream; é inevitável. O sermos seres sociais por natureza, não implica necessariamente que tenhamos que conviver com toda a sociedade; para nos realizarmos "socialmente" basta tão somente o convívio com um grupo restrito de pessoas que tenham afinidades connosco. Será mais saudável sentir-se permanentemente frustrado porque a sociedade não é aquilo que nós queriamos que fosse, ou apostar apenas no nosso enriquecimento através do convivio com individuos "especiais" para nós?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na verdade é medo. A maioria acredita, mas, no fundo mesmo, desconfia, então eles odeiam quando o assunto é abordado.

Essa maioria morre de medo de morrer!.

Já escrevi isto aqui no fórum: Se a "pílula da imortalidade" for inventada, eles vão disputá-la à tapa.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Sisiphus disse:

para nos realizarmos "socialmente" basta tão somente o convívio com um grupo restrito de pessoas que tenham afinidades connosco. 

Mais uma vez julgando pela sua realidade. Venha ao meu bairro, ou melhor, à minha cidade e tente aplicar essa sua teoria. Verá então o que é viver numa cidade pequena cheia de ignorantes. 

Não quero a sociedade dos meus sonhos. Acontece que a porcentagem de religiosos estúpidos está num nível tão intolerável que me afeta em diversos atos da vida civil.

Agora uma pergunta básica: vc tem uma igreja evangélica a menos de 10 metros da sua casa, onde toda noite tem berros débil mentais e música da pior qualidade? Não?! Eu imaginei.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Stan disse:

 

Agora uma pergunta básica: vc tem uma igreja evangélica a menos de 10 metros da sua casa, onde toda noite tem berros débil mentais e música da pior qualidade? Não?! Eu imaginei.

Não há uma Lei do Ruído aí no Brasil? 

Consegue melhorar o isolamento sonoro de sua casa? 

Consegue mudar de casa?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
17 minutos atrás, Stan disse:

Mais uma vez julgando pela sua realidade.

A minha realidade? Você deve pensar que aqui eu vivo rodeado por gente racional, culturalmente evoluida e emocionalmente equilibrada...:rolleyes:

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 minutos atrás, Stan disse:

 

Não quero a sociedade dos meus sonhos. Acontece que a porcentagem de religiosos estúpidos está num nível tão intolerável que me afeta em diversos atos da vida civil.

"Se não os consegue vencer, ou não os quer vencer, afaste-se deles." SisiphusEpicurus

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
48 minutos atrás, Sisiphus disse:

Não há uma Lei do Ruído aí no Brasil? 

Consegue melhorar o isolamento sonoro de sua casa? 

Consegue mudar de casa?

- kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, aqui na minha cidade, quando se chama a polícia por barulho, eles não vem. E quando se reclama na prefeitura, eles não fazem nada. E quando se entra na justiça, não dá em nada e o barulho continua.

- O calor não permite isolar nada. E ar-condicionado é impossível pagar. (quem dera o barulho da igreja fosse maior que o dos traficantes fazendo arruaça).

- De maneira alguma (nem vendendo meus órgão). 

42 minutos atrás, Sisiphus disse:

A minha realidade? Você deve pensar que aqui eu vivo rodeado por gente racional, culturalmente evoluida e emocionalmente equilibrada...:rolleyes:

Pelo jeito que você fala "suporte", "adapte-se" "se afaste". Como se fosse possível. Como seu eu fosse um milionário que não precisasse trabalhar. Para eu me afastar dessa realidade que vivo, só cavando um buraco e me enterrando.  

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
24 minutos atrás, Stan disse:

 

Pelo jeito que você fala "suporte", "adapte-se" "se afaste". Como se fosse possível. Como seu eu fosse um milionário que não precisasse trabalhar. Para eu me afastar dessa realidade que vivo, só cavando um buraco e me enterrando.  

Afastar não apenas no sentido fisico, mas sobretudo mentalmente. É isso que o Montaigne aprendeu dos estoicos e depois aplicou na sua vida. Aprender a sabedoria de guiar-te a ti próprio.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É curioso ver essa discussão de vcs. Uma vez fui chamado de "fútil" e "superficial" por conta da minha completa falta de importância/preocupação em relação ao que os outros pensam de mim. Até de "alienado social" já fui chamado. Se eu for tudo isso mesmo então para mim são atributos positivos pois eu vou na contramão do que o Stan disse aí acima e não me afeta em nada (psicologicamente ou sentimentalmente) o que os outros acham ou pensam de mim. Minha única preocupação seria se a nação se tornasse uma teocracia nas mãos de um maluco como o Bolsonaro e a minha pessoa corresse até riscos por conta da minha descrença. Aí sim poderia-se dizer que os outros me preocupariam. 

 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora