Allan

Sobre o que é o verdadeiro feminismo?

125 posts neste tópico

6 horas atrás, Allan disse:

vou ler obrigado! meu inglês não é dos melhores google tradutor a parte mas eu vou ler haha

O exemplo em inglês é bem fácil  traduzir no Google. Já a necessidade do feminismo nas sociedades é indiscutível. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 17/03/2017 at 10:14, Russell disse:

Eu acho que pessoas como vc e o Sisiphus (e uma parte imensa da população) apenas correspondem com o ranço macho-patriarcal cristão que ainda existe numa sociedade que há milênios tem como "normal" as diferentes referências comportamentais entre gêneros aqui discutidas. 

Eu me expressei como um "cristão macho-patriarcal" mas deixo me apresentar saiba que nem heterossexual eu sou, justamente porque eu sou bissexual estou tentando ser o mais cético possível porque o meu "destino" é ser um feminista alienado, então por favor não me chame de macho-patriarcal cristão, acho que parte de ser um heterossexual é aceitar esse papel, até porque se não fosse a doutrinação cristã e a cultura machista eu acho que a maioria das pessoas seriam bissexuais... não sei ou não? só não quero que o heterossexualismo acabe, mesmo não sendo hétero eu defendo a liberdade acima de tudo, não quero me limitar ao meu rótulo que seria tipo bi, esquerdista, ateu, mas na verdade só o que eu tenho é incertezas... 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 17/03/2017 at 16:09, Dimas B L disse:

O exemplo em inglês é bem fácil  traduzir no Google. Já a necessidade do feminismo nas sociedades é indiscutível. 

De fato estou começando a traçar os limites do meu ceticismo e ignorância... obg!

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 17/03/2017 at 16:07, Dimas B L disse:

Quanto mais atitudes machistas em mulheres, mais reforça a necessidade de luta contra a misoginia e desigualdade entre homens e mulheres. Seria quase o mesmo que as pessoas de 2 séculos atrás criticarem os abolicionistas por haver negros (como os capitães do mato, por exemplo) racistas. Se bem que existem muitos desinformados, para ser educado, que alegam que houve escravidão branca(:huh:) e por isso não deveria haver luta contra o racismo e sim contra crimes e injustiças :wacko:

Sim concordo totalmente, só o que eu busco entender é: Onde está o limite? até que ponto a ideologia feminista está deixando de ser uma causa nobre? sabe?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 17/03/2017 at 09:46, Russell disse:

Na verdade eu nem me referi a luta, mas na total diferenciação que se dá aos casos que citei, diferenciação essa que só existe exclusivamente por conta da nossa cultura. Eu na verdade nem em monogamia acredito, seja a pessoa homem ou mulher.  

ok entendi e também não acredito em monogamia

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 17/03/2017 at 10:03, Russell disse:

Bem, eu não vejo desta forma pois não me refiro aos radicais. Como eu disse numa postagem anterior, os radicais estão em todos os assuntos mas eu me baseio apenas na parte equilibrada da questão (no feminismo necessário, apenas nele). É óbvio que se a coisa se transformasse no cenário que vc está insinuando eu também iria criticar negativamente.   

concordo, mas aqui no Brasil não vejo muito o feminismo equilibrado

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 14/03/2017 at 09:16, Brancaleone J disse:

...sou machista sim - e quem não é ( claro, esqueci aqui sempre tem os perfeitões que são lindos, ricos, fôfos,, de moral ilibada e notório saber das coisas da vida...)

Você é muito menos hipócrita do que muitos e isso é admirável...  é raro alguém que não tem medo de não ser aceito (inclusive minha vida toda tive esse problema de tentar preencher o que não é aceitável com hipocrisia), mas deixo lhe perguntar "sou machista sim" isso se aplica ao racismo? (não estou afirmando, mas sim perguntando mesmo) 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
41 minutos atrás, Allan disse:

concordo, mas aqui no Brasil não vejo muito o feminismo equilibrado

O problema é que os radicais acabam se sobressaindo mais, mas se vc participar de grupos feministas irá ver que dentro deles há um sem fim número de pessoas que também criticam os radicais. Não sei se vc sabe mas quem começou a usar o termo "feminazi" foi uma mulher feminista de uma ONG carioca. Ela também não tolerava os radicais e quando vc passa a conhecer a luta das feministas coerentes, começa a descobrir um monte de divergência entre elas e as feministas radicais. Em um dos artigos dela ele escreveu: "o feminismo que luto não tem a ver com a proibição de cavalheirismo e coisas do tipo". É uma frase curta mas que custou muito à ela em termos de ser xingada de tudo o que é nome. As feminazis não perdoaram.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Agora, Russell disse:

O problema é que os radicais acabam se sobressaindo mais, mas se vc participar de grupos feministas irá ver que dentro deles há um sem fim número de pessoas que também criticam os radicais. Não sei se vc sabe mas quem começou a usar o termo "feminazi" foi uma mulher feminista de uma ONG carioca. Ela também não tolerava os radicais e quando vc passa a conhecer a luta das feministas coerentes, começa a descobrir um monte de divergência entre elas e as feministas radicais. Em um dos artigos dela ele escreveu: "o feminismo que luto não tem a ver com a proibição de cavalheirismo e coisas do tipo". É uma frase curta mas que custou muito à ela em termos de ser xingada de tudo o que é nome. As feminazis não perdoaram.

Nossa! não sabia disso vou pesquisar sobre isso. Obrigado!

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Agora, Allan disse:

Nossa! não sabia disso vou pesquisar sobre isso. Obrigado!

Só pra vc ter uma ideia, existem feministas que brigam entre si por pensarem completamente diferente.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Agora, Russell disse:

Só pra vc ter uma ideia, existem feministas que brigam entre si por pensarem completamente diferente.

Sim sim eu exagerei e muito nas minha insinuações...

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Russell disse:

Só pra vc ter uma ideia, existem feministas que brigam entre si por pensarem completamente diferente.

Pra você ver, com tanta rola por aí... 

ASHUASHAASHUASHAASHUASHAASHUASHAASHUASHAASHUASHAASHUASHA

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 14/03/2017 at 19:23, lonewolf disse:

Em termos de traição quando um homem trai ele é um safado vagabundo, e a traída é uma vitima, como deve ser. Quando se inverte as posições, o homem é que era um frouxo que não dava assistência direito e por isso a mulher traiu, o corno marido vai ser achincalhado o resto da vida, em qualquer discussão o chifre volta na cabeça dele.

Na verdade, o homem nunca trai, apenas ilude, hehe.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Ricardo Sandre disse:

Na verdade, o homem nunca trai, apenas ilude, hehe.

Ilude nada, esse jogo é tipo "don't ask, don't tell" :P

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ou então o q os olhos não vê, o coração não sente, hehe

Mas na verdade se alguém for pego com a boca na botija pela sua amada, tem uma saída salvadora:

"Vc não vai acreditar, mas não é nada disso do q vc está vendo. Se trata de um terrível engano. É tudo ilusão." :P

Tem q negar até o fim. Uma ilusão repetida milhares de vezes se torna um fato inconteste, hehe

As pessoas no geral não gostam de noticia ruim, pois se não fosse assim não existiria religião. :D

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Allan disse:

Sim concordo totalmente, só o que eu busco entender é: Onde está o limite? até que ponto a ideologia feminista está deixando de ser uma causa nobre? sabe?

Simples, quando as propostas envolvem atos e discursos que contradizem o movimento.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, Allan disse:

Você é muito menos hipócrita do que muitos e isso é admirável...  é raro alguém que não tem medo de não ser aceito (inclusive minha vida toda tive esse problema de tentar preencher o que não é aceitável com hipocrisia), mas deixo lhe perguntar "sou machista sim" isso se aplica ao racismo? (não estou afirmando, mas sim perguntando mesmo) 

Veja bem, ser machista  para mim não é a mesma coisa que pros outros. Tambem me defino como reacionário e conservador mas  conforme minhas definições destas palavras.

Por exemplo:

Reacionário: Um sujeito que ta cansado de saber que as revoluções quase sempre  fazem as coisas ficarem piores que estão...

Conservador: Um sujeito que sabe que  algumas   novas  idéias vão dar em belas e grandes  merdas...

Machista: Um sujeito que sabe o que é uma mulher e a trata como tal ou seja, semelhante a voce mas com algumas maravilhosas diferenças. Ele não as discrimina, não as diminuí mas ainda adora pagar a conta, abrir a porta do carro, mandar flores no outro dia, ajudar a lavar a louça e até carrega objetos pesados para elas mas faz isso porque  sabe que em algumas coisas somos não melhores, mas mais fortes...

E como já escrevi aqui, defendo e aprecio todos os movimentos femininos, especialmente os dos quadris...

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
36 minutos atrás, Brancaleone J disse:

Veja bem, ser machista  para mim não é a mesma coisa que pros outros. Tambem me defino como reacionário e conservador mas  conforme minhas definições destas palavras.

Por exemplo:

Reacionário: Um sujeito que ta cansado de saber que as revoluções quase sempre  fazem as coisas ficarem piores que estão...

Conservador: Um sujeito que sabe que  algumas   novas  idéias vão dar em belas e grandes  merdas...

Machista: Um sujeito que sabe o que é uma mulher e a trata como tal ou seja, semelhante a voce mas com algumas maravilhosas diferenças. Ele não as discrimina, não as diminuí mas ainda adora pagar a conta, abrir a porta do carro, mandar flores no outro dia, ajudar a lavar a louça e até carrega objetos pesados para elas mas faz isso porque  sabe que em algumas coisas somos não melhores, mas mais fortes...

E como já escrevi aqui, defendo e aprecio todos os movimentos femininos, especialmente os dos quadris...

 

Reacionário: Aquele que defende valores e ideias do passado, em desacordo com o vigente. E tem razão, as Revoluções Industriais, a Revolução Americana, a Revolução Francesa, e todas que geraram independências ou que instituíram repúblicas, só pioraram as coisas. 

Conservador : pessoa que é resistente a mudanças, que não aceita inovações. Mas novamente você está certo, pois essas suas ideias a respeito de semântica e principalmente política, história e economia, são uma merda.

Machista: aquele que pauta sua conduta pelo machismo (essa é de dicionário mesmo):  E fez barba, cabelo e bigode. Em algumas coisas somos melhores ( e mais fortes mesmo), tais como o Brasil estar no 5º lugar no ranking de países em que homens matam mulheres; que dos 4.762 assassinatos de mulheres registrados em 2013 no Brasil, 50,3% foram cometidos por familiares, sendo que em 33,2% destes casos, o crime foi praticado pelo parceiro ou ex. Essas quase 5 mil mortes representam 13 homicídios femininos diários em 2013; que a taxa de assassinatos de mulheres negras aumentou 54% em dez anos, passando de 1.864, em 2003, para 2.875, em 2013. E por aí vai.
O que me deixa perplexo, para ser educado, é a total alienação dos fatos, dando exemplos do próprio umbigo para tratar desse assunto. Cada vez me lembro mais da minha pobr avó.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, Dimas B L disse:

o Brasil estar no 5º lugar no ranking de países em que homens matam mulheres; que dos 4.762 assassinatos de mulheres registrados em 2013 no Brasil, 50,3% foram cometidos por familiares, sendo que em 33,2% destes casos, o crime foi praticado pelo parceiro ou ex. Essas quase 5 mil mortes representam 13 homicídios femininos diários em 2013; que a taxa de assassinatos de mulheres negras aumentou 54% em dez anos, passando de 1.864, em 2003, para 2.875, em 2013. E por aí vai.
O que me deixa perplexo, para ser educado, é a total alienação dos fatos, dando exemplos do próprio umbigo para tratar desse assunto. Cada vez me lembro mais da minha pobr avó.

Por algum motivo, e eu não sei a resposta, alguns colegas não consideram esses números provenientes de uma cultura escrotamente machista. Sem mencionar o lado da posse sexual, aquele que abre um leque para muitos comportamentos e hábitos muito machistas aqui no Brasil e o Sisiphus acha que eu dou muita importância toda vez que discutimos o assunto. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, Dimas B L disse:

Conservador : pessoa que é resistente a mudanças, que não aceita inovações. 

É mesmo, eu e todos os outros conservadores continuamos usando TV's a válvula porque odiamos inovações. <_<

Conservador não é resistente a mudanças e aceita inovações numa boa, o que conservadores não toleram é a ideia progressista de destruir todas as instituições nas quais a sociedade é estabelecida em prol de uma visão ufanista, fantasiosa e não raro trágica de utopia que precisa que tais instituições desapareçam para poder ser implementada.

Mudanças graduais que as próprias pessoas adotam de livre e espontânea vontade por serem melhores opções que as anteriores são muito bem vindas, sistemas e fórmulas mágicas que prometem acabar com as mazelas humanas e seus líderes auto-proclamados iluminados salvadores da pátria não.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, Russell disse:

Por algum motivo, e eu não sei a resposta, alguns colegas não consideram esses números provenientes de uma cultura escrotamente machista. Sem mencionar o lado da posse sexual, aquele que abre um leque para muitos comportamentos e hábitos muito machistas aqui no Brasil e o Sisiphus acha que eu dou muita importância toda vez que discutimos o assunto. 

Acho que está simplesmente simplificando demasiadamente a correlação entre o machismo e o assassínio das mulheres. Na minha opinião as causas dessas mortes (não é só no Brasil) devem ser bem estudadas e analisadas, e não nos limitarmos a seguirmos apenas as conclusões de determinadas organizações que por vezes possuem agendas ideológicas tendenciosas. Eu penso que há algo mais profundo que está acontecendo, e que está levando cada vez mais a um afastamento entre os géneros, algo que proporciona um aumento da conflituosidade e da falta de ternura entre ambos.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, lightman disse:

Conservador não é resistente a mudanças e aceita inovações numa boa, o que conservadores não toleram é a ideia progressista de destruir todas as instituições nas quais a sociedade é estabelecida em prol de uma visão ufanista, fantasiosa e não raro trágica de utopia que precisa que tais instituições desapareçam para poder ser implementada.

Penso que o usuário Dimas estava se referindo a conservadores retrógrados, aqueles que insistem, por exemplo, a se intrometerem nas relações que sequer lhes dizem respeito, como votar contra a união civil de pessoas do mesmo sexo. Além do mais há uma diferença entre conservadorismo social/comportamental, este sim altamente relativo e cheio de pensamentos divergentes, e adaptação tecnológica. Penso que são assuntos distintos. O exemplo que vc deu usando a TV antiga é meio estranho pois não vejo como alguém em sã consciência iria preferir uma TV a válvula com uma imagem ruim e consumidora maior de energia a uma TV de tela finíssima, imagem 8K, som surround e com um baixíssimo gasto de energia. Mas enfim...

Citar

Mudanças graduais que as próprias pessoas adotam de livre e espontânea vontade por serem melhores opções que as anteriores são muito bem vindas, sistemas e fórmulas mágicas que prometem acabar com as mazelas humanas e seus líderes auto-proclamados iluminados salvadores da pátria não.

Aí adentramos na parte mais relativa da questão. Hoje, por exemplo, temos uma sociedade (nação) divida onde a metade quer uma coisa e a outra metade quer o oposto. A eleição de 2014 deixou isso bem claro. O incrível e bizarro crescimento do nome Lula para 2018, idem.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora