Allan

Sobre o que é o verdadeiro feminismo?

125 posts neste tópico

Então pessoal eu não sei se essa categoria está correta, mas penso que religião é toda ideologia da qual não existe questionamento certo? então com base nisso fiz o tópico nessa categoria ( inclusive eu tento ao máximo sair do que eu acredito e mudar minha opinião se caso eu estiver errado), pois bem não existe como negar que o feminismo mudou a cultura, eu ouço falar por defensores da ideia a seguinte frase " na verdade existe o verdadeiro feminismo que prega igualdade de gêneros"  decidi entrar em páginas feministas e tirar minhas próprias conclusões que foi a seguinte: algumas eram mais fanáticas e extremistas (ódio assumido do gênero masculino) mas em geral o que eu notei é que as páginas menos alienadas e mais mente aberta e mais próximas do que teoricamente deveria ser o feminismo tem em comum é o seguinte aspecto: não é sobre direitos iguais, mas sim sobre as mulheres dominar os homens no relacionamento e no ato sexual. Vocês acham que por traz de tudo o que elas e eles (normalmente os homens que apoiam verdadeiramente são gays que podem ser submissos também) defendem é a ebulição dos submissos sexuais? é tudo sobre sexo? quer dizer em geral feministas tem preconceito de aceitarem a submissão sexual? se escondem diante disso para justificar um hipérbole desenfreado de banalização do estupro e opressão? o verdadeiro feminismo é só mais uma utopia que não pode ser aplicada mais uma vez pela imaturidade humana?   

 

se eu bostejei me questionem, estou aqui mais pra aprender haha sou bem novo como um cético, alguém já disse aqui " ser ateu é fácil, difícil é ser cético" e eu realmente estou entendendo isso.. enfim sintam-se a vontade para dizimar meus equívocos e ignorância...

obrigado! 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Todo movimento tem radicais e gente que desvirtua o âmago essencial da questão (seja ela qual for) e no feminismo não é diferente. Contudo o feminismo foi e ainda é muito importante, principalmente numa das sociedades mais machistas que existe (a nossa). 

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Russell disse:

...principalmente numa das sociedades mais machistas que existe (a nossa). 

Tivemos uma mulher presidentA, as mulheres podem votar e tem direitos a mais que os homens como licença maternidade, dispensa do serviço militar obrigatório, preferência na guarda dos filhos em caso de separação e menos tempo para se aposentar, em média nossas mulheres tem melhor escolaridade que os homens, compare isso com qualquer lixo islâmico aonde elas não podem nem trabalhar, não tem direito a nada sequer a de presunção de inocência quando são estupradas e levam tiro na cabeça se tentam ir a escola.

Sendo assim a acusação de que somos uma das sociedades mais machistas que existem não tem razão de ser, não estamos nem perto disso.

2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem, me referi ao machismo em termos culturais. Talvez o seu círculo social seja diferenciado e progressista, o que é raro no Brasil, mas eu me considero uma exceção quando me comparo aos meus amigos homens. Eles são muito machistas em todos os aspectos, a maioria irritantemente machista. Todos eles ainda vivem na época do "homem pode, a mulher não". Na verdade eu nem sei como uma mulher consegue conviver com esses caras, caras que em momentos de discussão apelam para o "escuta aqui, a palavra final é minha e ponto". 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O machismo não está ausente em nosso país mas comparado com os outros, especialmente os islâmicos, as mulheres vivem muito bem em termos de cidadania e liberdade, logo, discordo da acusação de que o nosso país seria um dos mais machistas do mundo, não tenho números mas duvido que o Brasil seria um dos top 10 nesse quesito.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Russell disse:

me considero uma exceção quando me comparo aos meus amigos homens. Eles são muito machistas em todos os aspectos, a maioria irritantemente machista. Todos eles ainda vivem na época do "homem pode, a mulher não". Na verdade eu nem sei como uma mulher consegue conviver com esses caras, caras que em momentos de discussão apelam para o "escuta aqui, a palavra final é minha e ponto". 

Nessas reuniões com seus amigos o cheiro de chifres queimados deve ser bem forte :lol::lol:

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, lightman disse:

O machismo não está ausente em nosso país mas comparado com os outros, especialmente os islâmicos, as mulheres vivem muito bem em termos de cidadania e liberdade, logo, discordo da acusação de que o nosso país seria um dos mais machistas do mundo, não tenho números mas duvido que o Brasil seria um dos top 10 nesse quesito.

Bem, quando eu disse um dos mais machistas do mundo não estava também me referindo a números, de fato não os tenho, mas apenas me expressei dessa forma para evidenciar o esdrúxulo machismo que ainda incide aqui.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Atik Yomin disse:

Nessas reuniões com seus amigos o cheiro de chifres queimados deve ser bem forte :lol::lol:

A parte sexual assim como a própria questão social que está envolta no assunto sexual é sim uma das mais fortes formas de se perceber o quão o machismo é forte dentro da cabeça das pessoas. Por mais que digam que "hoje não é mais assim", ainda é infinitamente incomparável a diferença entre a questão do chifre feminino e o chifre masculino. Eu tenho dois amigos juízes casados e relativamente jovens (37 e 42 anos) que na hora do happy hour e do chopinho declaram que sentem saudades da lei que incriminava a mulher adúltera mas eles próprios são aqueles garanhões que não podem ver um rabo de saia que levam para o motel. E lá no fundo da mente de um cidadão desses reside a forte convicção que ele está correto e que não há nada de incoerente na sua forma de pensar, alegando ainda que só "viados" entram nessa de defender o feminismo e o mesmo direito da mulher em ter desejos e também "pular a cerca". Obviamente nunca levo esse tipo de discussão adiante com eles e com os outros tantos que pensam igual pois seria inutilmente desgastante.  

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não posso ser machista. Aqui em casa são tres mulheres(49, 20 e 10 anos) - qualquer laivo  de exacerbação machista é contra atacado com uso desproporcional de força.... Tipo assim retaliação israelense a pedrada de menino palestino...

Mas noves-fora-resta-um,  sou machista sim - e quem não é ( claro, esqueci aqui sempre tem os perfeitões que são lindos, ricos, fôfos,, de moral ilibada e notório saber das coisas da vida...) Mas falando (ou escrevendo) dos normais: somos machistas condescendentes  sim ou seja, defendemos  o feminismo porque  como somos machos, temos que ajudar a defender, mais ou menos isso.

Os melhores chefes que tive foram mulheres.

Os melhores empregados tambem.

Sem ofensa homarada, mas tem atividades que não serve pra voces.

Operar máquinas é uma delas.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

As mulheres conquistaram muitos direitos nos últimos 40 anos, pelos direitos igualitários entre os sexos, mais por conta do trabalho, hoje muitas vezes por assédio sexual. Já soube casos em que a mulher poderia ficar sem o emprego caso não saísse com o patrão. Acontece.

Uma tal de Marilyn French disse uma vez: ``todos os homens são violadores e é isso que eles são. Eles nos estupram com seus olhos, suas leis e suas culturas``. 

Aqui na minha cidade criaram um vagão de trem exclusivamente para mulheres, chamado `´vagão rosa``(risos). Motivo, muitas mulheres eram vítimas de estupro, pois só pelo fato de passar de lado e se encostar nelas mesmo em um trem lotado, já se caracteriza um estupro. Tempo depois, fizeram uma grande passeata nas ruas da cidade, os chamados MOVIMENTOS FEMINISTAS, pedindo respeito, educação, segurança..etc. então, as feministas estavam semi-nuas com rostos e seios pra fora pintados, só não vi uma beijando a outra, mas quase tudo rolou. Não tenho nada contra, cada um faz manifestações como quiser e bem entende. Só acho meio estranho. Mas eu penso o seguinte, meninos tem o seu lugar, brincam de bonecos, e meninas também tem o seu lugar, brincam de bonecas e não precisa ser boneca Barbie, Rss..rs.. mas isso vai da cabeça de cada um. Somos livres.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
19 horas atrás, Russell disse:

Bem, me referi ao machismo em termos culturais. Talvez o seu círculo social seja diferenciado e progressista, o que é raro no Brasil, mas eu me considero uma exceção quando me comparo aos meus amigos homens. Eles são muito machistas em todos os aspectos, a maioria irritantemente machista. Todos eles ainda vivem na época do "homem pode, a mulher não". Na verdade eu nem sei como uma mulher consegue conviver com esses caras, caras que em momentos de discussão apelam para o "escuta aqui, a palavra final é minha e ponto". 

Concordo com tudo o que disse.  O problema é que se criou por "osmose" midiática e ideológica, um vínculo quase religioso entre o feminismo e os "esquerdopatas". Fui a Londres a 2 anos atrás e mesmo os mais conservadores (entre uma geração mais jovem, é claro), reconhecem a desigualdade que ainda persiste na cultura ocidental. Aqui não é só pior porque a sociedade é mais machista e misógina e sim porque até parte dos que não são, acham (pra ser educado, pois o correto é muito mais ofensivo), que feminismo é coisa de comunista ou similar. Esse país tem mais gente alienada que pode comportar. 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em termos de traição quando um homem trai ele é um safado vagabundo, e a traída é uma vitima, como deve ser. Quando se inverte as posições, o homem é que era um frouxo que não dava assistência direito e por isso a mulher traiu, o corno marido vai ser achincalhado o resto da vida, em qualquer discussão o chifre volta na cabeça dele.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
36 minutos atrás, lonewolf disse:

Quando se inverte as posições, o homem é que era um frouxo que não dava assistência direito e por isso a mulher traiu, o corno marido vai ser achincalhado o resto da vida, em qualquer discussão o chifre volta na cabeça dele.

E quem achincalha o corno?

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Qualquer um que souber de sua cornitude, homens e mulheres.  

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
20 horas atrás, Russell disse:

Na verdade eu nem sei como uma mulher consegue conviver com esses caras, caras que em momentos de discussão apelam para o "escuta aqui, a palavra final é minha e ponto". 

É que elas adoram ser subjugadas. 

Aí vem uma feminista e acha que ser subjugada é ser estuprada. Esse é o verdadeiro feminismo no Brasil ( e tá respondida a pergunta do tópico!).

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 minutos atrás, lonewolf disse:

Qualquer um que souber de sua cornitude, homens e mulheres.  

Proporcionalmente, mais homens ou mais mulheres?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quem acha que o feminismo tem a ver com traição, só reforça os argumentos do Russell. 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
19 minutos atrás, Atik Yomin disse:

Proporcionalmente, mais homens ou mais mulheres?

99,99% são mulheres de acordo com a pesquisa datafolha sobre achincale de cornos e afins. Porque existem centenas de pesquisas sobre isso, então é seguro afirmar.

17 minutos atrás, Dimas B L disse:

Quem acha que o feminismo tem a ver com traição, só reforça os argumentos do Russell. 

Aonde alguém disse que se trata somente disso, pode citar?

Comentaram sobre o assunto e fiz uma observação bem humorada, nada mais que isso, não houve afirmação que feminismo é sobre isso. Mesmo assim não deixa de ter um fundo de verdade no que eu disse.

 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, lonewolf disse:

99,99% são mulheres de acordo com a pesquisa datafolha sobre achincale de cornos e afins. Porque existem centenas de pesquisas sobre isso, então é seguro afirmar.

Fonte? Por que procurei no google (inclusive em inglês, que é melhor que as fontes em português) e não achei nada. Reitero: só uma fonte.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

sarcasm.jpg

Não achei que precisaria usar uma placa de sarcasmo com pessoas inteligentes. Ou mesmo que alguém esteja discutindo seriamente sobre achincale de cornos e iria precisar de uma fonte segura para averiguar a taxa de gêneros envolvidos em tirar um sarro com pessoas traídas. Achei que bastava colocar datafolha que estava certo que não precisa confiar.

Mas que droga me pegaram no flagra, não tenho fontes cientificas de pesquisas que monitoram isso.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, lonewolf disse:

Não achei que precisaria usar uma placa de sarcasmo com pessoas inteligentes. [blábláblá] Mas que droga me pegaram no flagra, não tenho fontes cientificas de pesquisas que monitoram isso.

Disculpaê, minha bola de cristal tá com defeito, da próxima vez coloque um smile pra facilitar a comunicação... Anyway, só estou jogando o seu jogo, Lobo Solitário: cê não é o cara todo “racional” que desdenha arte e outras “baboseiras”, dizendo que é coisa besta? ... Beleza, vou desconsiderar tudo o que você escreve a partir de agora.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 minutos atrás, Atik Yomin disse:

que desdenha arte e outras “baboseiras”, dizendo que é coisa besta?

Nunca desdenhei de arte e considerei baboseira. Considero baboseira usar arte como uma forma de evidência para algo sobrenatural ou transcendente, assim como acho bobeira usar sentimentos para o mesmo fim. Creio que você não me compreendeu, arte é arte e não é prova de coisa alguma, o quanto você se emociona com a capela sistina ou a estatua de poseidon não me diz nada.

Quanto a desconsiderar o que escrevo é uma escolha unilateral sua e você tem todo direito de recorrer a isso. Meio desnecessário mas fazer o que, faço por merecer.

Tentarei no futuro usar emojis que são mais práticos que placas de sarcasmo, mas achei que era evidente.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora