Guy Fawkes

Estaria A Humanidade Sem Rumo ?

19 posts neste tópico

Estaria a humanidade sem rumo ? Uma pergunta simples, mas com resposta variante se feita para alguém pessimista ou otimista. Mas e se tentarmos responder com uma visão realista ? É fato que se comparar a humanidade de hoje com a de 500 anos atrás, veremos progresso. Mas se aprofundarmos um pouco mais no estudo da vida humana veremos que o progresso varia conforme os valores éticos, morais e culturais impostos sobre uma determinada "sociedade", basta comparar o Egito Antigo e a Idade Média, ambas com valores morais "diferentes" mas se postos em uma linha cronológica o "regresso" é bem explícito do Egito A.C até a Idade Média D.C. Eventualmente eu observo alguns ateus dizendo que não vê nenhum avanço na humanidade se não existisse religião, mas não seria a religião um dos fatores principais do etnocentrismo ? Eu particularmente "acredito" que lentamente a humanidade caminha para a extinção, podem me chamar de pessimista mas a realidade (que eu vejo) é esta, existem muitos tipos de governo e todos são falhos, hoje em dia as pessoas enxergam a morte como algo eventual e justificável (acho que pela crença, que as fazem pensar que a morte não é o fim da existência.) devido a isso certamente é "comum" observar as pessoas se matarem em nome de algum "valor" ou uma "opinião" pessoal. E se observamos o mundo hoje em dia veremos que o planeta Terra não é mais um lugar "perfeito" para se viver como 5000 anos atrás, os recursos naturais lentamente se esgotam, a temperatura da Terra aumenta a cada ano, buracos na camada de ozônio surgem a cada movimento industrial intenso e quase ninguém esta preocupado com isso, parece que a mediocridade e o egoísmo é algo natural nas mentes das pessoas. Claro que também há pessoas "boas" nesse mundo, que realmente pensa e trabalha para o avanço da humanidade, mas são minorias e provavelmente sem poder nenhum. Por isso minha resposta para a primeira pergunta que fiz é: Sim, a humanidade está sem rumo. (Por uma visão realista penso eu).

Agora novamente pergunto para vocês, e espero que respondam com o máximo de sinceridade e sensatez possível.

Estaria a humanidade sem rumo ?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vish, difícil essa pergunta hein.:P

Vamos lá, se existe um Rumo? Eu diria que sim, o mesmo de sempre, crescei e multiplicai-vos, para o bem ou para o mau ainda não conseguimos nos desatrelar desses instintos primordiais e seguir algo diferente como um todo.

16 minutos atrás, Guy Fawkes disse:

Mas se aprofundarmos um pouco mais no estudo da vida humana veremos que o progresso varia conforme os valores éticos, morais e culturais impostos sobre uma determinada "sociedade", basta comparar o Egito Antigo e a Idade Média, ambas com valores morais "diferentes" mas se postos em uma linha cronológica o "regresso" é bem explícito do Egito A.C até a Idade Média D.C.

Essa não é uma boa analogia, pois a "evolução" material e social humana não regrediu como um todo, o que houve foi um regresso na Europa quando comparado ao Império romano ocidental e quando se imagina o que poderia ser, se o império não tivesse caído, porém o resto do mundo ia muito bem para os padrões da época. Apesar de o exemplo ter valor ao demonstrar que uma grande civilização pode eventualmente regredir, mesmo que momentaneamente(apesar da magnitude da "regressão" da idade média ser algo extremamente discutido entre historiadores). 

16 minutos atrás, Guy Fawkes disse:

 Eventualmente eu observo alguns ateus dizendo que não vê nenhum avanço na humanidade se não existisse religião, mas não seria a religião um dos fatores principais do etnocentrismo ?

Não sei afirmar qual o papel real da religião no avanço da humanidade, pois para quem não tem tanto conhecimento histórico acho que seja injusto em retrocesso avaliar objetivamente, pois definir aonde a religião nos impediu de prosseguir é muito mais fácil do que aonde ela nos impulsionou a frente. Quanto ao Etnocentrismo, não acho que a religião cause isso, apenas como em muitas outras coisas nos fazer focar em instintos básicos como o do tribalismo, e no fim todas as religiões abraâmicas tem em suas escrituras a possibilidade de interpretação de que somos todos filhos de Deus, até mesmo no judaísmo se tentar muito.

Citar

Eu particularmente "acredito" que lentamente a humanidade caminha para a extinção, podem me chamar de pessimista mas a realidade (que eu vejo) é esta, existem muitos tipos de governo e todos são falhos, hoje em dia as pessoas enxergam a morte como algo eventual e justificável (acho que pela crença, que as fazem pensar que a morte não é o fim da existência.) devido a isso certamente é "comum" observar as pessoas se matarem em nome de algum "valor" ou uma "opinião" pessoal. E se observamos o mundo hoje em dia 

Não foi sempre assim? Com a diferença que antes a qualidade de vida era mínima.

Citar

E se observamos o mundo hoje em dia veremos que o planeta Terra não é mais um lugar "perfeito" para se viver como 5000 anos atrás, os recursos naturais lentamente se esgotam, a temperatura da Terra aumenta a cada ano, buracos na camada de ozônio surgem a cada movimento industrial intenso e quase ninguém esta preocupado com isso, 

Bem temos também graça ao avanços que causaram esses "esgotamentos" a capacidade de entender e agir sobre esses problemas. Quanto a "quase ninguém esta preocupado com isso" me parece uma afirmação exagerada, porém eu entendo o sentimento. "perfeito" para quem? Se for para o ser humano, não existe momento melhor para se viver do que agora.

Citar

parece que a mediocridade e o egoísmo é algo natural nas mentes das pessoas.

Sim, assim como a empatia e a racionalidade que nos ajudou a chegar aonde chegamos.

Citar

 Claro que também há pessoas "boas" nesse mundo, que realmente pensa e trabalha para o avanço da humanidade, mas são minorias e provavelmente sem poder nenhum.

Novamente essa afirmação me parece exagerada. Não sei o que considera como uma pessoa "boa", porém quanto as pessoas que trabalham para o avanço da humanidade, esses seriam necessariamente minorias pois o mesmo exige a capacidade e a oportunidade de fazer o mesmo. Veja, para continuarmos nessa questão ajudaria se você elaborasse o que considera serem pessoas "boas, que realmente pensa e trabalha para o avanço da humanidade".

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu, sinceramente, estou é farto de ver pessoas a carburar a tédio e depois escrevem textos catastrofistas num fórum na internet, com intenção, inconsciente, de vazar essas frustrações. Ler, conhecer, não. A Wikipédia não faz o trabalho. Posso indicar, para quem tenha curiosidade, um pensador, europeu, interessante, e que penso responder, precisamente, a muito do que é levantado neste tópico: Francesco Alberoni. O seu «estado nascente». É ler e reflectir.

O pessimismo nunca levou a lado nenhum.

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 horas atrás, AMH disse:

Eu, sinceramente, estou é farto de ver pessoas a carburar a tédio e depois escrevem textos catastrofistas num fórum na internet, com intenção, inconsciente, de vazar essas frustrações. Ler, conhecer, não. A Wikipédia não faz o trabalho. Posso indicar, para quem tenha curiosidade, um pensador, europeu, interessante, e que penso responder, precisamente, a muito do que é levantado neste tópico: Francesco Alberoni. O seu «estado nascente». É ler e reflectir.

O pessimismo nunca levou a lado nenhum.

Concordo; a maioria das choraminguices dos profetas da catástrofe-iminente ou do antigamente-é-que-era-bom-agora-não-há-valores-é-tudo-ruindade é mais um reflexo do que lhes vai na alma do que sobre aquilo que é o mundo. Muita da literatura e da filosofia do século passado estava cheio desta sombria e deprimente visão do mundo. Quanto a mim, tenho escolhido fechar para sempre qualquer livro mal me apercebo do pessimismo choramingas do autor. Puta que pariu os Kafkas, Kierkegaards, Schopenhauers, etc. não nos bastam os problemas reais que de vez enquando se nos atravessam na nossa vida, que ainda vêm estas bestas neuróticas, nos aborrecer com as suas feridas psicológicas (se é que não é apenas fingimento).

Remédio para o Pessimismo

Queixas-te porque não encontras nada a teu gosto? 
São então sempre os teus velhos caprichos 
Ouço-te praguejar, gritar e escarrar... 
Estou esgotado, o meu coração despedaça-se. 
Ouve, meu caro, decide-te livremente. 
A engolir um sapinho bem gordinho, 
De uma só vez e sem olhar. 
É remédio soberano para a dispepsia. 

Friedrich Nietzsche, in "A Gaia Ciência" 

  

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 horas atrás, Guy Fawkes disse:

 Claro que também há pessoas "boas" nesse mundo, que realmente pensa e trabalha para o avanço da humanidade, mas são minorias e provavelmente sem poder nenhum. Por isso minha resposta para a primeira pergunta que fiz é: Sim, a humanidade está sem rumo. (Por uma visão realista penso eu).

Antigamente é que era bom...

 “Os nossos jovens gostam do luxo e são mal-educados, não respeitam as autoridades e não têm o menor respeito pelos mais velhos. Os nossos filhos hoje são uns verdadeiros tiranos. Não se levantam quando entra um ancião. Respondem aos pais e são simplesmente maus”. Sócrates

“Já não tenho nenhuma esperança no futuro do nosso país, se a juventude de hoje tomar amanhã o poder. Essa juventude é insuportável, desenfreada, simplesmente horrível”. Hesíodo

“O nosso mundo chegou ao ponto crítico. Os filhos já não ouvem os pais. O fim do mundo não pode estar muito longe”. um sacerdote (2.000 aC)

“Esta é uma juventude falhada. Os jovens são ociosos. Não são como os de antigamente. Não serão capazes de manter a nossa cultura.” num vaso de argila descoberto nas ruínas da Babilónia, com mais de 4000 anos.

 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tô com o Sisiphus nessa. Toda geração madura tende a criticar o comportamento dos mais novos e tende a diminuir a qualidade da geração que a sucederá.  Eu li inclusive na época de faculdade (há trinta e poucos anos) um imenso e interessante trabalho sobre isso. É algo que sempre esteve presente nas sociedades pensantes.  

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
20 minutos atrás, Russell disse:

Tô com o Sisiphus nessa. Toda geração madura tende a criticar o comportamento dos mais novos e tende a diminuir a qualidade da geração que a sucederá.  Eu li inclusive na época de faculdade (há trinta e poucos anos) um imenso e interessante trabalho sobre isso. É algo que sempre esteve presente nas sociedades pensantes.  

Será que existe uma tendência natural (reforçado pela cultura?) em muitas pessoas que as leva a aderirem mais à visão "copo meio-vazio" do que à visão realista "copo com metade do liquido" ou optimista "copo meio-cheio? Será que o Pessoa tem razão “Ser descontente é ser homem”?Porra, até quando conseguimos finalmente conquistar o nosso bem-estar interior, sentimos a pressão dos eternos descontentes que nos arrastam a ter que estar preocupados na eventual infelicidade dos outros e no hipotético desnorte da Humanidade. Misery loves company. Gosto de pensar que o Super-homem nietzschiano é alguém que supera ou pelo menos tenta superar esta estúpida maldição humana.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 horas atrás, Galindo disse:

 

 Eu diria que sim, o mesmo de sempre, crescei e multiplicai-vos,

Se de facto o rumo é esse (vontade de poder), então a demografia só nos pode levar a afirmar que estamos cada vez mais bem sucedidos.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já disse isso aqui uma vez e repito. Uma pessoa que goza de boa saúde e uma boa renda financeira e ainda assim vive em crise e lamentando a "maldita existência", me faz sentir desprezo. Alguns sentem penúria dela, eu tenho implicância e pouquíssima paciência para lidar com gente desse tipo (a menos que seja uma depressão). Acho que sou muito insensível neste sentido e arrogante por achar que essas duas coisas (boa renda e saúde) bastam para a pessoa viver bem e sem neuroses. Eu realmente penso que bastam, nos meus mais de 50 anos de vida foram alguma doença ou a falta de dinheiro os únicos problemas que realmente me tiraram o "sossego" mental. Alguns me chamam de "fútil" e sou muito feliz por possuir essa futilidade interior.    

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A visão pessimista póde ser terapêutica, serve de consolo aos desamparados. Tanto os partidários do Complexo de Paraíso Perdido (“tudo antes era melhor, estamos na decadência”) e o do catastrofismo Lei de Murphy (“tudo dará errado”) se protegem psicologicamente face aos encontros e desencontros da vida. Diz-se que a felicidade está na relação entre expectativa e realidade: quanto maior e mais distante da realidade estiver a expectativa, menor a possibilidade de felicidade. A vantagem do pessimista está em surpreender-se positivamente quando uma determinada situação mostra-se melhor do que o imaginado, ao contrário do super-otimista que logo se iludirá.

Claro que há a questão do ego, como e.g. nos que acreditam em teorias apocalípticas, assim como os que acreditam em astrologia: “é a minha geração, a qual pertenço, que assistirá pessoalmente o choro e o ranger de dentes do fim da estrada do derradeiro caminho”.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não vejo o fim da Humanidade tão cedo não, quem sobreviveu a Idade Média, com pestes, fome, escravidão, etc... Acho que sobrevive a tudo! Se a possível extinção acontecer mais cedo, será por um evento catastrófico, um asteroide por exemplo...

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Extinção como raça só se estourar uma guerra nuclear "full force", agora a humanidade como civilização eu tenho minhas dúvidas...

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Segundo alguns historiadores, terá havido um momento na nossa pré-história, em que a Humanidade por causas climatéricas se terá reduzido a cerca de 300 indivíduos. (será talvez por isso que se verifica tão elevada semelhança nos códigos genéticos entre os milhões de seres humanos actuais). Desses 300 esgravatando as rochas à procura de uns caranguejos para sobreviverem, até nós que já pusemos máquinas a esgravatar rochas em Marte à procura de vida, que fantásticos animais nós somos!!! Se o determinismo ;) não nos puser um holocausto nuclear, uma mutação virológica imbatível ou um cometa em rota de colisão com nosso rumo, que maravilhas iremos nós ainda realizar!!! 

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
18 horas atrás, Guy Fawkes disse:

Agora novamente pergunto para vocês, e espero que respondam com o máximo de sinceridade e sensatez possível.

Estaria a humanidade sem rumo ?

Acredito que a humanidade sempre teve um rumo, sempre terá. Mas não é "um rumo" e sim a somatória de diversos rumos que pessoas individualmente ou coletivamente escolhem seguir. Algumas vezes estes rumos se colidem e formam conflitos, outras vezes entram em consonância.

O que me parece da sua pergunta é que você gostaria que o resultado vetorial dessas forças estivesse em outra direção e sentido, pelo menos na sua coordenada espaço-temporal. Como não é isso oq ocorre, fica com a sensação de que ela está "sem rumo".

Quando vejo na internet pessoas dizendo "a humanidade está perdida", "pode mandar o meteoro e começar de novo", etc, eu acho que perderam a perspectiva histórica da evolução da humanidade. Basta ver alguns indicadores: 7 bilhões de pessoas, expectativas de vida crescentes, poucas guerras, convivência pacífica entre os povos, mais igualdade entre os sexos, avanços tecnológicos, avanços da medicina, a lista é interminável.

E embora alguns movimentos possam ser vistos como "retrocesso", até eles seriam um rumo. E se são um rumo, alguém "patrocinou" esse rumo. Então seria um retrocesso pra quem não concorda. Seria a opinião divergente, provavelmente do derrotado.

O único ponto no qual eu concordaria seria a Sustentabilidade. Mas a partir daí dizer que a "humanidade está sem rumo" é um exagero, ela só está se deparando com um problema potencial de longo prazo com o qual nunca teve que lidar. É natural que fique meio perdida e vacilante no começo. Mas espera a água começar a bater na bunda que o rumo vai ficar bem mais nítido.

Por isso mesmo eu acho q a humanidade não entraria em extinção por suas próprias mãos. No frigir dos ovos, bate o instinto de sobrevivência e as pessoas fazem o q for necessário pra sobreviver. Os mais radicais podem até sumir, mas alguém vai sobrar pra contar a história.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
12 minutos atrás, Wreaking Havoc disse:

 

O único ponto no qual eu concordaria seria a Sustentabilidade. Mas a partir daí dizer que a "humanidade está sem rumo" é um exagero, ela só está se deparando com um problema potencial de longo prazo com o qual nunca teve que lidar. É natural que fique meio perdida e vacilante no começo. Mas espera a água começar a bater na bunda que o rumo vai ficar bem mais nítido.

 

Mesmo nesse ponto as coisas têm melhorado e há já sintomas que sustentabilidade pode ser conseguida; veja-se por exemplo a enorme quantidade de matérias que hoje já são recicladas ou re-aproveitadas para a fabricação de novos bens e que há 20 ou 30 anos eram apenas lixo inútil. Eu me lembro de na minha infância ver abandonados pelos campos velhos electrodomésticos, automoveis, pneus, etc, hoje em dia é raro encontrar algum destes monstros. Com o desenvolvimento que os paises emergentes (sobretudo os asiáticos) já estão a alcançar e o consequente aumento do consumismo, cada vez mais o nosso futuro passará pela reciclagem e forçará os seres humanos a encontrar outras alternativas.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Segundo a religião pregada pelo marxismo cultural, o rumo é em direção ao progresso e o bem estar social, hehe ...

Vejamos o q esta frase nos diz:

Progresso e bem estar social nos trás a ideia de melhoria das condições de vida, avanço no IDH, de evolução tecnológica e de crescimento econômico. Vem logo a pergunta q não quer se calar: Será q o progresso trouxe a tão almejada felicidade ? Vejam quantos smartphones pelas ruas, hehe

Engraçado, talvez por isso q a primeira versão da matrix não tenha dado certo. A anomalia é sistêmica. :P

 

1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 10/01/2017 at 17:20, Guy Fawkes disse:

Estaria a humanidade sem rumo ?

1650-evolucao-do-homem-deu-merda.jpg

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora