edsonrsg

Membro
  • Total de itens

    179
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

20 Excellent

Sobre edsonrsg

  • Rank
    integrante
  • Data de Nascimento
  1. Não, basta não ser bobo e ousar pensar.
  2. privatização

    " Não, quando um funcionário ou diretor rouba o dono não tem como resolver nada, ele denúncia para reaver o que perdeu ou pelo menos poder dar justa causa." Se for um "pé rapado" que roubou um parafuso sim, mas se for um diretor que aplicou milhões "erradamente", antes do afastamento haverá um acordo por debaixo dos panos.
  3. livros

    "Sim! Mas é um saco para ler 2 volumes...trocentos personagens nessa obra, incrível... Personagens centrais são 9 se não me engano, mas existem outros tantos espalhados e pincelados nessa obra... " Estou desconfiado que você quer um "copiar / colar" para a sua mente.Sinto muito, mas não vai ser possível.
  4. privatização

    Se vc quer uma solução já pronta vá morar sozinho numa ilha de meio quilometro quadrado no meio do pacífico. A verdadeira solução tem que ser construída aos poucos, pedacinho por pedacinho, daqui há algumas centenas de anos vai estar legal. Não seja pessimista, se compararmos com o que acontecia há mil anos ou mesmo quinhentos anos atrás, já estamos no paraíso.
  5. É impressionante como há pouca informação, esta hipótese sobre o nome de Moisés foi levantada pelo Freud há mais de cem anos. A bíblia não é composta só de mitos, há tudo lá: história verdadeira, história falseada, mitos importados de outros povos, tradições de um povo, regras religiosas, etc etc. O importante é não confundirmos as coisas, pensando que tudo é verdade ou que tudo é mentira. Não se esqueçam que Troia existiu, mas isto não obriga ninguém a acreditar que o Aquiles, como descrito na Ilíada, tenha existido também. Para quem se interessa o importante é estudar os estilos literários (no mais próximo possível dos textos originais), a arqueologia da região e outras fontes históricas.
  6. privatização

    Há uma coisa que talvez muitos não saibam: Nas empresas privadas há mais roubos que nas públicas! A diferença é que elas são privadas e roupa suja se lava em casa, não em público. Sacaram? Dificilmente um escândalo vem a público, pois isso prejudicaria a imagem da empresa, então as coisas são resolvidas discretamente, na medida do possível.
  7. Como todo munto, têm gente boa, gente ruim, gente que pensa, gente que não pensa e vai por aí. Sinceramente eu acho que falar de espíritas, evangélicos, maometanos, ateus ...... assim de modo genérico (pré-rotulando pessoas) é uma forma de exercer preconceito e intolerância.
  8. Não sei se ele é deus, mas tal como (o outro) deus ele é uma criação humana.
  9. Nós somos o que somos: O resultado de três ou quatro bilhões de anos de seleção natural e acaso, portanto cada um de nós se une à primeira molécula autorreplicante bem sucedida por meio de uma linha contínua de vida. Somos humanos, não jacarés ou jaqueiras, mas fomos moldados pelas mesmas forças, cujas peculiaridades podemos e devemos estudar para entender como se fez humanos, jacarés e jaqueiras. Buscar causas esotéricas para explicar nosso ser, nossa mente, nosso eu é a mesma coisa que buscá-las para explicar os dentes do jacaré ou as raízes da jaqueira. Qualquer um pode postular consciência cósmica, Ets, duendes, deuses, mas como sempre acontece nesses casos, o progresso será nulo.
  10. Para que ser mau com deus?
  11. O projeto tem muitos erros, que bom que podemos evoluir. Bom ....., na verdade nem todos podem.
  12. Esse papo já está rolando há muito, já encheu o saco, logo eu mando ele tomar no cu.
  13. A verdade geralmente confere com a realidade, a mentira geralmente não. O que sobra desta regra são generalizações posteriores ao surgimento do conceito.
  14. Me explique tintim por tintim por que você sacou essa babaquice.
  15. O Atik Yomin respondeu muito bem, logo no início: 92% da população é analfabeta funcional - não dá prá raciocinar galerinha. Devido a isso há os opressores e os que servem a qualquer senhor. Vejam a desculpa mais usada no tribunal de Nuremberg:"Eu apenas cumpria ordens."