The Nobody

Membro
  • Total de itens

    345
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

27 Excellent

Sobre The Nobody

  • Rank
    Um ninguém querendo ser alguém como qualquer um
  • Data de Nascimento

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Terra
  • Interests
    Ver o quanto posso estar equivocado com minhas opiniões, aniquilar meus resíduos religiosos e principalmente masturbação mental

Últimos Visitantes

315 visualizações
  1. Eu como homossexual uso esse argumento apenas para demonstrar que é natural Natural e moral são linhas de raciocínio completamente diferentes Por exemplo: Canibalismo é natural sim, mas não é moral A homossexualidade é natural sim e pode ser considerada moral por ser uma prática inofensiva
  2. 1-É claro que somos superiores ás demais espécies! o comportamento dos animais tem respostas mais ou menos automáticas aos estímulos ambientais, ou seja eles não possuem intenção, de consciência e de vontade, em outras palavras agem por instinto apenas. Diferente de nós, pois o homem modela os seus comportamentos de acordo com regras e normas sociais, tem consciência, intenção e vontade. Se você seguir a lógica de "esta na bíblia, logo está errado" então você vai ter que negar totalmente os costumes da sociedade ocidental... Eu não sigo absolutamente nada por estar escrito em qualquer lugar, ser um costume moldado, ou qualquer regra mandatória, isso me difere de um religioso que precisa ser comandado por algo ou então não vê sentido em nada, eu abraço totalmente o niilismo e vivo pela minha moralidade. 2- Sim nunca neguei como as coisas funcionam, com toda certeza terá um impacto inimaginável: http://www.bbc.com/portuguese/vert-fut-38129638 Mas começar por achar errado e diminuir o consumo de carne já é um começo, não pelo falso discurso de se importar com o meio ambiente, mas sim por um progresso moral apenas, eu realmente concordo com o @lonewolf que não existe alternativas para isso, mas não existe argumentos para deslegitimar de modo filosófico a importância moral que é evitar mortes desnecessárias... Não é querer ser deus, é querer ser o mais correto possível já que não existe um deus para ditar isso!
  3. A ideia de escravidão não precisa ser necessariamente exclusiva aos humanos, veja bem a escravidão "é a prática social em que um ser humano assume direitos de propriedade sobre outro designado por escravo" sabendo-se que os animais criados em cativeiro e abatidos para consumo exagerado e outras banalidades tem os mesmos sentimentos de um escravo humano quando foi mantido em cativeiro, torturado e etc eu não entendo porque você não consegue ver a razão de comparar os animais com humanos! como você pode concordar que cativeiro não está ligado a maus tratos achando errado a escravidão?? então porque você não defende a ideia da escravidão humana em melhores condições??
  4. é meu sentimentalismo foi longe demais rsrs Na verdade eu estava tão sego pela culpa que eu pensei algo como " ao menos não somos diretamente responsáveis pela morte deles" enfim Ao menos você concorda comigo que a ideia de que certos animais só servem para o consumo segue a mesma lógica da escravidão? se você concorda fazendo um paralelo com a escravidão, você defende o fim da escravidão por ser errado ou somente porque existe uma alternativa viável para o fim da escravidão?
  5. 1-os assassinos tem as condições intelectuais necessárias para cometer atos contra tudo o que é aceito socialmente, mas veja bem não é um assassinato que qualquer covarde com uma arma faz, que você só precisa apertar o gatilho, para esfaquear uma pessoa brutalmente ( tal como os porcos, vacas, galinhas e etc são abertos), necessita ter uma mente muito "peculiar" para dizer o mínimo, isso que eu quero dizer com condições intelectuais necessárias, se os animais para consumo fossem tratados na lei como indivíduos com direito a vida, assim como qualquer ser humano, com fiscalizações e todos os requisitos necessários para que a lei entre em vigor, com o tempo somente pessoas "peculiares" iriam fazer tais atos primitivos. 2- Óbvio que tem um paralelo se você sabe que um animal é afetivo, inteligente, repulsa a dor então porque não abortar um bebe com seu sistema nervoso central formado de uma forma indolor? quer dizer tecnicamente "ainda não é uma pessoa" Não é canibalismo propriamente dito é claro, mas é apenas carne de um individuo que tem as mesmas características para que desperte empatia na maioria das pessoas, tanto é que a maioria das pessoas se sentem totalmente desconfortáveis em ver como os animais sofrem, então pode ser comparado com um canibal sim, não pelo fato de ser da mesma espécie, mas sim por estar no mesmo nível de crueldade por negar a empatia de tirar a vida de outro ser capaz de sentir o mesmo que um ser humano quando é assassinado!! Lembrando que é só filosofia de uma moral mais evoluída... Você é sempre realista e esta completamente certo dado as circunstancias é mais plausível mesmo defender o mínimo de crueldade possível você está certo eu entendo completamente, nunca milhões de pessoas vão ser convencidas com leis, mas você reconhecer que isso é errado já é um começo... é assim que novas moralidades são criadas e o progresso é feito. 3- as leis não reconhecem os animais como indivíduos. Mas podemos sim soltar os animais, sim muitos vão morrer, mas na natureza tudo se adapta, assim como eles se adaptaram a serem nossos escravos, eles vão se adaptar naturalmente a serem livres 4- Humanos 5-Como você consegue ser moral usando somente a lógica e o naturalismo? isso não é possível sem sentimentalismo somos primitivos e essa questão é inteiramente sobre empatia, pois de um ponto de vista primitivo não existe problema algum.
  6. 1-Como não tem haver com ser mais forte? eu fiz a analogia com um assassinato e para tal ato pode não ser fisicamente, mas matar outra pessoa precisa ser superior a vítima de alguma forma não necessariamente fisicamente, mas pode ser intelectualmente Tentei fazer essa paralelo para que você se coloque no lugar de uma pessoa já que você não consegue admitir que matar vacas é o mesmo que matar seres humanos já que cada vez mais pesquisas demonstram que os outros animais são similares aos seres humanos de várias maneiras. Eles são seres inteligentes e sociáveis e costumam desenvolver fortes laços afetivos com seus colegas e familiares principalmente, eles demonstram um evidente desejo de evitar a dor e o sofrimento. Então porque não considerar animais indivíduos? empatia não é sobre evitar morte, dor e sofrimento, mesmo que seja um sofrimento desnecessário, tirar uma vida inocente não representa nenhum progresso moral e isso é um fato! não estamos atrás de progressos?? 2- equiparar os fracos de um ponto de vista naturalista também não, mas já que temos leis para negar nossa primitividade e aprimorar essas leis que tem como base na empatia de não tirar uma vida mesmo que de uma forma "gentil", então é incoerente não fazer o mesmo com os animais, mas é claro que de um ponto de vista prático não é tão simples assim, mas essa filosofia barata é sim uma evolução moral e isso é um fato! Ao menos leis que tratem os animais como indivíduos eu sou a favor, já é um grande passo na mudança de nossa primitividade que infelizmente está presente em nós, nossos valores que nos difere dos outros animais e não usar o pretexto naturalista para sustentar hábitos alimentares. 3- Matar um anencéfalo capaz de sentir dor contra a sua vontade e de um modo indolor é totalmente certo pra você? 4- Eu tentei usar psicologia reversa, já que você não consegue concordar se eu me expressar espontaneamente...
  7. ok agora você está sendo justo Mas de um ponto de vista "humano civilizado" a sua resposta deveria ser: Não vamos assar ninguém.
  8. Um canibal ilustra perfeitamente o cenário que é: um ser humano racional, pensante e superior considerando comer carne de outro mais fraco só porque pode fazer isso. Usei a analogia do canibal porque os sentimentos dos animais e dos humanos quando se diz respeito a sofrer são os mesmos, mas essa mesma prática não é válida para determinados animais só por não serem humanos. Valores são subjetivos, mas não sei como você não vê o quanto isso é hipócrita tendo o mínimo de empatia, ou então você deixa de matar alguém por estar escrito na lei? se a resposta é sim, então você não sabe dizer por si mesmo o que é certo ou errado e não vive pelas suas regras, logo seu nick deveria ser TrainedWolf hahahaha foi só brincadeira você começou me chamando de religioso Me chame de FDP, mas não de religioso
  9. 1-Quando eu disse que somos os coitadinhos injustiçados? Eu já expressei de diversas formas o quanto eu concordo que o movimento LGBT atual é deslegitimo ( penso o mesmo do feminismo), em termos de legislação temos muitos direitos, o que resta é a cultura e concordo plenamente que não são passeatas vitimistas para ter leis de doutrinação que vão mudar a cabeça das pessoas do dia para a noite. Mas é injusto um poodle não ser assado e um porco ser, isso é o mesmo que racismo... 2- Entenda que eu comparei de um ponto de vista moral e filosófico e não natural e prático, afinal somos animais "civilizados" que tem valores morais, só estou tentando demonstrar com essa analogia o quanto é hipócrita de um ponto de vista filosófico apenas, pois já que estamos na categoria de filosofia... 3- Não é a mesma coisa, estamos falando de assassinatos de animais inocentes, não é como gastar água ou comer chocolates atoa, apoiar assassinatos é um nível muito mais extremo de culpa... comer carne para a maioria das pessoas é como contratar um assassino de aluguel porque é covarde demais para fazer o trabalho sujo...
  10. 1- Mas é totalmente imoral culturalmente, mas negamos a nossa natureza por direitos justos dos homossexuais, então porque não negar novamente para que animais indefesos tenham o direito de viver? 2- O chocolate não tem sentimentos, então não vejo como essa comparação é relevante para a pauta aqui que é: Os animais sofrem e expressam a dor tanto quanto um humano mais fraco em um assassinato, a questão é: porque os humanos tem mais direitos a vida e os animais não? isso não segue a mesma lógica da escravidão? realmente você pensa que é algo moral e altruísta? 3- mesma lógica da questão anterior. 5- Não de modo algum, sou contra todo e qualquer regime autoritário ao que se diz respeito de escolhas pessoais. Só estou tentando mostra certas incoerências na moralidade ditada pela lei...
  11. Concordo totalmente com a seleção natural e como as coisas funcionam. Mas a essência da minha comparação com os canibais é comparar se realmente estamos sendo coerentes com o conceito de "maldade" culturalmente falando, só estou dizendo que comer um animal por ter características mais fracas do que nós, é o mesmo que dizer que os canibais estão moralmente corretos em fazer isso com pessoas mais fracas. Não somos canibais, mas eu vejo que temos um nível de mentalidade má tal como um canibal maluco já que se uma determinada pessoa não come carne por necessidade e sim por qualquer outra coisa (até mesmo o prazer de degustação) não sei porque o canibalismo é considerado assustador moralmente falando
  12. Eu entendo Mas o ponto é que da mesma forma que você chamou um canibal de guloso por ter um ato desnecessário, nós somos gulosos em muitos casos fazendo um churrasco desnecessário para comemorar alguma futilidade humana. Estive vendo casos de canibalismo e não é um simples habito alimentar incomum, tem todo um prazer doentio, então eu me pergunto: o que nos difere mentalmente de um canibal? Só pra constar a minha opinião sobre o consumo de carne é: Comer carne é apenas por necessidade, tudo além disso deveria ser uma atitude cruel culturalmente Sei que estou parecendo o ditador da moralidade, mas de acordo com a lógica moral de nossa sociedade afirmar isso é não ser hipócrita com o que é considerado certo e altruísta
  13. É apenas carne não é verdade? Então porque não legalizar o canibalismo com os mudos ou pessoas em estado vegetativo? Qualquer pessoa que não seja um psicopata consegue ter o mínimo de empatia para perceber que os animais não precisam falar por si para ter o direito a vida. Eu entendo que a definição de emoção não há acordo nem mesmo entre psicólogos e neurologistas para humanos, então imagine para animais, mas emoções primárias incluem medo, raiva, repulsa, surpresa, alegria e tristeza, e Damásio. Fora que o hábito comer tipos específicos de animais é inteiramente cultural e não instintivo ou necessitário, assar uma vaca é perfeitamente normal aqui no Brasil, mas assar um Poogle fofinho e lindinho é desumano e imoral. Ps: só aproveitei o gancho da sua citação para entrar no post.