Stan

Membro
  • Total de itens

    2.532
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    41

Stan last won the day on June 27

Stan had the most liked content!

Reputação

508 Excellent

7 Seguidores

Sobre Stan

  • Rank
    Filósofo da zona
  • Data de Nascimento

Profile Information

  • Gender
  • Location
    Tangamandapio
  • Interests
    filosofia, ciência, música e masturbação.

Últimos Visitantes

1.649 visualizações
  1. Dá no mesmo, pois como eu disse, a ética estuda, reflete sobre a moral. Em outras palavras, não tem como eu achar algo ético (ou antiético), o que posso é achar algo moral, imoral ou amoral.
  2. Nunca entendi a palavra "antiético". Ética é o estudo da moral, uma reflexão sobre a moral. Como se é "anti" isso?
  3. Um desse filmes que vc menciona deve ser o Detenção (2010), que já assisti faz tempo. Esse segundo que você postou (de 2015), eu ainda não vi. A "Experiência de Milgram" (nome do experimento do documentário que postei) envolve mais a questão da obediência; já "O Experimento da Prisão de Stanford" envolve mais a questão do poder. Seja como for, ambos são interessantes para entendermos melhor sobre a "maldade".
  4. Faz tempo que assisti, mas lembro que foi fundamental para eu compreender melhor aquilo que chamamos de maldade. O documentário, além de explicar diversas questões neurológicas, refaz um experimento feito na década de 60 (salvo me engano), experimento que basicamente demonstra que a maioria de nós, cidadãos "de bem", temos potencial para executarmos ordens absolutamente cruéis (65% das pessoas, segundo o teste, tem predisposições para trabalharem em campos de concentração nazista).
  5. Povos primitivos são praticamente anarquistas (se tem "governo", é um monarcazinho de nada, um pajé capenga) e pelo estudado pela antropologia, são, no geral, muito mais felizes/satisfeitos que nós. O que é inerente ao social parece ser a criação de leis (costumes, regras, etc)..
  6. ahsuashsuashsausa Se observardistes bem, há muita filosofia neste tópico, a começar pela "transvaloração dos valores". Seja como for, uma coisa é certa: meus gases internos continuam turbulentos e me causando um forte desconforto abdominal...
  7. Eu estava com gases, então resolvi procurar no Deus Google como resolver meu problema, eis que encontro isso: 1 Não segure os gases. Muitas pessoas tendem a forçar seus corpos a segurarem os gases para evitar embaraços, mas libertar os gases é uma função corporal natural que ocorre para facilitar a liberação de um subproduto da digestão. Evitar segurar os gases apenas gera mais dor e desconforto. Em vez de segurá-los, encontre um lugar confortável para liberá-los. Se você estiver em público quando um problema de gases ou de inchaços surgir, encontre um banheiro onde você possa ficar até que toda a dor tenha desaparecido. Se você achar difícil liberar os gases, tente ajustar o posicionamento do seu corpo para permitir que eles sejam liberados. Deite-se e relaxe completamente seus músculos até que a pressão no estômago e nos intestinos desapareça. Mover-se pode ajudar também. Dê uma caminhada ao redor da rua ou suba e desça escadas para facilitar a saída dos gases Fonte: http://pt.wikihow.com/Reduzir-Gases-e-Inchaços
  8. Tem também a versão alternativa:
  9. Miserável mundo ao avesso!
  10. 4:50 do vídeo, é puro Gandhi esse cara.
  11. Estados unidos em 24º? Um país que tem a bobeira chamada "líder de torcida" tinha que ficar entre os 3 primeiros (se bem que lá tem o Haloween, que é dá hora demais). O Brasil transformou o Haloween em "dia do evangelho". Puta que pariu... pra falar a verdade, o Brasil não devia estar na lista, pois não devia ser permitido profissionais da idiotice:
  12. Terceiro mais idiota se for, piada no exterior. Devia estar em primeiro. E os EUA, tão em que posição? Pois os americanos são bem idiotas tb. O Brasil só ganha dos EUA em idiotice, pois copia a idiotice do EUA. "Quando nascemos fomos programados a receber o que vocês nos empurraram com os enlatados dos USA, de 9 às 6"
  13. Reptiliano é o @Brancaleone J, e Gray é o @Russell. Quanto a mim, sou um lobo da estepe. Um ser do subsolo. Um Stranger In a Strange Land.