Membro Fantasma

Membro
  • Total de itens

    3.106
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    49

Membro Fantasma last won the day on November 12

Membro Fantasma had the most liked content!

Reputação

677 Excellent

7 Seguidores

Sobre Membro Fantasma

  • Rank
    Filósofo da zona
  • Data de Nascimento

Profile Information

  • Gender

Últimos Visitantes

2.261 visualizações
  1. rsrs Lembrei de um stand up muito engraçado que vi há muitos anos:
  2. Em minha resposta no tópico citado abaixo, justifiquei por que te chamei de estúpido, e que tal premissa valia somente para tal tópico. Mas se você quer se provar estúpido, fazer o quê? Ah, explico também porque te chamei de burro, para vc entender que minhas supostas "ofensas", são, na verdade, argumentos. Nada foi gratuito.
  3. Frases de Nietzsche sobre cristianismo: 1 “O cristianismo é uma metafísica do carrasco.” 2 “Se o cristianismo tivesse razão em suas teses acerca de um Deus vingador, da pecaminosidade universal, da predestinação e do perigo de uma danação eterna, seria um indício de imbecilidade e falta de caráter não se tornar padre, apóstolo ou eremita e trabalhar, com temor e tremor, unicamente pela própria salvação; pois seria absurdo perder assim o benefício eterno, em troca de comodidade temporal. Supondo que se creia realmente nessas coisas, o cristão comum é uma figura deplorável, um ser que não sabe contar até três, e que, justamente por sua incapacidade mental, não mereceria ser punido tão duramente quanto promete o cristianismo.” 3 “O cristianismo foi, até o momento, a maior desgraça da humanidade, por ter desprezado o Corpo.” 4 “O cristianismo deve sua vitória a essa desprezível adulação da vaidade pessoal. Conseguiu convencer exatamente todos os fracassados, os simpatizantes da insurreição, os mal sucedidos, todo o lixo e a escória da sociedade.” 5 “Ser cristão é ter um certo gosto pela crueldade, contra si e os outros; o ódio contra formas diferentes de pensar; o desejo de perseguir.” 6 “Na verdade, o único cristão morreu na cruz.” 7 “Quanto mais próximo se está da ciência, maior o crime de ser cristão.” 8. “O cristianismo perverteu Eros; este não morreu, mas degenerou-se, tornou-se vício” expressa uma idéia muito divulgada, de que, com seu preceitos, a Igreja “transforma em amargo o mais bonito da vida” e “cola cartazes de proibição onde a alegria predisposta pelo Criador nos oferece uma felicidade que nos faz antegostar algo do Divino”. Frase citada pelo Papa Bento XVI 9 “A fé cristã é, desde seus primórdios, sacrifício, sacrifício de toda liberdade, de toda independência do espírito; ao mesmo tempo, escravização e escárnio de si mesmo, mutilação de si.”
  4. "Na verdade, o único cristão morreu na cruz".
  5. Qual a diferença entre o anonimato ou não? Argumentos não precisam de identidade! Se te chamei de estúpido, foi a partir de uma proposição, a saber: se estupidez é acreditar em algo sem evidências, logo, quem acredita sem ter evidência é estúpido. Inclusive @Brienne of Tarth, esse é o motivo pelo que o que eu disse a respeito do nosso colega não se tratar do argumento ad hominem, pois enquadrei dentro de uma premissa suscitada no tópico. Agora, @Edgar Filho, que vc é burro, isso é mais que evidente. Não entenda "burrice" como uma ofensa, mas sim no sentido filosófico exposto por Émile Durkheim e Adorno, que afirmam ser a Burrice uma espécie de cicatriz, um pensamento fixo, empacado, que não muda diante de evidência e argumentos. Durante todo seu tópico sobre "deus ser o melhor sei lá o que", eu, com o nome de Stan, rsr, refutei todos seus argumentos, refutei sua ideia de apenas um único deus como provável de acordo com sua premissa, mencionei como a criação de um criador geraria um loop infinito, citei até a teoria do do big bounce... e várias outras coisas. Mas o que vc contra-argumentou? Nada! Ficou completamente burro, fixado num pensamento imutável, cicatrizado. E ainda cita W.L.Craig sem citar nenhum argumento dele (falácia de apelo à autoridade). Cita um argumento dele aí, vai, que destruo na mesma hora esse charlatão.
  6. O problema está na palavra "estúpida", que torna a coisa toda subjetiva. Se estúpido quer dizer acreditar em coisas sem evidência, então, sim, o @Edgar Filho é estúpido.
  7. "Sítio"? Você é portuga?
  8. Ahh Milagre, a mulher tem mais armas do que imaginas... Uma, em especial, desarma qualquer caboclo.. Ops, piada machista, pode isso @Russell ?
  9. Isso é verdade:
  10. Cansei de argumentar nesse tópico - trabalhadores são vistos como peças sem vida, cujo único propósito é manter a economia. Estou bolando uma charge/meme aqui... me aguardem! ...
  11. Caramba, então a culpa das mazelas do Brasil é da CLT? Não temos saúde; nossa educação é um lixo; nosso poder de compra é ridículo, a lazer é caro, o alimento é caro, a gasolina é cara; e a corrupção... Enfim, resolva isso é falaremos de abandonar leis trabalhistas. Mas aí você pode dizer "pra resolver isso, primeiro temos que mudar as leis trabalhistas"; ora, então te pergunto o mesmo que perguntei ao milagre aí em cima.
  12. Pura realidade! Outro dia fui falar que o filme do Danilo Gentilli (Como ser o pior aluno da escola) é uma bosta, e me chamaram de esquerdista... O fato mais importante dessa história é que eu não fazia a mínima ideia do posicionamento político do Danilo Gentili. E um fato curioso, tamanha a paranoia das pessoas, que não adiantou eu dizer que não sabia sobre o posicionamento político do Danilo, continuaram lá, achando que eu estava de algum modo defendendo a "esquerda". Não se pode opinar mais sobre nada sem ser enquadrado nessas generalizações ridículas. Triste!
  13. Sacanagem que é bebida alcoólica, se fosse droga, a bíblia contaria e estaríamos em primeiro.
  14. Hora nenhuma discordei disso, eu só disse que o juiz poderia ter "cobrado" mais se quisesse: Valor da causa : 50 mil reais Valor aplicado pelo juiz em relação as custas da ação (sucumbência) = 10% do valor da causa = 5 mil reais - Valor que o juiz poderia ter aplicado em relação as custa da ação (sucumbência) = 15% do valor da causa = 7,5 mil (o juiz pode aplicar de 5% a 15%) Valor aplicado pelo juiz em relação a litigância má-fé = 5% do valor da causa = 2,5 mil reais Valor que o juiz poderia ter aplicado em relação a litigância má-fé = 10% do valor da causa = 5 mil reais (o juiz pode aplicar de 1% a 10%) Foi isso que eu disse!