Hiena Implume

Membro
  • Total de itens

    1.412
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    34

Hiena Implume last won the day on June 27 2016

Hiena Implume had the most liked content!

Reputação

454 Excellent

Sobre Hiena Implume

  • Rank
    Cinicosexual
  • Data de Nascimento

Profile Information

  • Gender
    Not Telling
  • Location
    Botucatu, S.P
  • Interests
    Niilismo, hienas, os deuses, suicídio, puzzles, cinismo, mais hienas, e sarcasmo.

Últimos Visitantes

10.327 visualizações
  1. A pessoa de minha vida: ps: só faz sentido para aqueles do fórum que já beberam comigo nos encontros.
  2. Descartes tem um argumento circular. Basicamente é assim: "como é que eu sei que o mundo e meus sentidos são reais, e não enganação de um gênio do mal que muda tudo o que eu penso e vejo, e que na verdade o mundo não existe e não só o meu pensamento? Simples, se tal entidade de tanto poder existe logo é Deus, e se é Deus, Deus e bom e jamais faria isso conosco, logo Deus existe e eu posso confiar em meus sentidos acerca da existência do mundo real." Essa é a prova, ou como eu gosto de chamar, petição de princípio cartesiana de Deus. Quais são os argumentos contra? 1º é uma petição de princípio; 2º só faz sentido se você aceitar um monte de metafísica filosófica do sistema de Descartes, o que é idiotice; 3º mesmo se você aceitar todo o sistema cartesiano, esse argumento ainda é furada pois é um rodopio de palavras, por isso muitos seguidores de Descartes se tornaram ateus apesar de assumirem seus sistema. 4º Esse argumento pode funcionar somente no contexto social do Renascimento onde o conceito de Eu cartesiano estava se formando, fora desse contexto social não tem sentido algum, e se você joga fora o Eu cartesiano você também joga fora a dúvida hiperbólica, o que por sua vez bloqueia a petição de princípio cartesiana de Deus. De nada, A hiena.
  3. ESports conta?
  4. De algum modo você conseguiu entender exatamente o oposto do que eu disse. O que eu digo é um preconceito com a área da filosofia. O que eu disse foi basicamente que somente eram decentes os filósofos que eram cientistas antes de serem filósofos, pois a área da filosofia é uma merda, e os com formação pulam essa merda por não terem formação filosófica.
  5. Russell só era um filósofo razoável pois ele não era filósofo, sua formação era completamente em lógica e matemática. Depois de 30 anos trabalhando com lógica pura e matemática que ele resolveu começar a escrever filosofia. Julgo que os membros da Filosofia Analítica são em suma razoáveis filósofos pois tais não eram filósofos de formação, eram cientistas que depois de muito tempo começaram a escrever filosofia. Russell e Quine eram matemáticos, Moritz Schlick era físico, etc...