Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 02-07-2017 in all areas

  1. 4 points
    Pois é, até agora não sei o q essa figura veio fazer no fórum ... Será q ele (?) ainda não percebeu q esse espaço não é um site de relacionamentos homoafetivo?
  2. 3 points
    Póde ter certeza de que em algum lugar deste mundo doido tem alguma igreja que faz isso
  3. 3 points
    Cara, que vespeiros vcs estão entrando... Presídios, bandidos, Direitos Humanos, vítimas, é um balaio de gatos sem precedentes... Preso também pode ser aquele que matou um bandido dentro de casa! Se vc matar um fdp desses dentro da sua casa e ele ainda estando armado... fodeu a sua vida! Essa é a nossa maldita Lei! O único que tem permissão para matar é o bandido, se vc matar um bandido em legítima defesa dentro da sua própria casa, e se for flagrante, vc vai ser preso e já virou bandido! Os Direitos Humanos defendem tanto esses merdas que agora se formos mexer nisso, vai dar mais merda ainda... Assunto espinhoso e polêmico!
  4. 3 points
    Ai! O Ivan deu um tapa no beck de novo. Hehe.
  5. 3 points
    Se colocarmos na mesa que os países socialistas são reprimidos pela massa capitalista que quer converte-los a todo custo, isso ajudaria a explicar de certa forma a enorme pobreza que esses países se encontram e no enorme investimento no mercado bélico, já que nenhum país, capitalista ou socialista, produz de tudo, logo é necessário fazer acordos, que são provavelmente impedidos pelas potências capitalistas. Antes que comece a me chamar de comunista, não estou defendendo ninguém, só estou colocando alguns fatos na mesa. O capitalismo também tem o seu "ditador" disfarçado, afinal de contas o regime só pode funcionar normalmente na Europa e na América do norte, porque se a população mundial toda começar a consumir na mesma quantidade que os EUA o mundo se explode. O regime fascista e genocida do nazismo não se encaixa nesta discussão, pois eles utilizavam métodos desumanos e deploráveis para evoluir cientificamente e economicamente, não que os comunistas também não usassem métodos parecidos, mas estamos levando em conta o comunismo no século 21 e os direitos humanos.
  6. 3 points
    Simples, porque os nazistas perderam a guerra, logo quem se saiu vitorioso tratou de esculachar o lado derrotado... Se as potências do eixo tivessem vencido, mesmo que todas as atrocidades cometidas pelo nazismo fossem reveladas, Hitler ainda seria um herói. Sabe por que Fidel Castro não é visto como um monstro genocida como Hitler? porque a revolução de Fidel deu certo e perpetuou.
  7. 3 points
    Pois é, depois de ser é só assumir a responsabilidade de ser. Não adianta culpar os outros.
  8. 3 points
    Num regime capitalista a moral de uma sociedade é definida pela condição econômica da mesma, no momento que falta ou sobra dinheiro, qualquer um se corrompe. O índice de criminalidade na Noruega é baixíssimo não só porquê lá as pessoas são muito bem educadas, é porque lá o governo trabalha pra melhorar a condição de vida do povo. Podemos ver que no Brasil, o problema esta todo concentrado na falta de dinheiro, as poucas migalhas que o governo joga pro povo são mal administradas, todo trabalho dirigido as classes mais carentes é precário, se não der oportunidade de verdade pro pobre poder crescer profissionalmente e intelectualmente, ele vai acabar se corrompendo fácil. Com esse sistema corrupto fortíssimo que vemos hoje, votar em X, Y ou Z não faz diferença alguma, porque por mais honesto que o X seja, ele vai acabar entrando ou sendo obrigado a entrar no sistema, logo a vontade política que você cita cai por terra... se eu pudesse apostar em um, seria na vontade popular, que no fim das contas é a única verdadeiramente pura e que representa o povo em si, mas como o povo ta bastante alienado e acomodado na cadeira do sofá assistindo o faustão, vamos ter que esperar o país afundar mais na lama pro pessoal tomar alguma atitude de verdade.
  9. 3 points
    Estamos num site de relacionamentos homoafetivos? Que merda! Até os gays me ignoram! A muié já me ignora bastante, agora to num site gay e não levo uma cantada?
  10. 3 points
    Roubo: coagir um indivíduo a dar-lhe seu dinheiro de modo involuntário. Imposto: o governo o coage com prisão e processos lhe fazendo dar dinheiro sem se importar com sua voluntariedade. Ligue os pontos. Realmente julgo que um sistema social de imposto voluntário é possível, porém isso seria somente um estagio bem tardio na escala de tempo social, pois apesar de imposto se inegavelmente roubo, as sociedades ainda são arcaicas em demasia para que o roubo não seja necessário, pois é preciso força e certo tipo de opressão para manter o animal em uma sociedade funcional. A grande parte dos indivíduos e das sociedades ainda não possui o aparato intelectual e cultural necessário para abolir o roubo, isto é, o imposto involuntário. Existem somente alguns lugares do mundo que julgo que atualmente isso seria possível, Suíça e Islândia seriam um exemplo onde julgo que imposto voluntário daria certo; mas o brasileiro e o americano, por exemplo, ainda não são um povo avançado o suficiente para conseguirem viver sem a mão autoritária do estado, e o imposto voluntário no Brasil e EUA culminaria indubitavelmente em caos. Seria como deixar criança dirigir, pois o desenvolvimento social é análogo às da vida do animal, quando criança precisa ser oprimido e liderado para que não se mate e jogo todos ao caos (se você tem filhos sabe que é assim mesmo), porém com o desenvolvimento aprende a ser livre, ai damo-lhes carteira de habilitação.
  11. 3 points
    1. Imposto é Roubo "Tudo bem, você pode até usar esse argumento se você quiser, mas saiba que se trata de um argumento anarquista e não liberal. Se você assume que a existência do estado é uma necessidade absoluta, deve concordar também que alguém precisa custeá-lo. Você tem direito à sua propriedade privada, bem como à liberdade de gastar seu dinheiro da forma que quiser; são direitos que o liberalismo defende desde sempre, no entanto, o contrato social não é fonte somente de direitos mas também de deveres e pagar impostos é um dever. No momento em que aceitamos viver em sociedade e aceitamos que o estado é necessário para mantê-la, estamos também aceitando pagar o preço por isso. Outra falácia é dizer que somos obrigados a pagar impostos. Você é completamente livre para ir embora do país e procurar algum lugar da Terra onde a sociedade aceite acolhê-lo sem cobrar nada por isso; o imposto é somente o preço que você paga para ter um estado, se você não quer ter estado, ótimo, saia dos domínios do estado, você é livre pra isso. Aliás, isso não seria nada diferente numa sociedade anarcocapitalista. Nela todas as porções de terra seriam divididas em propriedades privadas. Os donos dessas propriedades, tendo o direito de fazer com elas o que quisessem, seriam totalmente livres para cobrar um preço, uma forma de "estadia", de quem vive nelas. Qual a diferença disso para o imposto? Nenhuma. Outro exemplo de dever que a sociedade impõe, apenas para mostrar a seriedade desse assunto, é o de cuidar dos filhos. Você não é obrigado a ter filhos, mas uma vez que eles nascem, você tem o dever de cuidar deles até que eles se tornem auto-suficientes. Mesmo que você não queira, você é obrigado a cuidar dos seus filhos, ou seja, você não tem liberdade para escolher ignorá-los ou abandoná-los. Para um anarcocapitalista porém, não existem deveres. Eles encaram os filhos como propriedade privada dos pais, o que significa que, se um pai quiser deixar seu filho morrer de fome, ele tem direito de fazê-lo. É justamente isso que Murray Rothbard defendia, por exemplo. Se você porém não concorda com essa visão doentia e sociopata, não se identifica com o anarquismo individualista, não quer se ver sequer associado à pessoas com tal pensamento e se considera apenas um liberal à moda clássica, seja coerente e pare de repetir essa sandice de que imposto é roubo." Fonte
  12. 3 points
    ruim. a trilha sonora é de comedia. mal intencionado. bobinho pra um assunto tão serio. pra começar o termo 'lavagem cerebral' é pejorativo demais, já que culto e religiao envolve propositadamente e muito claramente a meditação, reflexão, mudança de pensamento e mudança de atitudes. entao nada mais natural do que haver tecnicas, provocadas ou naturais, conscientes ou veladas pra mudar pensamento e atitudes, reforçar, ate mesmo entrar em transe nessa coisa toda de culto e religião. toda e qualquer pessoa sabe que seitas, missas etc muda as pessoas. pois é justamente esse anseio por mudança que leva multidoes a esse tipo de atividade, muito conscientemente, ja esperando, inclusive aceitando e colaborando com essas tecnicas qie mexem dentro da cabeça.
  13. 3 points
    Cajuu, dicção /escrita/fala se treina lendo, lendo em voz alta e dando palestras ou cursos. Mas o diálogo, não é uma coisa muito comum de se ver. Porque a maioria das pessoas não está preocupada em ouvir o outro, geralmente já tem de pronto uma resposta, sem sequer analisar os argumentos lançados. Principalmente se a pessoa já tem uma "idéia" ou um "rótulo" para o outro, se pensam de formas diferentes, seguem ideologias distintas. Eu diria que um diálogo franco é quase impossivel ultimamente, nesse processo de "mimitização" que a gente vive, muitos se sentem ofendidos por tudo, é bastante complicado. E entre amigos que o diálogo deveria ser mais aberto, acaba ocorrendo o contrário, pois para não magoar o amiguinho , muitos acabam sendo parciais e superficiais, prejudicando assim aquilo que poderia ser um dialogo construtivo, uma troca de conhecimentos.
  14. 3 points
    reencarnarmos como formigas, cupins ou assemelhados... Somos humanos. Não tem como. Como disse um amigo da minha filha (belga, passeando por aqui) : Os europeus precisam parar de cantar "imagine" a cada atentado que sofrem e partir pra luta..."
  15. 2 points
    1 - Não obedeça seus pais quando eles passam dos limites do bom senso. 2 - Aprenda a fazer sua própria comida. 3 - O que interessa neste mundo é status; você é o que você tem. 4 - Pragueje à vontade contra tudo, pois você não pediu pra nascer. 5 - Seja pródigo, pois vc pode morrer a qualquer tempo.
  16. 2 points
    1 - Obedeça aos seus pais 2 - Nunca brigue com quem faz a sua comida. 3 - Não seja escravo dos seus desejos. 4 - Agradeça, faça chuva ou faça sol, agradeça. 5 - Gaste menos do que ganha. São 5 principios éticos na forma de pequenos conselhos para fixar mais facil. mas tem que desdobrar cada um deles.
  17. 2 points
    Desequilíbrio químico-cerebral, traumas, dificuldades, dor, desespero... (a lista é extensa, quiçá infinita), podem nos levar à falta de esperança e a um macabro e sedutor pensamento - viver não vale a pena!
  18. 2 points
    Seu argumento bate no barrigão de cerveja do kim-jing-jon-jai-jon-ju-jai-ju e volta
  19. 2 points
    EU ODEIO EXPRESSÕES COM UMA LETRA APENAS E UM PONTO DE INTERROGAÇÃO!!!!!
  20. 2 points
    Quando eu digo que esquerdismo é uma doença mental acham que estou exagerando, o que mais justificaria uma pessoa livre com acesso a internet defender o ditador e o regime da Coreia do Norte ao mesmo tempo que faz mimimi sobre coisas bem menos graves quando cometidas em lugares capitalistas. Isso é fanatismo que não fica devendo nada para islâmicos ou lacaios da Universal.
  21. 2 points
    Bem que tu poderia fazer um desses negócios aí pra transformar o oceano em cerveja. Eu te chamaria de gzuiz toda poderosa! Hehe.
  22. 2 points
    Porquê ele vive no mundo do besta, digo, de bob. Nesse mundo tudo é perfeito; Não existe banqueiro querendo seu dinheiro, não existe hegemonia econômica, não existe lobby, não existe trabalho infantil e nem escravo. Hehe.
  23. 2 points
    Já pensou em dar aulas na USP ou UNICAMP? Especialmente porque você vive em um sistema tão legal que não há vendedores inescrupulosos que venderão comida estragada e/ou adulterada, carros com defeitos perigosos, casas mal construídas, etc.etc.etc. etc........( ou compradores inescrupulosos que enganam vendedores com falsas alegações sobre suas habilidades para pagar, etc......) Pra que regular,não é mesmo? Parabéns, e a culpa é do Estado, que favorece lobistas. Essa é para Nobel !!!! Como se os políticos não recebessem propinas DOS LOBISTAS !!! Estou impressionado, sua sapiência em economia ultrapassa minha compreensão...
  24. 2 points
    A única condição para ser ateu é a descrença em divindades, se não acredita em deus(es) é ateu e pronto, pouco importa a opinião sobre monarquia.
  25. 2 points
    Vai uma ideia maluca, basta o estado que se separou estabelece um livre comércio absoluto com o Brasil assim como existe entre os Estados entro do país, mais ou menos como dentro da União Européia. Se, por exemplo, São Paulo se separasse, bastaria uma canetada para líder do novo país para estabelecer livre comércio e circulação entre tal, o Brasil e outros países vizinhos, assim como livre circulação de produtos, comércio e pessoas acontece entre, por exemplo, França e Alemanha. Isso manteria todo o influxo comercial de São Paulo proveniente de outros estados brasileiros, mas com a vantagem de poder manter seu dinheiro para si mesmo. ps: Eu por princídio sou contra o conceito de Federação, simpatizando muito mas com o de Confederação.
  26. 2 points
    O q eu acho mais englaçado de tudo isso enquanto se discutem $ocialismo e capetalismo, o Brasil está literalmente na merda com quase 15 % de desempregados enquanto uma cambada de ladrões na casa de putas decidem leis q mexem com os seus direitos e futuro. Eita povinho panda. Caraca, é muita vaselina pra pouca panda, hehe.
  27. 2 points
    Vão zoando... Vão zoando... Depois que o cara assumir novamente a presidência voces vão ver. Sério. Não que eu acredite no Lula e na inocência dele. O que eu conheço é o populacho e sei das merdas que este amontoado imbecil é capaz...
  28. 2 points
    Poxa mano da uma pesquisada na ideologia nazista, vai dar uma ampliada no seu ponto de vista. Um resuminho ideológico, Hilter, líder dos nazi acreditava que os alemães eram da raça ariana, uma raça superior, e que raças inferiores (judeus) que colocavam em risco sua pureza deveriam ser eliminadas. Na religião eram proibidos cultos religiosos que não fossem católicos, assim também como aos judeus, foi passada uma imagem de impureza á praticantes de outros cultos religiosos e ateus. Havia também o totalitarismo e o antiliberalismo. Vou procurar algo sobre nazi pra ti, já mando o link!
  29. 2 points
    Existe um gigantesco número de ex-detentos (condenados por N motivos) que hoje são pessoas decentes e perfeitamente aptas a viverem livremente como qualquer um aqui. Bandidos de alta periculosidade do tipo sociopata com pouquíssimas ou nenhuma condição de recuperação compõe a parcela mínima dos presos brasileiros. A maioria é de gente que fez cagada por N motivos distintos mas com plenas condições da ficha cair e perceberem que além de não ser correto viver na marginalidade, o tipo de vida marginal não leva a nada. Pra mim a frase "bandido bom é bandido morto" se refere claramente àqueles periculosos (estuprador, latrocida, assassino torpe, sequestrador, etc).
  30. 2 points
    Figura rara.... Mas legal, isso é que vale!!!
  31. 2 points
    Eu sabia que tu era a favor disso.
  32. 2 points
    @Max Delacroy ta contratado, começa na quinta!
  33. 2 points
    Veja, de antemão, quero diz que minha intenção não é fazer você me ver, ou me apresentar como entendido master, mas te dizer que, por vezes, podemos abordar algum tema pela nossa ótica, e não pela do que debate conosco. Entenda. Falar de Deus ou deuses como um Papai do Céu vigiando e guardando, pode afastar certos debatedores mais informados, ao invés de chamá-los ao diálogo, e o motivo é nosso desconhecimento acerca do que se quer atacar. Exceto nos contos em família, as divindades não são vistas assim. Na maioria das religiões são seres ou não relacionais ou temíveis, por que geralmente são poderosos ao ponto de esperarem, exigirem ou escalarem humanos para seus propósitos. O Deus da Bíblia, p. ex., matou a população da terra num dilúvio, destruiu cidades e países, disciplinou severamente seu próprio povo várias vezes, mas é dito que ele "é amor". Cadê o Papai do Céu nestes relatos? Saber estas coisas podem ajudar o ateísta em seus encontros com crédulos. Aprendi isso quando debatia com mórmons. No início falei muita bobagem, cuja origem eram meus próprios pensamentos, leituras que EU fazia deles. Depois que fui às suas fontes, a coisa mudou. É isso! Espero ter contribuído com algo positivo para você.
  34. 2 points
    E tem imbecil que vira traficante, político... Igreja da mais grana com muito menos risco... O crime compensa, basta praticar do jeito certo...
  35. 2 points
    A pior abordagem sobre os seres humanos é a defesa de sua eliminação. Saber viver com as discordâncias, isto parede a alguns uma coisa maldita, pois raciocinam como se estivessem certos de tudo. Viver coletivamente, com as discordâncias, com o ateísmo e a religiosidade, com a multiplicidade de forma de viver. Isto é o legall
  36. 2 points
    "Só se for a dois". Som na dupla de dois :
  37. 2 points
    Uma ideia que não é publicada, que não é posta para a crítica pública, permanece engolida no anonimato, não pode ser, a priori, um conhecimento válido. O conhecimento é gerado através de debates públicos de ideias, em que o pensamento pretende desvelar a realidade através da linguagem. O pensamento sempre é atualizado, e a publicidade dos conceitos é a base para a filosofia e a ciência, é parte de seu método. Uma proposição não pode ser certa ou errada se não for publicada, pois aí não pode ser criticada nem atualizada no eixo da história. O monólogo é uma porta para o isolamento, o isolamento uma porta para a angústia, e angústia gera sofrimento. Por isso a dialética é importante na metodologia das ciências da saúde.
  38. 2 points
    anarco capitalismo... Sei lá, a palavra "anarco" ligada a qualquer coisa mais já me faz rir. Anarquismo de qualquer coisa é uma ideia romântica demais, bobinha demais, ingenuazinha demais para ser levada a sério. O anarquismo demonstra um total e completo desconhecimento da humanidade como um todo ou, o que é pior, uma crença sem fundamento na autogestão das pessoas. Quando eu penso em anarquismo já me vêm na cabeça imagens de pessoas cuidando de suas vidas de tal maneira que não incomodem as outras (kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk), respeitando vaga de velhinho, horário de silêncio, contribuindo voluntariamente para as despesas do condomínio, respeitando limite de velocidade e é claro, fumando maconha de forma recreativa e consciente... Curiosamente a palavra "anarco" parece só ser possível se na prática ocorrer o oposto ou seja, controle não imposto, o controle individual e ferrenho, onde cada indivíduo tem a exata noção do seu espaço dentro da sociedade e dos limites de seus direitos e seres assim não seriam humanos. Lamentavelmente - ou felizmente - Humanos são animais que vivem em bandos e em bandos sempre tem quem mande, quem faça as regras e é claro, quem puna os que contrariam tudo isso. Dai que achar que pode-se viver num mundo de regras frouxas esperando que a consciência social das pessoas auto regulamente tudo é, com perdão da má palavra, uma besteira sem tamanho. Mas o assunto é imposto e dai eu pergunto: Como um governo (ou síndico do seu prédio) vai pagar as contas?
  39. 2 points
    Acho uma das maiores babaquices escritas aqui - risos
  40. 2 points
    O cara sai na rua. Quer encontrar polícia, quer dirigir na rua asfaltada, quando se acidenta na rua quer ser atendido, quer que o sinal de trânsito acenda e apague, que que haja educação pública, e por aí vai... Mas "é contra os impostos". Mené.
  41. 2 points
    Já leu "A Metafísica do Amor" do tio Schôpa? Além do "Gene Egoísta" do Dawkins? Se a intenção é pegar mulher, não precisa necessariamente ser um troglodita acéfalo. Veja a ex-mulher (a segunda de três) do filósofo contemporâneo Slavoj Žižek:
  42. 2 points
  43. 2 points
  44. 2 points
    E o seguinte: o Ivan postava aqui algumas pinturas (feias de doer) feitas em azulejos. Como não era possível um ser humano pintar algo tão horrível, averiguamos e descobrimos que o Ivan mantinha elefantes em cativeiros e os obrigava a pintar os tais azulejos, os quais ele vendia no mercado negro.
  45. 2 points
    Bem, o tópico não está questionando o que achamos sobre impostos mal aplicados ou roubados. A pergunta é simples e direta e eu desconheço como manter uma nação com toda a infraestrutura necessária sem impostos.
  46. 2 points
  47. 2 points
    Tem até uma piadinha extremamente sexista que se refere aos homens como semelhantes a vassouras, que sem um "pau" não servem para nada...
  48. 2 points
    Vai te lascar !!!! Tô quieto no meu canto
  49. 2 points
  50. 2 points
    Não há como sair da Matrix, o que se pode fazer pelo menos é não ver chifre nas cabeças de alguns cavalos e desviar dos touros, se possível.